Onça pintada mata e devora rosto e cabeça de homem em Marabá, no Pará

Na última sexta-feira, 31, um homem identificado como Ercilio Gomes de Jesus, foi encontrado morto dentro da casa onde morava, próximo a Vila Santa Fé, que fica às margens da Estrada do Rio Preto, em Marabá, no sudeste paraense. Segundo informações dos vizinhos da vítima, Ecilio era dependente químico do álcool e...

Publicado em 26 de junho de 2024 às 09:15

Na última sexta-feira, 31, um homem identificado como Ercilio Gomes de Jesus, foi encontrado morto dentro da casa onde morava, próximo a Vila Santa Fé, que fica às margens da Estrada do Rio Preto, em Marabá, no sudeste paraense.

Segundo informações dos vizinhos da vítima, Ecilio era dependente químico do álcool e ficava vagando pelas ruas da Vila Santa Fé. O corpo dele foi encontrado na noite de ontem. A Polícia Militar (PM) foi acionada junto a Polícia Científica do Pará para a remoção do corpo que constatou que o cadáver já estava em avançado estado de decomposição.

Ainda de acordo com informações dos vizinhos, dentro do barraco onde a vítima foi encontrada, existiam rastros de onça. Segundo moradores, é bastante comum encontrar o animal na chamada Região do Rio Preto. De acordo com a PM, o felino havia comido parte dos pés de Ercilio, devorado o rosto e parte da cabeça da vítima. Testemunhas disseram que o homem teria sido atacado pela onça enquanto dormia em uma rede.

No local, a onça deixou várias marcas de unhas e mordidas no corpo de Ercilio. Embora tenham marcas de que o animal tivesse sido o responsável pela morte de Ercilio, o Destacamento da Polícia Militar da Vila Santa Fé não confirmou o ataque. O corpo passará por perícia médica para esclarecer a causa da morte da vítima.

Com informações do Debate Carajás