Polícia prende sete membros de organização criminosa em Soure, no Pará

Com o objetivo de desarticular a ação de uma organização criminosa, a Polícia Civil do Pará deflagrou, na última terça-feira, 28, a Operação “Fora de Sintonia” no município de Soure, na Ilha do Marajó. As investigações foram iniciadas em outubro do ano de 2022, após a polícia prender um membro do grupo criminoso em...

Publicado em 26 de junho de 2024 às 09:03

Com o objetivo de desarticular a ação de uma organização criminosa, a Polícia Civil do Pará deflagrou, na última terça-feira, 28, a Operação 'Fora de Sintonia' no município de Soure, na Ilha do Marajó. As investigações foram iniciadas em outubro do ano de 2022, após a polícia prender um membro do grupo criminoso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Na época, além dos entorpecentes, um aparelho celular encontrado com o suspeito também foi apreendido.

A autoridade policial representou pela quebra do sigilo telemático do aparelho apreendido e, após a autorização judicial, os agentes tiveram acesso a informações contidas em aplicativos de mensagem instantânea. A partir da obtenção dos dados e elementos presentes no celular, a polícia descobriu uma complexa organização criminosa a nível nacional que promovia a prática de diversos crimes.

Munidos de informações, os agentes policiais iniciaram diligências com o intuito de identificar os envolvidos nos crimes. Segundo as investigações, todos os suspeitos identificados são membros da organização criminosa, sendo alguns donos de pontos de vendas de drogas e outros apontados com função de lideranças locais.

No total, a polícia apreendeu 13 aparelhos celulares, três motocicletas, além de entorpecentes e uma quantia de dinheiro em espécie. Sete pessoas foram presas e encaminhadas à unidade policial para os procedimentos legais. Todos os envolvidos se encontram à disposição da justiça.