Dólar Comercial compra R$ 4,3895 venda R$ 4,39 máxima 4,4064
Euro compra R$ 4,7609 venda R$ 4,7627 máxima 4,7714
21 Fev - 21h50
sexta, 21 de fevereiro de 2020
Vale ITV Galeria
Unique_mobile
PEIXE SUPERFATURADO

Preço do pescado sobe no início do ano em Belém

14 Fev 2020 - 12h00Atualizado 14 Fev 2020 - 12h06
Preço do pescado sobe no início do ano em Belém - Crédito: Oswaldo Forte Crédito: Oswaldo Forte

O ano de 2020 começou registrando elevação no preço da maioria do pescado comercializado nos mercados municipais de Belém, conforme pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 14, pela Secretaria Municipal de Economia (Secon) e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

As espécies com maiores reajustes no mês de janeiro foram a piramutaba, com alta de 13,28%; seguida do filhote, com elevação de 10,99%; a pirapema, 8,73%; o xaréu, 8,71%; a pescada gó, 8,53%; o cação, 8,39%; a uritinga, 8,33%; a traíra, 8,17%; o peixe pedra, 7,99%; a arraia, 7,28%; a sarda, 6,39%; a gurijuba, 5,96%; o pacu, 3,83%; o peixe serra, 3,27%; a tainha, 3,21%; a corvina, 3,07%; a pescada branca, 2,67%; a pratiqueira, 2,22%; o tucunaré, 2,08%; o surubim, 1,85%; o bagre, 1,62%; e o tambaqui, com alta de preço de 1,01% .

Apesar da alta no mês de janeiro, aponta o levantamento, algumas espécies apresentaram queda no valor, como o cangata, com recuo de 11,33% no preço, seguido do tamuatá, com baixa de 10,39%; do cachorro de padre, -6,29%, do camurim, -5,83%, do mapará, -4,36%; do curimatã, -2,52% e do aracu, com queda de 1,89%.

Já no balanço do comportamento do preço do peixe nos últimos 12 meses, o estudo indicou que a maioria do pescado comercializado nos mercados municipais Belém no período de janeiro de 2019 a janeiro de 2020 apresentou queda de valor, com destaque para a traíra, com recuo de 20,60%; seguida do cachorro de padre, com queda de 14,33%; do bagre, com -14,01%; do curimatã, -12,96%; aracu, -12,51%; dourada, -8,99%; mapará, -8,35%; pacu, com queda de 7,45%; peixe pedra, -7,30%; surubim, -5,31%; tamuatã, -5,09%; xaréu, -4,01%; piramutaba, -3,90%; peixe serra, -2,45%; gurijuba, -2,25%; cação, -1,64%; corvina, -1,55%; tainha, -1,36%; e do filhote, com queda de 1,24%.

Para garantir a continuidade da comercialização do pescado nos mercados municipais a preço acessível na mesa do consumidor na Semana Santa, a Prefeitura de Belém publica todos os anos o decreto que dispõe sobre a circulação intermunicipal do pescado.

Fonte: Agência Belém.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia Civil prende um dos envolvidos no roubo de Casa de Câmbio em Belém
PRISÃO PREVENTIVA

Polícia Civil prende um dos envolvidos no roubo de Casa de Câmbio em Belém

21/02/2020 19:22
Polícia Civil prende um dos envolvidos no roubo de Casa de Câmbio em Belém
Polícia Civil prende 146 pessoas em todo o Estado
Operação 'Rei Momo'

Polícia Civil prende 146 pessoas em todo o Estado

21/02/2020 18:56
Polícia Civil prende 146 pessoas em todo o Estado
Justiça determina que adolescente do caso ‘maníacos de Marituba’ continue internado
MEDIDA SOCIOEDUCATIVA

Justiça determina que adolescente do caso ‘maníacos de Marituba’ continue internado

21/02/2020 17:57
Justiça determina que adolescente do caso ‘maníacos de Marituba’ continue internado
PRF prende duas pessoas em rodovias do Pará no primeiro dia da 'Operação Carnaval'
MANDADO DE PRISÃO

PRF prende duas pessoas em rodovias do Pará no primeiro dia da 'Operação Carnaval'

21/02/2020 17:14
PRF prende duas pessoas em rodovias do Pará no primeiro dia da 'Operação Carnaval'
Movimento popular move ação contra Cosanpa e Equatorial
CONSUMO

Movimento popular move ação contra Cosanpa e Equatorial

21/02/2020 16:43
Movimento popular move ação contra Cosanpa e Equatorial
Últimas Notícias