Dólar Comercial compra R$ 4,3805 venda R$ 4,381 máxima 4,3921
Euro compra R$ 4,7373 venda R$ 4,7398 máxima 4,7439
20 Fev - 11h52
quinta, 20 de fevereiro de 2020
Unique
Unique_mobile
Cidades

Justiça decreta prisão de fazendeiros acusados de formação de milícia rural armada em Marabá

13 Fev 2020 - 17h26Atualizado 13 Fev 2020 - 18h05
Fazendeiro Marcos Antônio Fachetti Filho é preso pela PF; pai dele continua foragido. - Crédito: ReproduçãoFazendeiro Marcos Antônio Fachetti Filho é preso pela PF; pai dele continua foragido. - Crédito: Reprodução
O fazendeiro Marcos Antônio Fachetti Filho foi preso, nesta quinta-feira, 13, pela Polícia Federal (PF), em Marabá, região sudeste do Estado. Ele foi acusada de formação de milícia rural armada. O pai de Marcos também teve prisão decretada, mas está foragido.
 
O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça Federal em acatamento a pedido do Ministério Público Federal (MPF). É a segunda vez que a Justiça determina a prisão da dupla. 
 
Os primeiros mandados foram expedidos em dezembro. Em operação realizada no dia 17 daquele mês, a PF conseguiu prender Marcos Antônio Fachetti. Ele foi solto após a Justiça ter acatado pedido de liberdade provisória apresentado pelos acusados.
 
Em janeiro, o MPF recorreu e pediu à Justiça a reconsideração da revogação da prisão preventiva. Segundo assentados e ribeirinhos, em liberdade os Fachetti continuaram a representar perigo extremo para as famílias contra as quais a milícia comandada pela dupla vem agindo.
 
De acordo com informações divulgadas pelo MPF, Fachetti Filho continuava andando com homens fortemente armados em suas fazendas. As famílias voltaram a ser ameaçadas, e houve tentativa de coação para que elas assinassem acordo e deixassem as terras que os fazendeiros querem invadir.
 
Pai e filho são acusados de uma série de invasões e ameaças a famílias ribeirinhas, que afirmaram que a dupla contratou uma empresa de vigilância para atuar na repressão.
 
Segundo o MPF, os invasores chegaram a apontar armas até para crianças, e a atear fogo em alguns barracos. Além disso, os fazendeiros contrataram um trator de esteira para abrir caminho em meio à vegetação, destruindo plantações, com possível impacto ambiental de grande proporção.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vai viajar para Fortaleza no carnaval? Veja como está a cidade após onda de violência
CUIDADO!

Vai viajar para Fortaleza no carnaval? Veja como está a cidade após onda de violência

há 7 minutos atrás
Vai viajar para Fortaleza no carnaval? Veja como está a cidade após onda de violência
Atraso na entrega de equipamentos adia reabertura do Pronto Socorro do Guamá
NOVO PRAZO

Atraso na entrega de equipamentos adia reabertura do Pronto Socorro do Guamá

há 25 minutos atrás
Atraso na entrega de equipamentos adia reabertura do Pronto Socorro do Guamá
Conselho Federal da OAB se manifesta contra abusos no sistema penitenciário do Pará
ATO DE DESAGRAVO

Conselho Federal da OAB se manifesta contra abusos no sistema penitenciário do Pará

há 32 minutos atrás
Conselho Federal da OAB se manifesta contra abusos no sistema penitenciário do Pará
Belém apresenta Termo de Referência para criação de consórcio metropolitano
DESTINO DO LIXO

Belém apresenta Termo de Referência para criação de consórcio metropolitano

há 52 minutos atrás
Belém apresenta Termo de Referência para criação de consórcio metropolitano
Servidores realizam manifestação contra privatização da Santa Casa
PROTESTO

Servidores realizam manifestação contra privatização da Santa Casa

20/02/2020 10:33
Servidores realizam manifestação contra privatização da Santa Casa
Últimas Notícias