Dólar Comercial compra R$ 3,9283 venda R$ 3,9293 máxima 3,9407
Euro compra R$ 4,4183 venda R$ 4,4215 máxima 4,4523
18 Abr - 09h35
quinta, 18 de abril de 2019
encarte_formosa
encarte_formosa_mobile
CAMPANHA NACIONAL DA VOZ

Hospital Universitário Bettina Ferro realiza triagem de pacientes com problemas vocais

15 Abr 2019 - 04h58
Hospital Universitário Bettina Ferro realiza triagem de pacientes com problemas vocais - Crédito: Reprodução/Portal UFPA Crédito: Reprodução/Portal UFPA

Rouquidão e dor na garganta são sintomas muito comuns para os paraenses durante o período do inverno amazônico. Mas é preciso ficar atento, pois esses sintomas também estão associados a doenças mais graves, como o câncer de laringe, que em 2018 acometeu mais de 7 mil pessoas no País. Com o objetivo de alertar a população para a prevenção de doenças relacionadas com a voz, o Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS) participa da 21ª edição da Campanha Nacional da Voz, fazendo a triagem de pacientes com queixas vocais, a fim de investigar os sintomas e encaminhá-los para tratamento. O atendimento é gratuito e ocorre no dia 17 de abril, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h. Para participar, o paciente deve estar munido de RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS.

Incidência - "O Brasil é o segundo país com maior incidência de câncer de laringe, e cerca de 56% dos pacientes acometidos pela doença apresentam como primeiro sintoma a disfonia (rouquidão)", explica Gisele Koury, médica da Unidade de Otorrinolaringologia do Hospital Bettina Ferro. Segundo ela, cerca de 90% dos casos diagnosticados precocemente são curados, mas a realidade é que os pacientes já chegam para atendimento em estágio avançado, por isso foi criado no Brasil o Dia Nacional da Voz, realizado no dia 16 de abril, com o objetivo de chamar atenção da população para a importância dos cuidados com a voz.

No dia 17, a equipe do HUBFS receberá os pacientes com queixas de problemas vocais e realizará uma triagem, composta por um questionário de avaliação e exames de laringoscopia para os que necessitarem de investigação médica. Após o resultado dos exames, os pacientes que demandarem atendimento serão orientados a buscar o tratamento oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o qual necessita de encaminhamento da atenção básica para a alta complexidade.

Sintomas – Para se saber quando se preocupar com a rouquidão, a médica explica: "Necessita atenção aquela rouquidão que durar pelo menos 15 dias sem melhora, principalmente quando associada à dor de garganta persistente, dificuldade para comer ou respirar, sensação de 'caroço' na garganta e pigarro". Outros fatores de risco são o fumo e o consumo de álcool. Ela também salienta que, além da prevenção do câncer, a campanha também tem como objetivo alertar os profissionais sobre a importância da avaliação da voz, pois, de todas as profissões, 70% delas necessitam que a pessoa faça uso prolongado da voz, e nos outros 30%, o uso da voz é imprescindível. Por isso é necessário dar mais atenção se a rouquidão for persistente.

A rouquidão prolongada levou a estudante Joanice Ferreira, de 23 anos, a procurar atendimento. "Há um bom tempo, eu estava percebendo que minha voz estava ficando rouca, algumas palavras já não saíam, então procurei o otorrinolaringologista", diz Joanice, que foi diagnosticada com disfonia crônica e agora precisa tomar uma série de cuidados para não prejudicar a qualidade da voz. Não falar muito ou em tom muito alto, não se expor muito ao sol, à chuva e à poeira são algumas das recomendações que a estudante precisa seguir à risca.  

Referência estadual na área de Otorrinolaringologia, o Bettina Ferro é o único hospital público do Pará a realizar o exame de laringoscopia para diagnóstico de lesão na laringe pelo SUS. Desde 2005, a instituição hospitalar participa da Campanha Nacional da Voz, que é promovida, há 21 anos, pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF).

 

Fonte: Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Guarda Portuária encontra cerca de 500 munições em Santarém
"QUAS NADA"

Guarda Portuária encontra cerca de 500 munições em Santarém

18/04/2019 06:51
Guarda Portuária encontra cerca de 500 munições em Santarém
PM frustra ação de criminosos que planejavam assalto em joalheria de shopping no bairro do Umarizal
BECO SEM SAÍDA

PM frustra ação de criminosos que planejavam assalto em joalheria de shopping no bairro do Umarizal

18/04/2019 06:46
PM frustra ação de criminosos que planejavam assalto em joalheria de shopping no bairro do Umarizal
Confira os horários e locais de missa nas igrejas de Belém
SANTA CEIA E LAVA-PÉS

Confira os horários e locais de missa nas igrejas de Belém

18/04/2019 05:00
Confira os horários e locais de missa nas igrejas de Belém
Paraenses deixam para comprar almoço de Sexta-Feira Santa na Feira do Pescado. Assista!
VARIEDADE E QUALIDADE

Paraenses deixam para comprar almoço de Sexta-Feira Santa na Feira do Pescado. Assista!

18/04/2019 05:00
Paraenses deixam para comprar almoço de Sexta-Feira Santa na Feira do Pescado. Assista!
Confira os horários de funcionamento da cidade no feriado da Semana Santa
PROGRAME-SE

Confira os horários de funcionamento da cidade no feriado da Semana Santa

18/04/2019 04:58
Confira os horários de funcionamento da cidade no feriado da Semana Santa
Últimas Notícias