Dólar Comercial compra R$ 5,779 venda R$ 5,7791 máxima 5,779
Euro compra R$ 6,7493 venda R$ 6,7506 máxima 6,7583
30 Out - 04h05
sexta, 30 de outubro de 2020
LIDER MAG - ESTILO - 30 E 31.10 - DESK
LIDER MAG - ESTILO - 30 E 31.10 - MOB
CURIÓ UTINGA

Equipe de reportagem é mantida refém e ameaçada de morte por pastor da Assembleia de Deus

“Se essa matéria sair eu vou matar vocês” disse o religioso, impedindo que a equipe saísse do templo

18 Out 2020 - 08h30Atualizado 18 Out 2020 - 08h41
Equipe de reportagem é mantida refém e ameaçada de morte por pastor da Assembleia de Deus - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

Uma equipe de reportagem da TV Liberal, em Belém, registrou um boletim de ocorrência contra o presidente de uma igreja Assembleia de Deus, sob a acusação de cárcere privado e ameaça. De acordo com o registro, os jornalistas foram trancados em um templo da congregação e impedidos de sair, além de serem ameaçados.

A equipe entrou no prédio, localizado no bairro Curió Utinga, por volta das 18h, para fazer uma reportagem sobre os estragos causados pela chuva que caiu sob a cidade na tarde de ontem, 17. A ventania destelhou o templo e as telhas caíram em cima de quatro residências na vizinhança, fato informado pela Defesa Civil, que prestava assistência aos moradores locais.

Os jornalistas pediram permissão a uma pessoa que se identificou como obreiro e entraram no prédio, porém em seguida, um homem, que se intitulou presidente da igreja e pastor disse que a equipe não poderia mais sair dali até que a polícia chegasse no local. De acordo com o registro policial, os profissionais foram impedidos de sair do prédio e sofreram ameaças, por parte do suposto pastor, alegando “que se a matéria fosse ao ar iria matar o cinegrafista”. Ele também segurava a repórter pelo ombro e tentava retirar a equipamento de filmagem do cinegrafista.

A equipe argumentou que se tratava de cárcere privado, porém, a situação perdurou até o momento em que o cinegrafista conseguiu fugir e pediu ajuda a um vizinho. Moradores se reuniram em frente a igreja e pressionaram o suposto pastor para que a repórter fosse liberada.

Os profissionais entraram em contato com o templo central da Igreja Assembleia de Deus em Belém e foram informados que a igreja mencionada não é reconhecida pela congregação.

O caso foi registrado na Seccional da Pedreira e está sendo investigado pela Polícia Civil.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

MPF cobra medidas para contenção de nova onda da pandemia no Pará
CORONAVÍRUS

MPF cobra medidas para contenção de nova onda da pandemia no Pará

29/10/2020 21:00
MPF cobra medidas para contenção de nova onda da pandemia no Pará
Região Norte registrou 18 atentados e assassinatos políticos no Brasil entre 2016 e 2020
LEVANTAMENTO

Região Norte registrou 18 atentados e assassinatos políticos no Brasil entre 2016 e 2020

29/10/2020 18:50
Região Norte registrou 18 atentados e assassinatos políticos no Brasil entre 2016 e 2020
Governo do Pará anuncia volta de policlínica itinerante para atender exclusivamente casos de covid-19 na Grande Belém
SAÚDE

Governo do Pará anuncia volta de policlínica itinerante para atender exclusivamente casos de covid-19 na Grande Belém

29/10/2020 18:25
Governo do Pará anuncia volta de policlínica itinerante para atender exclusivamente casos de covid-19 na Grande Belém
Ossada é achada em matagal e pode ser de estagiário da OAB
EM MARABÁ

Ossada é achada em matagal e pode ser de estagiário da OAB

29/10/2020 18:15
Ossada é achada em matagal e pode ser de estagiário da OAB
Sespa confirma mais 1.097 paraenses com covid-19 no Pará
PANDEMIA

Sespa confirma mais 1.097 paraenses com covid-19 no Pará

29/10/2020 18:15
Sespa confirma mais 1.097 paraenses com covid-19 no Pará
Últimas Notícias