Dólar Comercial compra R$ 4,0376 venda R$ 4,0394 máxima 4,0400
Euro compra R$ 4,4827 venda R$ 4,4856 máxima 4,4856
19 Ago - 11h23
segunda, 19 de agosto de 2019
Unique
Unique_mobile
GREVE DOS PROFESSORES

Justiça determina que prefeitura de Breves pague os servidores da educação em até 48 horas

Os funcionários estão sem receber por dois meses e, em protesto, ocupam o prédio da prefeitura

12 Fev 2019 - 18h49Atualizado 13 Fev 2019 - 15h37Por Dáleth Oliveira
Os professores estão sem receber há dois meses - Os professores estão sem receber há dois meses -

Após uma série de manifestações dos servidores da educação pública municipal cobrando a intervenção do Poder Legislativo Municipal para pressionar a Prefeitura Municipal a regularizar o pagamento da categoria referente ao mês de dezembro de 2018, nesta terça-feira, 12, o Tribunal de Justiça do Pará determinou que o município regularize os pagamentos dos funcionários efetivos e não efetivos em até 48 horas.

O salário dos servidores está atrasado há dois meses. Por isso, o juiz da Comarca de Breves, Enguyles Torres de Lucena, atendeu a ação movida pelo Ministério Público Estadual sob pena de bloqueio dos valores mediante BACENJUD, responsabilização por ato atentatório a dignidade da justiça e, eventualmente ato de improbidade administrativa.

A decisão consta do processo 0012489-19.2016.8.14.0010 (ação civil pública/Ministério Público Estadual), na qual constam diversas reclamações do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras em Educação Pública do Pará (SINTEPP). O juiz determinou ainda que o Município seja intimado da decisão no plantão judiciário em razão da urgência.

A informação referente à presente decisão judicial visa desmentir a nota publicada pela Prefeitura de Breves na qual o pagamento teria sido motivado por decisão liminar pedida pela própria prefeitura, o que é uma mentira. A decisão judicial visa fazer justiça aos servidores públicos da educação que já se encontram com salário atrasado de dezembro de 2018 há mais de dois meses.

Nesse momento, a categoria realiza ato público em frente ao prédio da Prefeitura Municipal com a finalidade de informar a comunidade local da decisão proferida e, segundo informação de um dos manifestantes, o fim da ocupação só acontecerá após o pagamento cair nas contas bancárias dos servidores. 

A nota da Prefeitura de Breves

Em nota, o chefe de gabinete, Toninho Barbosa, informou que as liminares foram concedidas e solicitam, portanto, a desocupação do prédio da prefeitura em 24 horas. Segundo ele, já há uma autorização judicial para se utilizar o recurso da receita corrente de 2019 para quitar o pagamento do mês de dezembro de 2018, conforme desejava a prefeitura, e todas as providências já estão sendo tomadas para a realização do referido pagamento.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Preço do café apresenta alta na capital paraense
DADOS DO DIEESE

Preço do café apresenta alta na capital paraense

19/08/2019 10:16
Preço do café apresenta alta na capital paraense
Moradores do bairro de São Brás capturam cobra em avenida
SUSTO!

Moradores do bairro de São Brás capturam cobra em avenida

19/08/2019 09:40
Moradores do bairro de São Brás capturam cobra em avenida
Corpo de homem esfaqueado em Mosqueiro é velado por familiares
INVESTIGAÇÃO

Corpo de homem esfaqueado em Mosqueiro é velado por familiares

19/08/2019 09:28
Corpo de homem esfaqueado em Mosqueiro é velado por familiares
Após desativação, Complexo Penitenciário em Santa Izabel do Pará será demolido
ESTRUTURA PRECÁRIA

Após desativação, Complexo Penitenciário em Santa Izabel do Pará será demolido

19/08/2019 08:48
Após desativação, Complexo Penitenciário em Santa Izabel do Pará será demolido
Grávida é flagrada assaltando casa e entra em trabalho de parto na hora da prisão
SUDESTE PARAENSE

Grávida é flagrada assaltando casa e entra em trabalho de parto na hora da prisão

19/08/2019 08:38
Grávida é flagrada assaltando casa e entra em trabalho de parto na hora da prisão
Últimas Notícias