Dólar Comercial compra R$ 4,1472 venda R$ 4,1479 máxima 4,1830
Euro compra R$ 4,5681 venda R$ 4,5706 máxima 4,6132
21 Set - 06h04
sábado, 21 de setembro de 2019
Unique
Banco da Amazônia FNO 1 mobile
EMPODERADAS

Site conecta mulheres da construção civil e público feminino que precisa de reparos domésticos

17 Ago 2019 - 04h58Atualizado 16 Ago 2019 - 16h21Por Da Redação
Site conecta mulheres da construção civil e público feminino que precisa de reparos domésticos - Crédito: Minerva / Divulgação Crédito: Minerva / Divulgação

Alessandra Luz, formada em diversos cursos técnicos da área da construção civil, foi uma das criadoras da plataforma digital entitulada 'Minerva' - uma alternativa para ganhar dinheiro e, de quebra, auxiliar outras mulheres com serviços de reparos domésticos. Sem fazer cara feia quando precisa bater massa, fazer instalações, pinturas, consertos e transformar o ambiente de sua casa, ela também luta pela quebra de certos conceitos enraizados na nossa sociedade.

A iniciativa recebeu o nome de Minerva em homenagem à deusa romana das Artes, do comércio e da sabedoria, e saiu do papel pelas mãos de estudantes do Time Enactus da Universidade Federal do Pará. Trata-se de em uma plataforma que conecta mulheres com experiência no setor da construção civil ao público feminino que necessita de serviços de reparos domésticos.

O serviço pode ser solicitado on-line, por meio do site criado pelos para atender a serviços como reparos residenciais, pinturas e instalações em geral. Qualquer mulher pode acessar e solicitar agendamento.

Empoderamento feminino - Alessandra mantém a motivação mesmo diante de comentários machistas. “Quando a gente chega pra bater a massa, eles já dizem ‘sai daí, tu não dá conta’ ou ‘isso é coisa pra homem’. Mas, hoje em dia, nós sabemos que a mulher tá em todo lugar. Então, aquela encanação que ele pode fazer, eu posso. Aquela massa que ele bate, eu também posso bater. Se tiver que trocar uma porta, uma janela, eu também sei”, defende.

A crença no empoderamento feminino é o que motivou a criação da iniciativa. Carla Verena, uma das idealizadoras, ressalta a importância de valorizar essas profissionais: “Muitas vezes, vemos essas mulheres sendo contratadas para simples serviços de acabamento, sob o pretexto de que ‘as mulheres são mais detalhistas e perfeccionistas’. Precisamos reconhecer que mulher pode cuidar de uma obra completa e quebrar de vez esse tabu", disse.

Com informações da Ascom da UFPA.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Consumidores paraenses já podem resolver litígios pela internet
NEGOCIAÇÃO DIGITAL

Consumidores paraenses já podem resolver litígios pela internet

21/09/2019 05:00
Consumidores paraenses já podem resolver litígios pela internet
SOLIDARIEDADE

Programação em comemoração ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência é realizada em Belém

21/09/2019 04:58
Justiça Federal revoga um dos embargos da área de depósito da Alunorte
REVOGADO

Justiça Federal revoga um dos embargos da área de depósito da Alunorte

20/09/2019 21:00
Justiça Federal revoga um dos embargos da área de depósito da Alunorte
Vereador Hugo Atayde se apresenta à Polícia
ESTAVA FORAGIDO

Vereador Hugo Atayde se apresenta à Polícia

20/09/2019 20:54
Vereador Hugo Atayde se apresenta à Polícia
Prefeitura de Benevides assina TAC sobre saneamento básico e prevê fechamento do lixão
SANEAMENTO

Prefeitura de Benevides assina TAC sobre saneamento básico e prevê fechamento do lixão

20/09/2019 20:15
Prefeitura de Benevides assina TAC sobre saneamento básico e prevê fechamento do lixão
Últimas Notícias