Após ataque em escola do Pará, governo vai contratar 42 psicólogos e 42 assistentes sociais; entenda

Durante coletiva, na manhã desta sexta-feira, 31, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) anunciaram ações de enfrentamento à violência nas escolas públicas do Pará, foi confirmado que serão contratados 42 novos psicólogos e 42 novos assistentes sociais para...

Publicado em 26 de junho de 2024 às 09:10

Durante coletiva, na manhã desta sexta-feira, 31, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) anunciaram ações de enfrentamento à violência nas escolas públicas do Pará, foi confirmado que serão contratados 42 novos psicólogos e 42 novos assistentes sociais para compor o time das unidades regionais de ensino (URE).

O secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares, explica que os psicólogos e assistentes sociais não farão atendimento clínico, individualizado, apenas quando necessário ele pode encaminhar para o sistema de saúde. 'O psicólogo vai trabalhar com fatores coletivos, identificando casos individuais, para encaminhar. Vamos estudar e aprender também. É uma estruturação que vai muito além do atendimento clínico' explica o secretário.

Também foi divulgado que a autorização para a contratação desses profissionais aconteceu no dia 6 de março de 2023.