Dólar Comercial compra R$ 5,4027 venda R$ 5,4049 máxima 5,4187
Euro compra R$ 6,0102 venda R$ 6,013 máxima 6,03
01 Jun - 15h55
segunda, 01 de junho de 2020
XP Invest
XP Invest mobile
RANKING NACIONAL

Isolamento no Pará segue abaixo de 50% mesmo sob pena de multa

21 Mai 2020 - 15h00Atualizado 21 Mai 2020 - 16h55
Isolamento no Pará segue abaixo de 50% mesmo sob pena de multa - Crédito: Agência Pará Crédito: Agência Pará
Apenas 47,91% dos paraenses ficaram em casa nesta quarta-feira, 20, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).  Com isso, o Pará ficou na 4ª colocação no ranking nacional de isolamento social, ficando atrás do Amapá (55,80%) Pernambuco (48,90%) e Acre (48,50%), estados que também estão cumprindo lockdown.
 
O governo voltou a responsabilizar o pagamento do auxílio emergencial pela baixa adesão ao confinamento. O índice está bem aquém do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 70% para impedir a propagação da covid-19, número que nenhum estado chegou.
 
De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento na quarta-feira (20) foram nos municípios de: Nova Esperança do Piriá (64,4%), Gurupá (64,1%) e Anajás (62,4%). Já os piores índices foram registrados em Palestina do Pará (25,6%), Nova Ipixuna (30,4%) e Brasil Novo (32%).
 
Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Curió-Utinga (71,4%), Val-de-Cães (64,5%) e Batista Campos (62,7%). Já onde as pessoas desobedeceram a recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento, foram: Água Boa (28,4%), Brasília (32,8%) e Campina de Icoaraci (35,8%).
 
Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Águas Brancas (58,7%), Centro (55,3%) e Cidade Nova V (55%). Já os piores índices observados foram nos bairros Águas Lindas (33,3%), Curuçambá (37,1%) e Heliolândia (37,6%).
 
Nas 16 cidades onde ocorre o lockdown, os índices foram: Belém (50%), Ananindeua (47,2%), Marituba (44,6%), Santa Izabel (43,6%), Santa Bárbara (44,4%), Benevides (46,8%), Castanhal (45,7%), Vigia (42,1%), Santo Antônio do Tauá (49%), Breves (47,9%), Abaetetuba (51,8%), Parauapebas (49,3%), Cametá (53,6%), Capanema (49%), Santarém (49,5%), Canaã dos Carajás (46,1%).
 
Fonte: Agência Pará

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Após receber até 66 pedidos de remoção por dia, Serviço de Verificação de Óbito tem queda na Grande Belém
EM MAIO

Após receber até 66 pedidos de remoção por dia, Serviço de Verificação de Óbito tem queda na Grande Belém

01/06/2020 14:44
Após receber até 66 pedidos de remoção por dia, Serviço de Verificação de Óbito tem queda na Grande Belém
Após uma semana sem lockdown, média de isolamento no Pará foi de 44,33%
RANKING

Após uma semana sem lockdown, média de isolamento no Pará foi de 44,33%

01/06/2020 14:30
Após uma semana sem lockdown, média de isolamento no Pará foi de 44,33%
Homem é assassinado a tiros no bairro da Pedreira
BELÉM

Homem é assassinado a tiros no bairro da Pedreira

01/06/2020 14:20
Homem é assassinado a tiros no bairro da Pedreira
Pará ultrapassa a marca de 3 mil mortes e 40 mil casos de covid-19 nesta segunda-feira, 1º
ATUALIZAÇÃO

Pará ultrapassa a marca de 3 mil mortes e 40 mil casos de covid-19 nesta segunda-feira, 1º

01/06/2020 14:00
Pará ultrapassa a marca de 3 mil mortes e 40 mil casos de covid-19 nesta segunda-feira, 1º
Comércio, concessionárias, construção civil, eventos religiosos e atividades realizadas em escritórios podem funcionar a partir desta segunda-feira, 1º
PANDEMIA

Comércio, concessionárias, construção civil, eventos religiosos e atividades realizadas em escritórios podem funcionar a partir desta segunda-feira, 1º

01/06/2020 13:30
Comércio, concessionárias, construção civil, eventos religiosos e atividades realizadas em escritórios podem funcionar a partir desta segunda-feira, 1º
Últimas Notícias