Dólar Comercial compra R$ 5,5931 venda R$ 5,5937 máxima 5,5953
Euro compra R$ 6,5283 venda R$ 6,5295 máxima 6,5339
23 Set - 22h50
quarta, 23 de setembro de 2020
BASA - EM CADA ORAÇÃO... DESK - 18.9
LIDER MAGAZAN - BIJU MOB - 23.9
'SEQUESTRADORA DA SERINGA'

Polícia alerta para o risco de divulgar informações falsas sobre sequestradora de crianças

Divulgação de imagens falsas atrapalham a investigação e colocam outras pessoas em perigo

24 Jan 2020 - 16h03Atualizado 24 Jan 2020 - 18h49
Polícia alerta para o risco de divulgar informações falsas sobre sequestradora de crianças - Crédito: Agência Pará/Divulgação PC Crédito: Agência Pará/Divulgação PC

A Polícia Civil do Pará fez um alerta sobre os riscos de divulgar, nas redes sociais, boatos sobre o caso da mulher suspeita de sequestrar três crianças nos bairros do Marco, Barreiro e Cidade Nova, na Grande Belém, na última sexta-feira17. Esta semana, uma mulher teria sofrido uma tentativa de agressão ao ser confundida com uma das imagens divulgadas como sendo a sequestradora, que vem sendo chamada de "sequestradora da seringa".  

"Nós entendemos o temor da população, pois envolve a segurança de crianças. Todos ficam preocupados, principalmente aqueles que têm filhos. Por isso, algumas pessoas não têm o devido cuidado na divulgação de informações e de fatos. Mas é preciso ter calma e atenção nesse momento para não cometer enganos, principalmente nas redes sociais", observa o delegado-geral, Alberto Teixeira.

"Uma vítima nos procurou e foi feito um retrato falado da suspeita do crime. Se alguém notar a semelhança de uma pessoa com a imagem ou desconfiar da circulação de determinado carro, o que pedimos é que sejam anotadas informações como cor, tipo e placa do veículo e as características físicas dos ocupantes. E aí é preciso levar essas informações para a delegacia mais próxima, porque elas serão repassadas para a equipe responsável pela investigação".

Quem divulga informações e imagens nas redes sociais acusando indevidamente uma pessoa pode cometer crime. "Atribuir atitude criminosa a alguém é uma atitude séria. Se a pessoa for inocente, o responsável pela informação falsa pode responder na área criminal", alerta o delegado.

Teixeira também observa que a divulgação de notícias falsas pode induzir o trabalho da polícia ao erro. "Toda informação que chega à nossa equipe de investigação é averiguada. Se existem várias ocorrências inconsistentes, que exigem nossa atenção, pode ser que a verdadeira informação demore a ser investigada".

Quem tiver informações sobre a suspeita também pode ligar para o Disque Denúncia no número 181. Quem faz a ligação não precisa se identificar.

Fonte: Agência Pará 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Casos semanais de covid-19 sobem 40% na Região Norte
CORONAVÍRUS

Casos semanais de covid-19 sobem 40% na Região Norte

23/09/2020 20:22
Casos semanais de covid-19 sobem 40% na Região Norte
Homens armados roubam caminhão dos Correios em Tailândia
DENÚNCIA ANÔNIMA

Homens armados roubam caminhão dos Correios em Tailândia

há 4 horas atrás
Homens armados roubam caminhão dos Correios em Tailândia
PRF apreende mais de 60 comprimidos de anfetamina em três cidades no Pará
REBITES

PRF apreende mais de 60 comprimidos de anfetamina em três cidades no Pará

23/09/2020 18:28
PRF apreende mais de 60 comprimidos de anfetamina em três cidades no Pará
Mais de 224 mil paraenses já foram infectados pelo novo coronavírus
PANDEMIA

Mais de 224 mil paraenses já foram infectados pelo novo coronavírus

23/09/2020 18:17
Mais de 224 mil paraenses já foram infectados pelo novo coronavírus
Duas pessoas são presas durante operação de combate à pedofilia em Santarém
Cyber Care

Duas pessoas são presas durante operação de combate à pedofilia em Santarém

23/09/2020 16:45
Duas pessoas são presas durante operação de combate à pedofilia em Santarém
Últimas Notícias