Peritos da Divisão de Homicídios de Belém participam das buscas por criança que desapareceu em Anajás, no Pará

A Polícia Civil do Pará, através da Divisão de Homicídios de Belém, segue nesta quarta-feira, 20, junto com o Corpo de Bombeiros, com as buscas pela criança de 2 anos que está há 4 dias desaparecida no município de Anajás, no Arquipélago do Marajó, no Pará. Na noite de ontem, 19, dois homens foram detidos...

Publicado em 26 de junho de 2024 às 12:13

A Polícia Civil do Pará, através da Divisão de Homicídios de Belém, segue nesta quarta-feira, 20, junto com o Corpo de Bombeiros, com as buscas pela criança de 2 anos que está há 4 dias desaparecida no município de Anajás, no Arquipélago do Marajó, no Pará. Na noite de ontem, 19, dois homens foram detidos por suspeita de envolvimento no caso.

Segundo informações, uma força-tarefa composta por policiais, bombeiros, Ministério Público e voluntários participam das buscas, que ganhou o reforço de peritos criminais e agentes da Divisão de Homicídio de Belém.

Em nota, a Polícia Civil confirmou a detenção dos dois suspeitos, para esclarecimentos, e informou que agentes da Divisão de Homicídios de Belém já trabalham nas investigações.

Entenda o caso

No sábado, 16, a pequena Elisa Ladeira Rodrigues, de 2 anos, desapareceu no município de Anajás, no Arquipélago do Marajó, no Pará. Segundo informações divulgadas pelo portal Notícia Marajó, a menina desapareceu em uma floresta perto de sua casa, mesmo local onde as buscas estão sendo realizadas.

O Conselho Tutelar, Polícia Militar, Polícia Civil e voluntários, começaram a realizar as buscas ainda no sábado. No último domingo, 17, o Conselho solicitou o apoio das forças de segurança para realizar as buscas.

Com informações do Notícia Marajó