Dólar Comercial compra R$ 4,0310 venda R$ 4,0328 máxima 4,0914
Euro compra R$ 4,4869 venda R$ 4,4893 máxima 4,5503
23 Out - 17h48
quarta, 23 de outubro de 2019
Unique
Unique_mobile
OCUPAÇÃO

Após protesto, indígenas são recebidos por secretária de educação

19 Jun 2019 - 14h40Atualizado 19 Jun 2019 - 17h55
Após protesto, indígenas são recebidos por secretária de educação - Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

Em protesto, cerca de 200 indígenas, das etnias Tembé, Gavião Pakateje, Gavião Hàkti jokri e Amanayé ocupam desde a manhã desta quarta-feira, 19, o prédio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), no Entroncamento. O líder da ocupação conseguiu uma reunião com a secretária da Seduc.  

Na pauta constava reforma de escolas, progressão salarial dos professores indígenas com graduação e pós-graduação e contratação de servidores, dentre outras questões.

A discussão estava agendada com a Seduc para o dia 27 deste mês, mas os indígenas decidiram antecipar a pauta. Uma comissão de 8 lideranças indígenas foi recebida no início da tarde pela secretária de estado de educação, professora Leila Freire, para expor a situação vivenciada pelos povos no interior do estado. 

Dentre as principais deliberações está a prorrogação de todos os contratos dos professores indígenas e a reforma emergencial de uma das escolas da etnia Tembé. 

A secretária Leila Freire informou que o governador Helder Barbalho criou um grupo de trabalho, coordenado pela Casa Civil, para discutir questões indígenas e pediu aos caciques para discutir e apresentar o nome de um representante que contemple a todas as etnias paraenses. As prioridades das políticas neste setor serão discutidas de agora em diante no GT. Sobre a contratação de novos servidores indígenas e a progressão funcional, a Seduc esclareceu que precisará pedir autorização ao Ministério Público do Estado, devido aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Em nota, a Seduc solicitou que as lideranças indígenas apresentem todos os números de protocolos das solicitações feitas à secretaria neste ano, a fim de que elas possam ser analisadas e solucionadas. Sobre a construção de novas escolas nas aldeias, a secretária informou que há uma lista de mais de 600 escolas estaduais precisando de reformas em todo o estado e que a construção de escola nova dependerá da disponibilidade orçamentária. Ainda assim, a Seduc vai fazer um levantamento sobre todas as escolas que precisam ser construídas nas aldeias e elaborar um plano de obras especificamente para elas, observando a necessidade do número de alunos.  Todos os encaminhamentos serão tratados na próxima reunião com os indígenas agendada para o dia 15 de julho, na Seduc.


Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia do Fogo foi organizado por três grupos de Whatsapp
AFIRMA DELEGADO

Dia do Fogo foi organizado por três grupos de Whatsapp

há 34 minutos atrás
Dia do Fogo foi organizado por três grupos de Whatsapp
Novo Homem Aranha de Belém vai parar no Twitter de jornalista da Globo. Assista!
CIDADE DAS ARANHAS

Novo Homem Aranha de Belém vai parar no Twitter de jornalista da Globo. Assista!

há 35 minutos atrás
Novo Homem Aranha de Belém vai parar no Twitter de jornalista da Globo. Assista!
Justiça estadual afasta o prefeito de Igarapé-açu do cargo
MÁ-GESTÃO

Justiça estadual afasta o prefeito de Igarapé-açu do cargo

há 36 minutos atrás
Justiça estadual afasta o prefeito de Igarapé-açu do cargo
Prefeitura de Benevides e outros departamentos têm energia cortada por falta de pagamento
DESCASO

Prefeitura de Benevides e outros departamentos têm energia cortada por falta de pagamento

23/10/2019 16:33
Prefeitura de Benevides e outros departamentos têm energia cortada por falta de pagamento
Breves e Marituba vão receber R$ 1,4 milhão do MS para atendimentos ortopédicos
ACESSIBILIDADE

Breves e Marituba vão receber R$ 1,4 milhão do MS para atendimentos ortopédicos

23/10/2019 15:41
Breves e Marituba vão receber R$ 1,4 milhão do MS para atendimentos ortopédicos
Últimas Notícias