Dólar Comercial compra R$ 5,4666 venda R$ 5,4672 máxima 5,4863
Euro compra R$ 6,6523 venda R$ 6,6552 máxima 6,6782
22 Jan - 22h13
sexta, 22 de janeiro de 2021
MAGAZAN BIJUTERIA - DESK - 22/01
MAGAZAN BIJUTERIA - MOB - 22/01
NESTE DOMINGO

Coronel detido em ato por fim de confinamento denuncia ameaça em delegacia

29 Mar 2020 - 19h39Atualizado 30 Mar 2020 - 07h28
Coronel detido em ato por fim de confinamento denuncia ameaça em delegacia - Crédito: Reprodução/Facebook Crédito: Reprodução/Facebook

Apontado como um dos organizadores da manifestação que pedia o fim do confinamento imposto como medida de contenção à pandemia do novo coronavírus, e detido pela Polícia Militar na manhã deste domingo, 29, em Belém, o coronel Maroja Alcebíades usou uma rede social para se defender e criticar a atuação da PM sob determinação do governador do estado, Helder Barbalho (MDB).

"Foi extremamente vexatório o que passamos. Não estávamos aglomerados, cada um estava no seu carro, sem contato coletivo e sem aproximação. Fomos detidos na Delegacia da Cremação, desde as 10 horas, aproximadamente, e somente fomos liberados agora (17h)", escreveu.

Ao todo, a operação que paralisou a carreata na capital paraense deteve 11 pessoas. Para Maroja, os manifestantes não infringiram o decreto estadual que proíbe aglomeração, já que a manifestação ocorreria de dentro dos carros dos participantes. No texto publicado em uma rede social, ele denuncia ainda que os detidos teriam sofrido ameaças e tiveram os celulares confiscados na delegacia. "Além de não termos cometido crime nenhum, fomos detidos, nossos celulares confiscados (sob ameaça) e nossa privacidade comprometida. O Delegado responsável, ameaçou a todos, afirmando que quem não entregasse os celulares, os seriam tomados a força", relatou.

Confira a íntegra da nota:

PRESO POLITICO! - AMIGOS, ESTOU BEM! - façam o pará inteiro ver!
Foi extremamente vexatório o que passamos. Não estávamos aglomerados, cada um estava no seu carro, sem contato coletivo e sem aproximação.
Fomos detidos na Delegacia da Cremação, desde as 10 horas, aproximadamente e somente fomos liberados agora!
Ao chegarmos à delegacia, nos colocaram a todos numa sala, onde mais de 20 policiais civis e outros policiais militares faziam a nossa guarda, na frente da porta (até então, não tivemos contato nenhum entre as pessoas, rezo para nesse momento não ter adquirido o vírus Chines). Fomos escoltados por umas 7 viaturas, enfim, o tratamento realizado me lembrou bastante àquele do Ditador Maduro (Venezuela), contra seus adversários. Parecia cena dantesca de filme de ação!
Mas o pior ainda estava por vir, além de não termos cometido crime nenhum, fomos detidos, nossos celulares confiscados (SOB AMEAÇA )e nossa privacidade comprometida. O Delegado responsável, ameaçou a todos, afirmando que quem não entregasse os celulares, os seriam tomados à força! - tivemos que entregar pois não somos bandidos e não estaríamos dispostos a ser agredidos para FAZE-LO.
Estou sem meu celular.
Peço que compreendam eu não responder a todos agora, estou muito constrangido e abalado em minha dignidade.
MAIS DO QUE NUNCA IREI LUTAR POR MINHAS CONVICÇÕES.
#CORONELMAROJA

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Belém recebe pacientes com covid-19 vindos de Manaus nesta sexta
CORONAVÍRUS

Belém recebe pacientes com covid-19 vindos de Manaus nesta sexta

22/01/2021 19:31
Belém recebe pacientes com covid-19 vindos de Manaus nesta sexta
Ideflor-Bio fiscaliza defeso do caranguejo-uçá para garantir a reprodução da espécie
PRODUÇÃO

Ideflor-Bio fiscaliza defeso do caranguejo-uçá para garantir a reprodução da espécie

22/01/2021 18:38
Ideflor-Bio fiscaliza defeso do caranguejo-uçá para garantir a reprodução da espécie
Jovem volta de Manaus para cuidar dos irmãos em Faro, após morte de pais e avós por covid-19
FORÇAS

Jovem volta de Manaus para cuidar dos irmãos em Faro, após morte de pais e avós por covid-19

22/01/2021 18:09
Jovem volta de Manaus para cuidar dos irmãos em Faro, após morte de pais e avós por covid-19
Pará tem cinco óbitos por covid-19 e 156 casos confirmados nos últimos sete dias
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Pará tem cinco óbitos por covid-19 e 156 casos confirmados nos últimos sete dias

22/01/2021 18:06
Pará tem cinco óbitos por covid-19 e 156 casos confirmados nos últimos sete dias
Operação Enem segue nas ruas do Pará neste domingo de prova
SEGURANÇA

Operação Enem segue nas ruas do Pará neste domingo de prova

22/01/2021 17:50
Operação Enem segue nas ruas do Pará neste domingo de prova
Últimas Notícias