Dólar Comercial compra R$ 4,0963 venda R$ 4,0972 máxima 4,0968
Euro compra R$ 4,5743 venda R$ 4,5774 máxima 4,5785
20 Mai - 19h56
segunda, 20 de maio de 2019
chinthya charone
chinthya_mobile
VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Frente Parlamentar da Mulher da Alepa realiza audiência pública para debater feminicídio

14 Mar 2019 - 19h00Por Da Redação
Frente Parlamentar da Mulher da Alepa realiza audiência pública para debater feminicídio -

A violência contra a mulher no Estado do Pará será debatida nesta sexta-feira, 15, em audiência pública, que atende requerimento da deputada Nilse Pinheiro (PRB) em conjunto com a Frente Parlamentar Feminina da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa). O evento ocorre às 9 horas, no auditório João Batista. O evento foi proposto pelo Fórum de Enfrentamento à Violência contra a Mulher de Ananindeua. 

A deputada explica que a audiência é um chamado à sociedade civil, governo estadual, órgãos de segurança pública, do Judiciário, Ministério Público, entre outras áreas, a fim de discutir garantia de direitos às mulheres, como forma de enfrentamento à violência doméstica. 

A audiência integra os eventos realizados pelo Dia Internacional da Mulher, comemorado dia 8 deste mês de março.

Segundo Nilse Pinheiro, o trabalho unificado da bancada feminina permite que as pautas em comum sejam melhor viabilizadas, afinal são dez parlamentares atuando junto aos poderes para cobrar as ações públicas nas áreas de saúde, educação, geração de renda e a melhoria das ações de combate à violência. 

Ela explica que todas os dirigentes dos órgãos e secretarias, que desenvolvem ações intersetoriais para as mulheres foram convidados para a audiência pública.

Os debates e definições da audiência vão gerar o contéudo da Carta-Compromisso, que será assinado pela bancada feminina da Alepa, com a pauta de atuação durante o atual mandato das deputadas.

Aumento do femicídio preocupa a bancada de mulheres na Alepa

Em 2017 a Secretaria de Segurança Pública do Pará registou um número de 29 assassinatos de mulheres, classificados como feminícidios - aqueles em que o fato de ser mulher motivou o crime.

Já em 2018 esse número subiu para 54 feminicídios. Somente em janeiro deste ano já havia outro caso de crime classificado como feminicídio pela polícia paraense. Mas, os dados até esta data de março, ainda não foram divulgadas pela Segup.

O aumento preocupa as parlamentares e será um dos focos de debate da audiência na Alepa. A deputada ressalta que o feminicídio já é enquandrado como crime hediondo, portanto, com punição mais forte, mas é preciso ações de prevenção em todas os setores da sociedade. "É preciso quebrar esse ciclo de violência contra as mulheres. É preciso falar de feminicídio  e de formas de prevenção e de ajuda às mulheres em situação de vulnerabilidade", ressalta Nilse Pinheiro.

A deputada ressalta, que as dez parlamentares femininas são responsáveis por 25% da votação do parlamento estadual paraense, portanto, uma fatia considerável das decisões da Assembleia Legislativa.

Ela também informa, que todos os outros deputados do sexo masculino foram convidados a participar da audiência pública.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tromba d'água assusta moradores de Mosqueiro. Assista!
FENÔMENO NATURAL

Tromba d'água assusta moradores de Mosqueiro. Assista!

há 38 minutos atrás
Tromba d'água assusta moradores de Mosqueiro. Assista!
Especialista alerta para os riscos da automedicação
SAÚDE

Especialista alerta para os riscos da automedicação

20/05/2019 18:16
Especialista alerta para os riscos da automedicação
Navio encalha com 110 passageiros a bordo
MARAJÓ

Navio encalha com 110 passageiros a bordo

20/05/2019 17:28
Navio encalha com 110 passageiros a bordo
Aquário do Museu Goeldi fecha temporariamente para visitação
REFORMA

Aquário do Museu Goeldi fecha temporariamente para visitação

20/05/2019 17:27
Aquário do Museu Goeldi fecha temporariamente para visitação
Ministério Público emite recomendação para evitar derrubada de samaumeira centenária
PRESERVAÇÃO

Ministério Público emite recomendação para evitar derrubada de samaumeira centenária

20/05/2019 17:08
Ministério Público emite recomendação para evitar derrubada de samaumeira centenária
Últimas Notícias