Dólar Comercial compra R$ 5,5031 venda R$ 5,5038 máxima 5,5282
Euro compra R$ 6,431 venda R$ 6,4335 máxima 6,465
23 Set - 09h55
quarta, 23 de setembro de 2020
BASA - EM CADA ORAÇÃO... DESK - 18.9
BASA - EM CADA ORAÇÃO... - MOB 18.9 A 18.10
NÃO ATINGIU META

Pará tem segundo pior ensino básico do país

Dados do Ideb apontam que o Pará só fica atrás do Amapá no índice que mede a qualidade do ensino fundamental e médio

15 Set 2020 - 16h00Atualizado 15 Set 2020 - 18h09
Pará tem segundo pior ensino básico do país - Crédito: Agência Pará Crédito: Agência Pará
O Pará teve o segundo pior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do ano de 2019, segundo dados divulgados nesta terça-feira, 15. O Estado registrou um índice de 3,4, um décimo a menos do que a meta estipulada de 4,4. Em 2019, a meta nacional foi 5, mas não foi atingida por nenhum estado. A média nacional foi de 4,2. 
 
O índice mostra que o nível de qualidade do ensino médio brasileiro continua abaixo do esperado pelo Ministério da Educação (MEC). Embora tenha havido avanços em relação a 2017, o país não atinge a meta nessa etapa de ensino desde 2013.
 
O Ideb vai de 0 a 10 e leva em conta dois fatores: quantos alunos passam de ano e qual o desempenho deles em português e em matemática. 
 
Apesar de todos os estados, com exceção de Sergipe, terem aumentado o Ideb em relação à edição anterior, o resultado é insatisfatório. Uma "nota" de 4,2 não chega sequer ao patamar que era esperado para o país em 2015. O Espírito Santo, por exemplo, está em primeiro lugar, mas não cumpriu o índice esperado para 2019.
 
As escolas, municipais e estados têm também suas metas individuais, calculadas a partir de cada realidade socioeconômica. Elas podem ser maiores ou menores do que o esperado para a média do país (nota 5). No Amazonas, por exemplo, era 4; em Santa Catarina, 5,4.
 
Em 2019, de todos os estados, apenas Goiás alcançou o índice proposto (4,8).
 
Redes estaduais
 
Analisando apenas as escolas estaduais, responsáveis por mais de 97% das matrículas da rede pública no ensino médio, o resultado de 2019 foi 0,4 ponto maior que de 2017. Apesar do avanço, a meta estipulada para esses colégios não foi cumprida.
 
O Ideb nacional das escolas estaduais brasileiras foi de 3,9 - sendo que o objetivo era atingir 4,6. Nas metas individuais, apenas os colégios das redes de Pernambuco e de Goiás ultrapassaram o índice proposto.
 
Desigualdade social
 
Os números evidenciam a desigualdade entre as regiões. Ao fazer o recorte por município, 39,4% das cidades do Norte e 21,1% das do Nordeste têm Ideb muito baixo (menor que 3,1) nas escolas estaduais. No Sudeste, apenas 2% dos municípios apresentam um índice tão preocupante.
 
Fonte: G1

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mangueira cai na avenida Nazaré durante a noite desta terça
NO CHÃO

Mangueira cai na avenida Nazaré durante a noite desta terça

23/09/2020 08:20
Mangueira cai na avenida Nazaré durante a noite desta terça
Cantor é morto a tiros na porta de casa em Capitão Poço
EXECUÇÃO

Cantor é morto a tiros na porta de casa em Capitão Poço

23/09/2020 08:02
Cantor é morto a tiros na porta de casa em Capitão Poço
Suspeito participar do assassinato de agente prisional morre em troca de tiros com PM
REAGIU

Suspeito participar do assassinato de agente prisional morre em troca de tiros com PM

23/09/2020 07:35
Suspeito participar do assassinato de agente prisional morre em troca de tiros com PM
Mais de 55 mil contribuintes terão direito ao quinto lote da restituição no Pará
IRPF 2020

Mais de 55 mil contribuintes terão direito ao quinto lote da restituição no Pará

23/09/2020 05:00
Mais de 55 mil contribuintes terão direito ao quinto lote da restituição no Pará
Ananindeua registra homicídio na noite desta terça, 22
VIOLÊNCIA

Ananindeua registra homicídio na noite desta terça, 22

22/09/2020 23:20
Ananindeua registra homicídio na noite desta terça, 22
Últimas Notícias