Dólar Comercial compra R$ 4,1106 venda R$ 4,1131 máxima 4,1657
Euro compra R$ 4,5846 venda R$ 4,5890 máxima 4,6426
20 Out - 16h53
domingo, 20 de outubro de 2019
Vestibular Fibra
Banco da Amazônia - FNO 2 mobile
COMBATE

Desmatamento na Amazônia aumenta 63%. Pará lidera

19 Set 2019 - 16h46Atualizado 19 Set 2019 - 17h05
Desmatamento na Amazônia aumenta 63%. Pará lidera - Crédito: Reprodução Imazon. Crédito: Reprodução Imazon.

Uma pesquisa do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), divulgado pelo Imazon, detectou 886 km² de desmatamento em toda a Amazônia Legal. No último mês, o estado com mais alertas de desmatamento foi o Pará (48%), seguido por Amazonas (15%), Rondônia (13%), Mato Grosso (12%), Acre (11%) e Roraima (1%).

Esse número representa um aumento de 63% em relação a agosto de 2018, quando o desmatamento somou 545 km².

Altamira e São Félix do Xingu aparecerem pelo segundo mês consecutivo no topo dos municípios que mais desmataram. Em agosto, o SAD detectou, em cada um dos municípios, 92 km² e 60 km² de florestas desmatadas, respectivamente. Ainda em agosto, a maioria (48%) do desmatamento na Amazônia ocorreu em áreas públicas não destinadas, em áreas privadas ou em diversos estágios de posse. O restante foi registrado em assentamentos (23%), Unidades de Conservação (20%) e terras indígenas (9%).

As Unidades de Conservação com mais alertas de desmatamento foram a APA Triunfo do Xingu (PA) e Florex Rio Preto-Jacundá (RO), com 38 km² e 32 km² de devastação, respectivamente. Das 10 terras indígenas com maior número de áreas desmatadas em agosto deste ano, 7 ficam no Pará. A TI Cachoeira Seca do Iriri, no noroeste do estado, aparece no topo da lista, com 19 km² desmatados.

Degradação

A degradação na Amazônia também registrou um aumento expressivo. As áreas com degradação, representadas por queimadas e extração seletiva de madeira, somaram 922 km² em agosto de 2019. Um aumento de 675% em comparação com agosto do ano passado, quando o SAD totalizou 19 km². O estado com o maior número de áreas degradadas foi o Mato Grosso (45%), em seguida Pará (42%), Rondônia (8%), Amazonas (4%) e Acre (1%).

Caracteriza-se desmatamento como o processo de destruição total e permanente de uma área verde. Na maioria das vezes, essa floresta é convertida em áreas de pasto. Já a degradação é caracterizada pelo corte raso e seletivo das árvores, normalmente para fins de comercialização da madeira. Outros exemplos de degradação são os incêndios florestais, muitas vezes usados para abertura de clareiras.

Confira o infográfico clicando aqui!

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Uepa inscreve para minicursos nas áreas de meio ambiente, saúde, educação e tecnologia
MAIS DE 500 VAGAS

Uepa inscreve para minicursos nas áreas de meio ambiente, saúde, educação e tecnologia

20/10/2019 15:20
Uepa inscreve para minicursos nas áreas de meio ambiente, saúde, educação e tecnologia
Menino comemora aniversário de 7 anos ao lado do Corpo de Bombeiros
REALIZAÇÃO

Menino comemora aniversário de 7 anos ao lado do Corpo de Bombeiros

20/10/2019 12:09
Menino comemora aniversário de 7 anos ao lado do Corpo de Bombeiros
Campanha de arrecadação para transportar corpo de professor de educação física paraense continua
COMOÇÃO

Campanha de arrecadação para transportar corpo de professor de educação física paraense continua

20/10/2019 10:37
Campanha de arrecadação para transportar corpo de professor de educação física paraense continua
Esquema preventivo de combate às manchas de óleo na costa atlântica é montado no Pará
MEIO AMBIENTE

Esquema preventivo de combate às manchas de óleo na costa atlântica é montado no Pará

20/10/2019 10:18
Esquema preventivo de combate às manchas de óleo na costa atlântica é montado no Pará
Estabelecimentos irregulares são fechados pela Polícia Civil no Jurunas
EM OPERAÇÃO

Estabelecimentos irregulares são fechados pela Polícia Civil no Jurunas

há 8 horas atrás
Estabelecimentos irregulares são fechados pela Polícia Civil no Jurunas
Últimas Notícias