Corpo de delegado do Amazonas assassinado em farmácia em Belém ainda será periciado

O corpo do delegado da Polícia Civil do Amazonas, Aldeney Goes Alves, ainda não foi liberado pela Polícia Científica do Pará. Ele ainda será periciado pelo Instituto de Medicina e Odontologia Legal “Renato Chaves” (IMOL) neste sábado, 29. O delegado foi assassinado na noite de sexta-feira, 28, dentro de...

Publicado em 25 de junho de 2024 às 21:07

O corpo do delegado da Polícia Civil do Amazonas, Aldeney Goes Alves, ainda não foi liberado pela Polícia Científica do Pará. Ele ainda será periciado pelo Instituto de Medicina e Odontologia Legal 'Renato Chaves' (IMOL) neste sábado, 29.

O delegado foi assassinado na noite de sexta-feira, 28, dentro de uma farmácia localizada no bairro da Sacramenta. Aldeney era titular do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), localizado no bairro Ponta Negra, zona oeste de Manaus, e estava passando férias com a família em Belém.

Inicialmente se cogitou que pudesse ser tentativa de assalto, no entanto, há outras hipóteses, inclusive morte por encomenda por causa do trabalho dele no Amazonas. Por isso, a Polícia Civil do Pará ainda investiga as circunstâncias e motivações do crime.

O Governo do Amazonas está prestando toda a assistência à família e uma equipe da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) foi enviada para Belém para realizar o traslado do corpo.

O governador do Amazonas, Wilson Lima, se solidarizou com os familiares e amigos do delegado e informou que por meio de ligação telefônica, na noite de sexta, com o governador do Pará, Helder Barbalho, pediu empenho na resolução do caso.

'Lamento profundamente a morte do delegado Aldeney Goes, assassinado no Pará. Conversei com o governador Helder Barbalho, que me informou que a polícia já está em busca dos suspeitos, e pedi empenho na elucidação do caso. Minha solidariedade à família e aos amigos', disse a nota.

Qualquer informação que possa ajudar na solução do caso pode ser encaminhada ao Disque-Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone.