Dólar Comercial compra R$ 5,3542 venda R$ 5,3577 máxima 5,3579
Euro compra R$ 6,0572 venda R$ 6,0633 máxima 6,0699
07 Jul - 02h18
terça, 07 de julho de 2020
Basa Sua Conta
Basa Sua Conta
NOVO NORMAL

Reabertura de restaurantes é desafio para proprietários e clientes. Assista e anote as novas regras!

28 Jun 2020 - 05h00Atualizado 28 Jun 2020 - 10h17Por Adrielle Brito
Casa Mia - Ornaganização das mesas com distanciamento de dois metros é uma das regras do retorno - Crédito: Roma NewsCasa Mia - Ornaganização das mesas com distanciamento de dois metros é uma das regras do retorno - Crédito: Roma News

A partir da próxima quarta-feira , 1º de julho, os restaurante de Belém devem reabrir com restrições após três meses fechados devido a pandemia do novo coronavírus ter se agravado na capital.

Na última quarta-feira, 24, a prefeitura de Belém publicou o decreto que estabelece os protocolos que devem ser seguidos por empresários do ramo para que a retomada dos atendimentos ocorra dentro do chamado novo normal.

 A reabertura de restaurantes  só foi permitida após a queda da curva de contágio e flexibilização de medidas como o isolamento mais rígido. Ainda sim, alguns cuidados devem ser mantidos e a determinação só vale para os restaurantes da área continental, ou seja, no momento ainda não será permitido o funcionamento de restaurantes localizados nas orlas, praias e ilhas.

 Entre as normas foi determinado que os estabelecimento devem reabrir com capacidade reduzida de apenas 40% , além de limitar o tempo de permanência de clientes nos locais e de pessoas na mesma mesa.

O modo como cada estabelecimento atende também deve ser revisto. A dinâmica do self service, rodízio e buffet estão proibidas e apenas os atendimentos “a la carte” e prato feito devem ser executados. 

Serviço de delivery deve ser mantido 

Durante o período de isolamento em que restaurantes estiveram fechados,  o serviço de delivery foi a alternativa encontrada para que muitos estabelecimentos  mantivessem a renda. 

Para a presidente da Associação de Bares e Restaurantes de Belém, Rosane Oliveira, 90% dos estabelecimentos devem manter o serviço com força, apesar de ser mais complexo.

“O delivery passou a ser a principal ferramenta do momento e os estabelecimentos conseguiram se ajustar de alguma forma para que possam dar continuidade a esse processo”, afirma Rosane, destacando os estabelecimentos que não tinham o serviço antes da pandemia.

“O retorno ainda é muito incerto e por isso muitos vão continuar a fazer uso do delivery, até por questões de segurança, comodidade, os fatores são inúmeros, mas o delivery veio para ficar, em muitos que já trabalhavam com ele e em muitos que buscaram pela primeira vez essa alternativa”, completou. 

Dona de restaurante, a empresária Mariana Britto concorda mas espera bom senso da clientela.

Assista:

 

Confira as novas regras para reabertura de restaurantes em Belém:

Álcool em gel deve ser disponibilizado na entrada dos estabelecimentos ( Foto: Adrielle Brito/ Roma News)

 

1-Distanciamento Social

• Colaboradores do grupo de risco devem permanecer em casa e realizar serviço em regime de home-office ou teletrabalho, áreas administrativas;

• Caso residam com pessoas do grupo de risco, realizar preferencialmente serviço em regime de home-office, e/ou readaptados a serviços que não tenha contato próximo e obedecer rigorosamente as regras de distanciamento social e etiquetas de higiene;

• Designar funcionários devidamente equipados com máscaras e/ou luvas e/ou faceshield quando necessário, para: organização da entrada (evitando aglomerações), orientações aos clientes/colaboradores, borrifação de álcool 70% na entrada, ou indicação da obrigatoriedade de seu uso na entrada, uso de totens com álcool 70% ou dispensadores, fiscalização do uso correto da máscara e aferição de temperatura dos clientes e colaboradores na entrada do estabelecimento. Importante: é considerado febre temperaturas acima de 37,6º. A medição deverá ser realizada com termômetro a laser de testa;

• Fica estabelecido o horário de funcionamento a almoço de 11h às 15h jantar de 19 às 23 h;

• Realizar controle de pessoas, mantendo a lotação máxima à 40% da capacidade do espaço, contemplando somente pessoas sentadas;

• Ajustar o layout do salão de forma a manter distância mínima de 2m (dois metros) entre as mesas, limitadas ao número de 4 cadeiras, ocupadas preferencialmente pelo mesmo grupo familiar;

• O Balcão servirá apenas de apoio, não devendo haver consumo por clientes no mesmo;

• Fazer demarcação de distanciamento de 1,5 m no balcão da lanchonete, disponibilizando alimentos prontos, devidamente protegidos e embalados para consumo;

• Restringir, máximo possível, os serviços de atendimento a mesa do cliente;

• Manter a distância mínima de 1,5m (um metro e meio) entre pessoas, nas filas de
acesso ao elevador, escadas, balcões, caixa eletrônico, guichê de pagamento e outros;

• Não permitir pessoas transitando nas áreas comuns (fora das mesas) sem o uso de máscaras de proteção;

• Organizar pessoas em filas na parte externa do estabelecimento, para que não haja aglomeração, recomenda-se a fixação de indicadores visuais que possibilitem organização dessas filas com distanciamento de 1,5 m;

• Priorizar pagamento com cartões de crédito ou débito, de preferência utilizando
a tecnologia de aproximação ou que o cliente insira o próprio cartão.

2-Higiene Pessoal para Clientes, Colaboradores e Fornecedores

• Incentivar uma boa higiene respiratória (etiqueta respiratória: deve-se cobrir o nariz e a boca com lenços descartáveis ou toalha de papel), evitando tocar os olhos, nariz e boca e higienizando as mãos na sequência;

• Disponibilizar a todos os clientes e funcionários, acesso fácil a pias providas de água corrente, sabonete líquido, toalhas descartáveis não recicláveis, lixeiras com tampa acionada por pedal, na indisponibilidade de pias manter frascos com álcool 70% gel para uso de funcionários e clientes;

• O uso de luvas é recomendado somente para operações específicas, quando não for possível o uso de um utensílio. Não é recomendado o uso de luvas em todas as atividades, pois as mesmas não garantem mais proteção do que a lavagem e higienização das mãos;

• Evitar erros de manipulação e contaminação cruzada na hora de vestir luvas e máscaras, porém a higienização das mãos e a etiqueta respiratória sem a higienização das mãos pode prejudicar a eficácia na redução do risco de transmissão.

• Os colaboradores devem ser orientados a evitar conversar, tocar o rosto, nariz, boca e olhos durante o atendimento aos clientes, durante as atividades de manipulação de alimentos e nos atendimentos dos caixas ou qualquer outra atividade;

• Incentivar a lavagem constantes das mãos ou higienização com álcool a 70%;

• Disponibilizar frascos com álcool 70% gel para uso individual em cada mesa de atendimento ao público. Orientar para que seja realizada a fricção das mãos com o
álcool 70 % a cada atendimento/manipulação de documentos.

3-Sanitização de Ambientes

• Manter todos os ambientes ventilados;

• Reforçar o serviço de limpeza e higienização no estabelecimento, com frequência mínima a cada 2 h nas mesas, maçanetas, banheiros, pisos e paredes, sendo que o trabalhador da higienização deverá utilizar EPIs (luva de borracha, avental, calça comprida, sapato fechado). Realizar a limpeza e desinfecção das luvas de borracha com água e sabão seguido de fricção com álcool a 70%, por 20 segundos. Obs.: recomenda-se guardar os EPIs em armários com compartimento duplo ou armário separado dos pertences pessoais;

• Disponibilizar álcool em gel a 70% na entrada do estabelecimento e orientar os clientes para a sua utilização;

• Ao fim de cada troca de cliente realizar a desinfecção dos mobiliários e equipamentos utilizados no atendimento, friccionando por 20 segundos com pano seco e limpo embebido com álcool 70% ou outro desinfetante apropriado para o uso;

• Manter os pratos e talheres higienizados e devidamente embalados individualmente de forma a evitar a contaminação;

• Proibir o uso de bebedouros de uso comum.

4-Comunicação

• Proibir a realização de eventos que gerem aglomerações;

• É proibido o uso de buffet self service, sendo autorizado somente a comercialização de pratos a Lá Carte;

• Caso o estabelecimento possua “espaço Kids”, o mesmo deverá permanecer fechado.

5-Monitoramento

• Realizar treinamento com a equipe sobre as ações de controle e prevenção da covid-19 e conscientizar sobre a importância do cumprimento dessas ações;

• É de inteira responsabilidade do estabelecimento o cuprimento das medidas de segurança no controle da covid-19;

• Exercer rigoroso controle no cumprimento das medidas de segurança adotadas no estabelecimento;

• Restringir aos clientes a permanência máxima de 2 (duas) horas nos serviços de alimentação;

• Estabelecer no interior do estabelecimento informativos sobre a importância do cuidado e atenção às medidas de saúde para combater a covid-19, bem como, os procedimentos implantados.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Belém registrou queda no número de internações por covid-19 no último domingo, 5, afirma Zenaldo
CORONAVÍRUS

Belém registrou queda no número de internações por covid-19 no último domingo, 5, afirma Zenaldo

06/07/2020 21:30
Belém registrou queda no número de internações por covid-19 no último domingo, 5, afirma Zenaldo
Prefeito, servidores e empresário de Canaã dos Carajás responderão criminalmente por fraude
SUDESTE DO PA

Prefeito, servidores e empresário de Canaã dos Carajás responderão criminalmente por fraude

06/07/2020 18:45
Prefeito, servidores e empresário de Canaã dos Carajás responderão criminalmente por fraude
Comitê de Segurança orienta reabertura das academias em Belém
RETOMADA

Comitê de Segurança orienta reabertura das academias em Belém

06/07/2020 18:00
Comitê de Segurança orienta reabertura das academias em Belém
Em estado de abandono Cemitério Municipal de Curralinho tem ossos humanos expostos nas sepulturas abertas
DESCASO

Em estado de abandono Cemitério Municipal de Curralinho tem ossos humanos expostos nas sepulturas abertas

06/07/2020 17:42
Em estado de abandono Cemitério Municipal de Curralinho tem ossos humanos expostos nas sepulturas abertas
Dois PMs são condenados e cumprirão pena em regime aberto por chacina do Guamá, mas os quatro envolvidos permanecem na corporação
PELA JUSTIÇA MILITAR

Dois PMs são condenados e cumprirão pena em regime aberto por chacina do Guamá, mas os quatro envolvidos permanecem na corporação

06/07/2020 17:00
Dois PMs são condenados e cumprirão pena em regime aberto por chacina do Guamá, mas os quatro envolvidos permanecem na corporação
Últimas Notícias