Dólar Comercial compra R$ 5,3605 venda R$ 5,363 máxima 5,4467
Euro compra R$ 5,8882 venda R$ 5,8921 máxima 5,9767
26 Mai - 15h29
terça, 26 de maio de 2020
Natura
Alcoa mobile
EM ANANINDEUA

Moradores denunciam insegurança e falta de iluminação pública na Cidade Nova 5. Assista!

10 Out 2019 - 04h59Atualizado 10 Out 2019 - 11h55
Moradores denunciam insegurança e falta de iluminação pública na Cidade Nova 5. Assista! -

Moradores do Conjunto Cidade Nova 5, no bairro Coqueiro, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, denunciam que grande parte das ruas estão sem iluminação pública, o que tem facilitado a ação de criminosos na área. Um exemplo disso, seria a travessa WE 62. Fotos e vídeos enviados por moradores ao Portal Roma News, mostram trechos escuros na via, local onde diversos assaltos estariam ocorrendo.

Assista:

A professora Benny, reclama que a lâmpada do poste que fica na frente da casa em que mora com a família, está queimada há mais de quatro meses. “Tem mais de quatro meses que meu esposo e eu estamos ligando pra Celpa, e até hoje nunca vieram resolver o problema. Essa escuridão toda só tem ajudado os bandidos. Vários vizinhos aqui já foram assaltados. Será que vão esperar alguém morrer aqui pra virem dar um jeito? ”, reclama a moradora.

O comerciante Eder Freitas conta que a filha foi assaltada no momento em que abria o portão da casa, quando voltava da escola. “Minha filha foi assaltada na porta de casa. Essa situação está ficando insustentável. Todos nós aqui da 62 vivemos trancados, com medo. Na chegada em casa, temos de abrir o portão da garagem na correria, com medo de ser assaltado. Não vemos viatura fazer ronda pela rua, e essa escuridão toda só piora tudo”, contou.

Eder conta que os moradores já se reuniram para cobrar das Centrais Elétricas do Pará (Celpa) que a iluminação do trecho da travessa WE 62 seja restabelecida, mas denunciam que nenhuma das ligações feitas há mais de quatro meses, teve sucesso. “Já perdemos a conta de quantas vezes ligamos e nunca aparece ninguém aqui pra resolver isso. Vários moradores já ligaram, e a única que eles sabem fazer é mandar o número de protocolo, dizer que vão mandar uma equipe e, até agora, nada”.

Sem respostas, os moradores prometem realizar um protesto para chamar a atenção da Celpa e da Prefeitura de Ananindeua. “Já cansamos de ficar vendo a Celpa e a prefeitura ficarem brincando com a nossa cara. Somos eleitores, consumidores e merecemos respeito. Se nada for feito, vamos organizar uma grande manifestação. Só assim que as coisas funcionam aqui. Ou eles resolvem ou vamos fechar as principais vias da cidade, inclusive a BR-316”, finalizou o comerciante.   

Em nota, a Celpa esclarece que a responsabilidade pelos serviços de implantação, expansão, operação e manutenção das instalações de iluminação pública compete às prefeituras municipais. Às concessionárias de energia elétrica cabe apenas a ampliação da rede de distribuição de energia elétrica para atendimento a novos consumidores. Por meio de convênio firmado com as prefeituras, a concessionária atua apenas como agente arrecadador da contribuição de iluminação pública e repassa o valor integralmente às administrações municipais para manutenção do referido serviço.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Isolamento social no Pará despenca para 12º lugar no primeiro dia após o lockdown
RANKING NACIONAL

Isolamento social no Pará despenca para 12º lugar no primeiro dia após o lockdown

há 29 minutos atrás
Isolamento social no Pará despenca para 12º lugar no primeiro dia após o lockdown
Decreto municipal mantém regras de distanciamento social e detalha medidas em Belém
SEGURANÇA

Decreto municipal mantém regras de distanciamento social e detalha medidas em Belém

26/05/2020 12:54
Decreto municipal mantém regras de distanciamento social e detalha medidas em Belém
Em Marabá, criminosos fingem ser médicos para aplicar golpes pelo WhatsApp
PEDINDO DINHEIRO

Em Marabá, criminosos fingem ser médicos para aplicar golpes pelo WhatsApp

26/05/2020 12:40
Em Marabá, criminosos fingem ser médicos para aplicar golpes pelo WhatsApp
Familiares de pacientes lotam entrada do hospital de campanha no Hangar sem respeitar distanciamento
MAIS DOENTES

Familiares de pacientes lotam entrada do hospital de campanha no Hangar sem respeitar distanciamento

26/05/2020 12:31
Familiares de pacientes lotam entrada do hospital de campanha no Hangar sem respeitar distanciamento
Pará registra mais 1.234 pacientes infectados por coronavírus e 44 novas mortes
ATUALIZAÇÃO

Pará registra mais 1.234 pacientes infectados por coronavírus e 44 novas mortes

26/05/2020 12:30
Pará registra mais 1.234 pacientes infectados por coronavírus e 44 novas mortes
Últimas Notícias