Dólar Comercial compra R$ 4,0645 venda R$ 4,0650 máxima 4,0697
Euro compra R$ 4,5039 venda R$ 4,5061 máxima 4,5109
22 Ago - 14h56
quinta, 22 de agosto de 2019
Banco da Amazônia 940x230px
Banco da Amazônia 300x100 mobile
MEIO AMBIENTE

Desmatamento no Pará aumenta quase 60% em apenas um ano, apontam dados do Inpe

A área degradada aumentou de 1.547 km², em 2018 para 2.463 km², até julho de 2019

15 Ago 2019 - 16h15Atualizado 15 Ago 2019 - 16h17Por Da redação
Desmatamento alcança níveis preocupantes no Pará - Crédito: Reprodução - ImazonDesmatamento alcança níveis preocupantes no Pará - Crédito: Reprodução - Imazon
Do mês de agosto de 2018 a julho de 2019 a área recoberta por Alertas de Desmatamento aumentou 59,21% em comparação ao período entre agosto de 2017 a julho de 2018. É o que apontam os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), através do sistema DETER, analisados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas).
 
Em números absolutos, a área dos alertas passou de 1.547 km² para 2.463 km² no Pará. Desse total, 71,32% (equivalente a 184.402,69 hectares) foram registrados em áreas federais e 28,68% (74.161,42 ha) em áreas estaduais.
 
O Estado do Pará atua em combate integrado contra o desmatamento, através de acordos de cooperação com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e com a Polícia Federal para a realização de operações que envolvem as polícias Civil e Militar, Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e outro órgãos federais.
 
Segundo informações da Semas/PA no período de 7 a 12 de agosto, agentes da secretaria realizou a operação Falcão Peregrino, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental da Polícia Militar, em que os agentes percorreram 620 quilômetros em cinco municípios. A força-tarefa seguiu de Moju a Tailândia, no nordeste do Estado e de até Altamira Anapu, na região do Xingu.
 
Foram apreendidos 600 toras de madeira, dois tratores, dois rifles e munições, além do desmanche de um acampamento de extração de madeira ilegal dentro da floresta. Um homem foi autuado por crime ambiental. A estimativa é que a quantidade de madeira apreendida chegue a 2 mil metros cúbicos, o suficiente para encher 100 caminhões.

O nome da operação faz referência à ave que voa em grandes altitudes no Brasil e é considerada uma das mais rápidas – alusão ao monitoramento via satélite que o Estado implantou para combater o desmatamento ilegal de forma mais inteligente e precisa.

A tecnologia, é usada pelo Centro Integrado de Monitoramento Ambiental (Cimam), que faz o acompanhamento da área de floresta amazônica em território paraense, além do planejamento das ações ambientais de repressão a esse tipo de crime.

O governo paraense assegura que já conseguiu recursos internacionais para combater a devastação da floresta no Estado, fruto da cooperação entre Brasil e Alemanha, por meio do Projeto KfW Bankengruppe (banco KFW). O valor aproximado é de 12,6 milhões de Euros. O acordo foi assinado em junho e deve começar a ser concretizado em 2020. Os recursos deverão ser aplicados até 2023.
 
 
Fonte: Semas/PA

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Programação do Dia D da Diálise atende pacientes do SUS em Belém

há 4 minutos atrás
Show de Naiara Azevedo em Almeirim é suspenso após MP denunciar irregularidade em serviços básicos
DÍVIDAS

Show de Naiara Azevedo em Almeirim é suspenso após MP denunciar irregularidade em serviços básicos

há 21 minutos atrás
Show de Naiara Azevedo em Almeirim é suspenso após MP denunciar irregularidade em serviços básicos
Mais de quatro mil jovens aprendizes foram contratados no primeiro semestre
DADOS DO DIEESE

Mais de quatro mil jovens aprendizes foram contratados no primeiro semestre

há 33 minutos atrás
Mais de quatro mil jovens aprendizes foram contratados no primeiro semestre
Queimadas no sudeste do Pará influenciam no tempo em Belém? Confira!
NEBLINA

Queimadas no sudeste do Pará influenciam no tempo em Belém? Confira!

há 44 minutos atrás
Queimadas no sudeste do Pará influenciam no tempo em Belém? Confira!
Licenciamento de veículos com finais de placa 77, 87 e 97 encerra nesta sexta, 23
ATENÇÃO!

Licenciamento de veículos com finais de placa 77, 87 e 97 encerra nesta sexta, 23

22/08/2019 13:17
Licenciamento de veículos com finais de placa 77, 87 e 97 encerra nesta sexta, 23
Últimas Notícias