Dólar Comercial compra R$ 3,8593 venda R$ 3,8603 máxima 3,8887
Euro compra R$ 4,3193 venda R$ 4,3231 máxima 4,3723
18 Jun - 16h24
terça, 18 de junho de 2019
TCM
TCM_mobile
NOVIDADE

Pipas ajudam no tratamento de crianças internadas no Hospital Metropolitano

12 Jun 2019 - 07h11Atualizado 12 Jun 2019 - 11h34
Pipas ajudam no tratamento de crianças internadas no Hospital Metropolitano -

Julho está na porta e a prática de soltar pipas já começou. Dia ensolarado, vento e poucas nuvens no céu, é a situação perfeita para isso e os olhos dos pequenos pacientes brilham de ansiedade. A expectativa é para colocar as pipas no ar, uma brincadeira simples, mas que faz muita diferença no tratamento das crianças.Escreva a legenda aqui

Engenho do Dedé2

Em outra sala, parte da equipe dos setores Psicossocial, Humanização e Reabilitação do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) arrumou as pipas doadas por um vendedor da comunidade, que fez questão de ajudar quando soube que o brinquedo. construído com tala, linha e plástico, traria alegria aos pacientes.

Foto: Dayane Baía /Ascom HMUE

O que parece só diversão, na verdade é tratamento sugerido pela equipe, ao acompanhar a evolução das crianças. De acordo com a terapeuta ocupacional, Ivana Castro, com o tempo, os pacientes ficam mais resistentes aos tratamentos e não querem atender às orientações. O tratamento com a pipa é a forma de dar autonomia e independência para as crianças.

Antônio José Oliveira, 11 anos, fraturou o braço ao cair de um jambeiro. O acidente não diminuiu a energia do menino. A mãe do menino explicou que agora, com esse tratamento, ele sai da enfermaria, coisa que ele não fazia antes.

De acordo com a psicóloga Elzelis Rodrigues, os resultados se refletem também nos acompanhantes. Para ela, é uma maneira de reduzir um pouco a preocupação de pais ou responsáveis por crianças em tratamento.

Referência no tratamento de média e alta complexidade em traumas e queimados para a Região Norte pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusivo para pacientes vítimas de queimaduras e leitos de UTI.

O HMUE recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, de outros municípios do Pará e até de outros estados. Em 2018, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e de imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

Com informações da Agência Pará.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pará terá transporte rodoviário 12% mais caro neste feriado
CONFIRA OS VALORES

Pará terá transporte rodoviário 12% mais caro neste feriado

há 3 minutos atrás
Pará terá transporte rodoviário 12% mais caro neste feriado
Mãe compra briga da filha e agride estudante em escola de Mosqueiro. Assista!
VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS

Mãe compra briga da filha e agride estudante em escola de Mosqueiro. Assista!

há 20 minutos atrás
Mãe compra briga da filha e agride estudante em escola de Mosqueiro. Assista!
Acusado de participação em latrocínio de PM é preso em Castanhal
DURANTE OPERAÇÃO

Acusado de participação em latrocínio de PM é preso em Castanhal

há 36 minutos atrás
Acusado de participação em latrocínio de PM é preso em Castanhal
Túnel de 30 metros é encontrado no Complexo Penitenciário de Santa Izabel
IMPRESSIONANTE

Túnel de 30 metros é encontrado no Complexo Penitenciário de Santa Izabel

há 51 minutos atrás
Túnel de 30 metros é encontrado no Complexo Penitenciário de Santa Izabel
Mais de 10 mil pessoas devem passar pelo Terminal Hidroviário durante o feriadão
PARTIU!

Mais de 10 mil pessoas devem passar pelo Terminal Hidroviário durante o feriadão

18/06/2019 14:54
Mais de 10 mil pessoas devem passar pelo Terminal Hidroviário durante o feriadão
Últimas Notícias