Dólar Comercial compra R$ 4,0341 venda R$ 4,0346 máxima 4,0363
Euro compra R$ 4,4900 venda R$ 4,4909 máxima 4,4934
23 Out - 18h17
quarta, 23 de outubro de 2019
Unique
Vestibular Fibra Mobile
TRAGÉDIA NA KISS

Vereador de Belém propõe obrigatoriedade de bombeiros civis em grandes eventos

24 Jun 2019 - 17h33Atualizado 25 Jun 2019 - 11h45Por Da Redação
Vereador de Belém propõe obrigatoriedade de bombeiros civis em grandes eventos - Crédito: Reprodução / Agência Brasil Crédito: Reprodução / Agência Brasil

Há seis anos a notícia do incêndio da Boate Kiss, que deixou 242 mortos e 636 feridos na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, acendia em todo o país o alerta para os problemas com a falta de segurança em locais de grande concentração pública. A tragédia da Boate Kiss, em 27 de janeiro de 2013, teve como causas o fogo provocado por artefatos pirotécnicos usados durante um show e, certamente, a ausência de um efetivo esquema de segurança que atuasse no controle da situação de pânico que se instalou no espaço superlotado.

Motivado nas consequências trágicas do incêndio, um projeto de lei que obriga a contratação de bombeiros civis em estabelecimentos de Belém onde haja grande circulação e concentração de pessoas tramita na Câmara Municipal de Belém. De autoria do presidente da casa, vereador Mauro Freitas (DC), o projeto foi protocolado em 2015 e, além de maior segurança para a polução, a proposta inclui a capacitação e valorização do bombeiro civil.

O bombeiro civil é o profissional habilitado para exercer em caráter habitual a função remunerada e exclusiva de prevenção e combate a incêndio. Ele pode atuar como empregado contratado diretamente por empresas privadas ou públicas, sociedades de economia mista, ou empresas especializadas em prestação de serviços. Suas áreas de atuação são as entidades públicas, privadas e mistas, como casas de shows, shoppings, clubes sociais, condomínios verticais e horizontais, hospitais, estádios, ginásios, empresas e afins, que concentrem mais de 200 pessoas.

Para coibir a prática ilegal da profissão, o projeto do vereador Mauro Freitas destaca a formação e qualificação do bombeiro civil, que deve ser credenciado pelo Sindicato dos Bombeiros Civis Metropolitano, após o curso de formação profissional por escola ou empresa qualificada no serviço. O projeto prevê ainda a fiscalização e aplicação de multa nos casos de descumprimento da lei, sendo que as empresas infratoras podem ter as atividades suspensas e até perder a licença de funcionamento.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vigilância Sanitária interdita quatro pontos de venda de açaí no Jurunas
FISCALIZAÇÃO

Vigilância Sanitária interdita quatro pontos de venda de açaí no Jurunas

há 31 minutos atrás
Vigilância Sanitária interdita quatro pontos de venda de açaí no Jurunas
Dia do Fogo foi organizado por três grupos de Whatsapp
AFIRMA DELEGADO

Dia do Fogo foi organizado por três grupos de Whatsapp

23/10/2019 17:14
Dia do Fogo foi organizado por três grupos de Whatsapp
Novo Homem Aranha de Belém vai parar no Twitter de jornalista da Globo. Assista!
CIDADE DAS ARANHAS

Novo Homem Aranha de Belém vai parar no Twitter de jornalista da Globo. Assista!

23/10/2019 17:13
Novo Homem Aranha de Belém vai parar no Twitter de jornalista da Globo. Assista!
Justiça estadual afasta o prefeito de Igarapé-açu do cargo
MÁ-GESTÃO

Justiça estadual afasta o prefeito de Igarapé-açu do cargo

23/10/2019 17:12
Justiça estadual afasta o prefeito de Igarapé-açu do cargo
Prefeitura de Benevides e outros departamentos têm energia cortada por falta de pagamento
DESCASO

Prefeitura de Benevides e outros departamentos têm energia cortada por falta de pagamento

23/10/2019 16:33
Prefeitura de Benevides e outros departamentos têm energia cortada por falta de pagamento
Últimas Notícias