PM abre inquérito contra policial que manteve esposa refém em residencial, em Belém

A Polícia Militar do Pará abriu inquérito para apurar a responsabilidade e conduta do PM que manteve a esposa refém, na noite desta terça-feira, 19, em um condomínio na Rodovia Augusto Montenegro, em Belém.  Segundo os vizinhos, o policial chegou em casa com a esposa e dois filhos, ele estava bastante...

Publicado em 26 de junho de 2024 às 12:13

A Polícia Militar do Pará abriu inquérito para apurar a responsabilidade e conduta do PM que manteve a esposa refém, na noite desta terça-feira, 19, em um condomínio na Rodovia Augusto Montenegro, em Belém. 

Segundo os vizinhos, o policial chegou em casa com a esposa e dois filhos, ele estava bastante alterado. O homem levou a mulher para a casa enquanto os dois filhos foram pegos pela vizinha que viu ele alterado e temia que fizesse algo com as crianças. O motivo do cárcere seria pelo homem não aceitar o término da relação. Após negociação, ele liberou a mulher e se entregou à polícia.

Em nota, a Polícia Militar informa que o militar foi identificado e apresentado na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM). Houve autuação em flagrante e o policial está preso, à disposição da Justiça. A PM reitera que não compactua com nenhum tipo de desvio de conduta por parte dos agentes.