Dólar Comercial compra R$ 5,3422 venda R$ 5,3453 máxima 5,3438
Euro compra R$ 6,0559 venda R$ 6,06 máxima 6,0636
08 Jul - 22h57
quarta, 08 de julho de 2020
Basa Sua Conta
Basa Sua Conta
IMPACTO NAS FLORESTAS

Relatório aponta que Altamira é a terra mais desmatada e invadida por madereiros no Brasil

99% do desmatamento no Brasil em 2019 foi ilegal

25 Mai 2020 - 07h58Atualizado 25 Mai 2020 - 09h03
Vista aérea da Amazônia em área próxima a Altamira, desmatada por grileiros e madeireiros. Imagem feita dia 28 de agosto de 2019. - Crédito: CARL DE SOUZA / AFPVista aérea da Amazônia em área próxima a Altamira, desmatada por grileiros e madeireiros. Imagem feita dia 28 de agosto de 2019. - Crédito: CARL DE SOUZA / AFP

Um relatório inédito mostra que 99% do desmatamento no Brasil em 2019 foi ilegal. O estudo foi produzido pela Mapbiomas, iniciativa que reúne dezenas de entidades, entre universidades, ONGs e empresas de tecnologia, e apresentado em matéria de Sônia Bridi na edição doFantástico deste domingo.

O estudo conseguiu analisar pela primeira vez todas as imagens de satélites dos alertas de desmatamento gerados satélites de várias fontes, entre elas o Inpe. Chegou a 56 mil pontos de desmatamento por todo o país, onde comprova o antes e o depois do crime ambiental.

Na região de Altamira, no Pará, estão as terras indígenas mais invadidas por madereiros. Também lá, os satélites identificaram o maior desmatamento do Brasil. Os alertas foram emitidos enquanto o desmatamento acontecia, mas mais de quatro milhões de árvores foram mortas sem que os criminosos fosse impedidos.

Só na terra indígena Apyterewa foram 479 alertas. Várias terras invadidas tem índios isolados extremamente vulneráveis. Na Floresta Nacional do Jamamxim, no Pará, foram 162 alertas.

O desmatamento atingiu todos os biomas do país, e o seu maior impacto foi no Cerrado e na Amazônia.

"99% de todo o desmatamento que aconteceu no Brasil não é regular: não tinha autorização ou estava em áreas que jamais poderiam ter sido desmatadas. Em outras palavras, a gente poderia dizer que são ilegais", disse Tasso Azevedo, coordenador-geral da MapBiomas.

Do total de alertas, 11% foram registrados em unidades de conservação e quase 6% em terras indígenas.

Em nota, a Secretária do Meio Ambiente do Pará informou que deve iniciar em junho ações de combate ao desmatamento, e que aplicou multas de mais de R$ 222 milhões no ano passado.

Fonte: Globo.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ribeirinhos registram tromba d'água no rio entre Limoeiro e Muaná
MARAJÓ

Ribeirinhos registram tromba d'água no rio entre Limoeiro e Muaná

08/07/2020 21:40
Ribeirinhos registram tromba d'água no rio entre Limoeiro e Muaná
PM apreende drogas e prende suspeitos em Benevides e Ananindeua
POLÍCIA

PM apreende drogas e prende suspeitos em Benevides e Ananindeua

08/07/2020 20:30
PM apreende drogas e prende suspeitos em Benevides e Ananindeua
Vice-presidente Hamilton Mourão recebe título de cidadão do Pará
HONRARIA

Vice-presidente Hamilton Mourão recebe título de cidadão do Pará

08/07/2020 20:16
Vice-presidente Hamilton Mourão recebe título de cidadão do Pará
Marituba flexibiliza medidas de segurança após zerar taxa de ocupação de leitos na rede municipal
SAÚDE

Marituba flexibiliza medidas de segurança após zerar taxa de ocupação de leitos na rede municipal

08/07/2020 18:50
Marituba flexibiliza medidas de segurança após zerar taxa de ocupação de leitos na rede municipal
Aulas presenciais na rede municipal devem retomar no dia 1º de setembro
PREVISÃO

Aulas presenciais na rede municipal devem retomar no dia 1º de setembro

08/07/2020 17:39
Aulas presenciais na rede municipal devem retomar no dia 1º de setembro
Últimas Notícias