Dólar Comercial compra R$ 4,1957 venda R$ 4,1967 máxima 4,1962
Euro compra R$ 4,6358 venda R$ 4,6386 máxima 4,6399
17 Nov - 19h07
domingo, 17 de novembro de 2019
Banco da Amazônia - FNO 2
Unique_mobile
PREVENÇÃO

Alepa aprova Projeto de Lei que institui programa para redução de sífilis durante a gravidez

15 Out 2019 - 16h14Atualizado 15 Out 2019 - 16h17
Alepa aprova Projeto de Lei que institui programa para redução de sífilis durante a gravidez - Crédito: Reprodução/TV Brasil Crédito: Reprodução/TV Brasil

Foi aprovado nesta terça-feira, 15, durante sessão do plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), o Projeto de Lei nº 23/2019 que cria o Programa Estadual de Resposta Rápida à Sífilis Congênita. 

O projeto, que tem autoria do deputado Bordalo (PT), foi aprovado em decisão unânime dos parlamentares e agora seguirá para aprovação ou veto do governador Helder Barbalho. 

Segundo dados da pesquisa Tendência da Sífilis Congênita no Estado do Pará até 2025 do Programa de Pós-graduação em Doenças Tropicais da UFPA, de 2006 a 2013 houve um aumento gradativo na incidência de casos de sífilis congênita, que é a transmitida da mãe para o bebê durante a gravidez. A pesquisa estima que as mesorregiões do Tapajós, Carajás e Rio Capim apresentam maiores tendências de crescimento da doença até 2025.

Ainda segundo a dissertação o diagnóstico precoce e tratamento da gestante são medidas relativamente simples e bastante eficazes na prevenção desse tipo de doença, o que evidência que a ocorrência indica falhas dos serviços de saúde, principalmente na atenção ao pré-natal.

O Projeto de Lei tem o objetivo de reorientar as intervenções sanitárias que são realizadas no estado e nos municípios, em especial nas regiões do Baixo Amazonas, Carajás, Metropolitana I, Metropolitana II, Rio Caetés e Tocantins.

O programa tem como meta promover a mobilização social e institucional para enfrentamento deste desafio em saúde pública; assegurar adequação para sensibilidade na captação de casos de sífilis congênita e diminuir a subnotificação de casos em gestantes; estimular a participação dos profissionais e gestores de saúde nas atividades; reduzir as taxas de incidência de sífilis congênita e dar maior visibilidade à doença.

Doença

A Sífilis é uma infecção contagiosa causada pela bactéria Treponema pallidum (T. pallidum) e ainda hoje o combate e a prevenção é um dos maiores desafios à saúde pública. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que cerca de 937 mil pessoas são infectadas, sendo que 10 a 15% destes indivíduos seriam gestantes, apresentando 70% de chances de transmitir o parasita aos seus conceptos, por falta de tratamento adequado.

A doença pode ser transmitida por relação sexual sem camisinha com uma pessoa infectada. No caso da Sífilis congênita o contagio para a criança se dá durante a gestação ou parto nos casos em que não houve tratamento.

Fonte: Alepa

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vídeo: Mulher dá à luz na porta de hospital e bebê fica no chão
DENÚNCIA

Vídeo: Mulher dá à luz na porta de hospital e bebê fica no chão

há 34 minutos atrás
Vídeo: Mulher dá à luz na porta de hospital e bebê fica no chão
Alunos picham suástica e saudação a Hitler em portas de salas de professores em escola no Pará
VANDALISMO

Alunos picham suástica e saudação a Hitler em portas de salas de professores em escola no Pará

17/11/2019 17:50
Alunos picham suástica e saudação a Hitler em portas de salas de professores em escola no Pará
Ponte sobre Rio Guamá deve ser totalmente liberada em dezembro
ALÇA VIÁRIA

Ponte sobre Rio Guamá deve ser totalmente liberada em dezembro

17/11/2019 14:44
Ponte sobre Rio Guamá deve ser totalmente liberada em dezembro
BRT Belém ativa estações da Almirante Barroso e tem mais uma linha para Outeiro
A PARTIR DE SEGUNDA

BRT Belém ativa estações da Almirante Barroso e tem mais uma linha para Outeiro

17/11/2019 13:54
BRT Belém ativa estações da Almirante Barroso e tem mais uma linha para Outeiro
Polícia Civil investiga “abrigo do terror” em Curionópolis
MAUS TRATOS

Polícia Civil investiga “abrigo do terror” em Curionópolis

17/11/2019 10:35
Polícia Civil investiga “abrigo do terror” em Curionópolis
Últimas Notícias