Dólar Comercial compra R$ 4,0220 venda R$ 4,0224 máxima 4,0476
Euro compra R$ 4,5058 venda R$ 4,5079 máxima 4,5307
25 Mai - 06h06
sábado, 25 de maio de 2019
cerpa
vale_mobile
CONCURSO RENATO CHAVES

Após denúncia, Fadesp retificou o resultado da prova discursiva de processo seletivo

Entretanto, a banca não disponibilizou correção das redações individuais para os aprovados

17 Mai 2019 - 16h53Por Redação
Após denúncia, Fadesp retificou o resultado da prova discursiva de processo seletivo - Crédito: Reprodução/Portal do Carajás Crédito: Reprodução/Portal do Carajás

Após aprovados no concurso do Instituto de Perícias Científicas Renato Chaves denunciarem falta de transparência no processo seletivo, a banca da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) divulgou uma retificação do resultado da prova discursiva, alvo de críticas dos concurseiros.

De acordo com o edital, a prova objetiva tem uma nota mínima a ser alcançada. Quem alcança, tem o direito de ter a prova discursiva corrigida, já quem tira uma nota inferior, não passa para a segunda fase, ou seja, não tem a redação considerada, sendo automaticamente eliminado do processo seletivo.

Entretanto, uma candidata que não tinha uma nota suficiente na prova objetiva, não estando apta para ter sua prova discursiva corrigida pela banca, como manda o edital, teve a sua redação corrigida e quando o resultado da redação foi divulgado, ela já apareceu com uma nota alta.

Porém, conforme divulgado pela Fadesp posteriormente, a candidata não está mais entre os que tiveram suas redações corrigidas. Clique aqui e confira o documento.

Problema resolvido?

Apesar da banca ter feito a retificação, as reclamações continuam.  Na quarta-feira, 15, foi divulgado o resultado preliminar da nota da prova discursiva e ontem, 16, se iniciou o período disponível para os candidatos entrarem com recurso, que vai até hoje, 17.

Porém, por algum motivo, a banca da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) não disponibilizou os espelhos das redações individuais, que daria embasamento ao recurso. Segundo os candidatos, a banca não deu nenhuma satisfação a quem pedia por uma explicação.

Por este motivo, os aprovados pretendem acionar o Ministério Público do Estado do Pará. A candidata Roberta Magalhães explica que, assim como ela, os demais concurseiros pedem que o processo seja investigado para que qualquer irregularidade seja esclarecida, caso seja encontrada.

“Vamos nos reunir na próxima segunda-feira, 20, para conversar com um promotor no MP-PA para pedir averiguação sobre a correção das provas de redação. A gente quer mais transparência sobre quais os reais critérios utilizados”, relata Roberta.

Posicionamento da Fadesp

A equipe de jornalismo do portal Roma News entrou em contato com a assessoria de comunicação da Fundação para abrir espaço para um esclarecimento dos fatos. Até a publicação desta reportagem, não tivemos um retorno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mais de 100 crianças aguardam por adoção no Pará
DIA NACIONAL DA ADOÇÃO

Mais de 100 crianças aguardam por adoção no Pará

25/05/2019 04:59
Mais de 100 crianças aguardam por adoção no Pará
Embrapa realiza curso sobre uso de sementes florestais como gema orgânica
BIOJÓIAS

Embrapa realiza curso sobre uso de sementes florestais como gema orgânica

25/05/2019 04:58
Embrapa realiza curso sobre uso de sementes florestais como gema orgânica
Ministério Público pede suspensão de atividades de centro onde criança foi agredida
REVOLTANTE

Ministério Público pede suspensão de atividades de centro onde criança foi agredida

24/05/2019 23:30
Ministério Público pede suspensão de atividades de centro onde criança foi agredida
Polícia recupera motocicleta roubada em Marituba
NESTA SEXTA-FEIRA

Polícia recupera motocicleta roubada em Marituba

24/05/2019 21:45
Polícia recupera motocicleta roubada em Marituba
O que você acha da Lei Maria da Penha para transexuais? Assista!
POVO FALA

O que você acha da Lei Maria da Penha para transexuais? Assista!

24/05/2019 19:57
O que você acha da Lei Maria da Penha para transexuais? Assista!
Últimas Notícias