Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,4207 venda R$ 5,4237 máxima 5,442
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,3352 venda R$ 6,3408 máxima 6,3542
28 Set - 13h35
terça, 28 de setembro de 2021
LIDER - MELHOR OFERTAS DESK - 02, 11, 20 E 28/09
LIDER - MELHOR OFERTAS MOB - 02, 11, 20 E 28/09
PROTESTO

Trabalhadores pressionam a Justiça Federal pelo fim do embargo à Hydro

13 Nov 2018 - 15h12Atualizado 13 Nov 2018 - 18h48Por Da Redação
Trabalhadores pressionam a Justiça Federal pelo fim do embargo à  Hydro -

Trabalhadores das beneficiadoras de minério Hydro e Alunorte fazem protesto nesta tarde de terça-feira, 13, na porta da sede da Justiça Federal, localizada na rua Domingos Marreiros, Umarizal, em Belém. Eles pressionam a justiça para derrubar o embargo à Alunorte, que desde fevereiro opera com 50% das atividades. "Os trabalhadores temem o desemprego em massa", informa o presidente do Sindicato dos Químicos do Pará, Gilvandro Santa Brígida.

O embargo judicial parcial à produção da Hydro em Barcarena, foi requerido pelo Ministério Público Federal e Estadual, após as fortes chuvas que ocorreram na região de Barcarena, que inundaram a área da mineradora e toda redondeza. A lama vermelha teria atingido rios, igarapés e até poços artesianos. Na semana seguinte, o Instituto Evandro Chagas (IEC) constatou que havia um duto clandestino, por onde vazou rejeitos da produção de alumina, matéria-prima da bauxita, oriunda da mina de Paragominas, usada na fabricação do alumínio que é exportado.

"Queremos a liberação total das atividades. Queremos o fim desse embargo, que está causando um colapso em Barcarena", assegura o presidente do Sindquímicos. Ele afirma, que as empresas tem altos fornos que não têm como aguentar ficar parados por tanto tempo. "Esse embargo é uma questão política", critica Santa Brígida.

O grande temor dos funcionários das empresas é que a garantia de emprego, concedida em liminar da Justiça do Trabalho vai encerrar dia 19 de janeiro de 2019. A liminar foi requerida em ação ajuizada pelo Sindquímicos. "Queremos ser recebidos pela Justiça Federal. A justiça reúne com o governo, com a direção das empresas, mas não se reúne com os trabalhadores, que são a parte mais afetada desse embargo", critica o presidente do sindicato.

A área em frente à Justiça Federal foi interditada pelos manifestantes. 

 

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98547-6589ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vídeo: agência bancária é invadida no interior do Pará
POLÍCIA INVESTIGA

Vídeo: agência bancária é invadida no interior do Pará

há 27 minutos atrás
Vídeo: agência bancária é invadida no interior do Pará
Mais de 49 mil doses da AstraZeneca chegam nessa terça-feira no Pará
VACINA

Mais de 49 mil doses da AstraZeneca chegam nessa terça-feira no Pará

há 57 minutos atrás
Mais de 49 mil doses da AstraZeneca chegam nessa terça-feira no Pará
Mulher grávida é presa com crack e cocaína dentro de ônibus em Marabá
APREENSÃO

Mulher grávida é presa com crack e cocaína dentro de ônibus em Marabá

28/09/2021 11:56
Mulher grávida é presa com crack e cocaína dentro de ônibus em Marabá
Vídeo: policial é baleado por dupla em motocicleta no bairro do Guamá
ATENTADO

Vídeo: policial é baleado por dupla em motocicleta no bairro do Guamá

28/09/2021 11:46
Vídeo: policial é baleado por dupla em motocicleta no bairro do Guamá
PRF apreende 255 compridos de anfetamina em Santarém durante fiscalização
APREENSÃO

PRF apreende 255 compridos de anfetamina em Santarém durante fiscalização

28/09/2021 11:21
PRF apreende 255 compridos de anfetamina em Santarém durante fiscalização
Últimas Notícias