Dólar Comercial compra R$ 4,4502 venda R$ 4,4508 máxima 4,4505
Euro compra R$ 4,8561 venda R$ 4,8572 máxima 4,8577
26 Fev - 23h49
quarta, 26 de fevereiro de 2020
Unique
Unique_mobile
COMOÇÃO

Corpo de professor paraense que morreu em Santa Catarina chega segunda-feira a Belém

18 Ago 2019 - 13h10Atualizado 18 Ago 2019 - 19h41Por Da Redação
Corpo de professor paraense que morreu em Santa Catarina chega segunda-feira a Belém - Crédito: Arquivo pessoal Crédito: Arquivo pessoal

O corpo de Angelino Gomes Ferreira Júnior, 50, professor de artes que fazia doutorado em Florianópolis-SC e morreu na última sexta, 16, chega na próxima terça-feira, 20, a Belém. Amigos, parentes e alunos do doutorando realizaram uma vaquinha por meio das redes sociais e conseguiram arrecadar aproximadamente R$ 8 mil para custear o traslado do educador até o Pará, o velório e as últimas homenagens que ele vai receber antes do enterro.

A estudante Brenda Ferreira, filha mais velha de Angelino, conta que aprender e ensinar eram as vocações dele. “Ele era professor de artes aqui em Belém e o doutorado veio como um sonho para minha avó, que morreu quando ele tinha sete anos de idade. Ela nunca se formou e dizia que iria até o último dos níveis de estudo por ela e por outras razões”, declarou emocionada

O arte-educador também tinha um projeto que buscava dar visibilidade a ações que mesclassem o cuidado com o meio-ambiente e o mundo das artes. “Meu pai estava engajado em trazer visibilidade a uma ação que ele criou chamada de ‘Recicliatividade’, onde ele transformava o lixo em artes incríveis. Ele também atendia comunidades ribeirinhas que vão sentir muito a sua falta”, lamentou Brenda.

Angelino fazia doutorado havia aproximadamente um ano, no Centro de Artes (Ceart) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). A causa da morte dele ainda não foi divulgada. O Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) trabalha com a hipótese de malária ou infecção por hantavírus - ambas doenças não transmissíveis.

De acordo com a orientadora de Angelino, Maria Silva, Angelino havia ido visitar a família nas férias de inverno e, quando retornou à Santa Catarina, apresentou sintomas que pareciam de uma gripe, com febre alta, dor no corpo e sonolência. Ele foi internado no Hospital Universitário (HU), na última quarta-feira, 14, e faleceu dois dias depois, deixando esposa, quatro filhas e uma neta.

As arrecadações para custeio do traslado, velório e enterro do professor ocorreram em aproximadamente seis horas, nesse sábado, 17. A arrecadação foi realizada pela conta da Associação de Arte Educadores de SC. A Secretaria Estadual de Educação do Pará (Seduc) também colaborou.

Em nota a Secretaria de Educação do Estado do Pará informou que "tão logo soube do falecimento do professor Angelino Gomes Ferreira Júnior, autorizou a empresa Dinastur, que presta serviço de aquisição de passagens aéreas para a Secretária, a fazer o traslado do corpo de Santa Catarina para Belém. A família já está ciente da iniciativa". O professor era do quadro efetivo da Seduc desde 2009, onde prestou relevantes serviços na rede pública de ensino. "A assistência é prevista no artigo 160 do Regime Jurídico Único do Estado do Pará. A secretária recebeu a notícia com pesar e deseja força aos amigos e familiares", finalizou a secretaria.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura de Belém se reúne com órgãos para tratar sobre ações de combate ao novo coronavírus
MEDIDAS PREVENTIVAS

Prefeitura de Belém se reúne com órgãos para tratar sobre ações de combate ao novo coronavírus

26/02/2020 21:44
Prefeitura de Belém se reúne com órgãos para tratar sobre ações de combate ao novo coronavírus
Bairro Beija-Flor, em Marituba, vai ficar sem água nesta quinta, 27
SEM ÁGUA

Bairro Beija-Flor, em Marituba, vai ficar sem água nesta quinta, 27

26/02/2020 18:58
Bairro Beija-Flor, em Marituba, vai ficar sem água nesta quinta, 27
Veja os hospitais que são referência para atender casos suspeitos de coronavírus no Pará
CONFIRMADO NO BRASIL

Veja os hospitais que são referência para atender casos suspeitos de coronavírus no Pará

26/02/2020 12:20
Veja os hospitais que são referência para atender casos suspeitos de coronavírus no Pará
Projeto social é desalojado de escola pela Seduc e coordenador denuncia. Assista!
CRIANÇAS NA RUA

Projeto social é desalojado de escola pela Seduc e coordenador denuncia. Assista!

26/02/2020 10:32
Projeto social é desalojado de escola pela Seduc e coordenador denuncia. Assista!
Anvisa descarta caso suspeito de coronavírus em Belém
CASO DO NAVIO

Anvisa descarta caso suspeito de coronavírus em Belém

26/02/2020 09:32
Anvisa descarta caso suspeito de coronavírus em Belém
Últimas Notícias