Dólar Comercial compra R$ 3,9026 venda R$ 3,9046 máxima 3,9178
Euro compra R$ 4,4111 venda R$ 4,4127 máxima 4,4248
16 Dez - 08h01
domingo, 16 de dezembro de 2018
CÍRIO 2018

Nossa Senhora de Nazaré vestirá um manto singelo, clássico e terno

11 Out 2018 - 12h12
Nossa Senhora de Nazaré vestirá um manto singelo, clássico e terno - Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Confeccionar o manto de Nossa Senhora de Nazaré é uma responsabilidade e tanto, neste ano, a produção foi assumida por duas pessoas: as estilistas Celeste Heitmann e Kathia Novellino.

Kathia esteve conosco na véspera do lançamento do manto do Círio 2018, que acontecerá na Basílica de Nazaré nesta quinta-feira, 11, a partir das 17h, e contou que se sente privilegiada e abençoada. Claro que não perdemos a oportunidade e perguntamos como será o manto deste ano, mas como é segredo, Kathia nos deu apenas dicas. “A gente procurou fazer um manto singelo, terno e clássico. Acho que é a primeira vez que vem uma passagem bíblica no manto, ele vem contando uma história”, disse.

Paula Novellino, mãe da estilista, confeccionou o manto em 2006 enquanto morava no Rio de Janeiro e Khatia acompanhou toda a produção.“Quando minha  mãe fez em 2006 foi maravilhoso. Eu lembro muito dela fazendo, criando o manto. Foi um manto diferente”, contou.

Tudo foi um consenso, Celeste e Khatia se reuniram várias vezes para decidir. Elas pensaram no material, nas cores, na textura, no bordado e na linha juntas.“Foi um trabalho de muita pesquisa”, relatou.

“Eu espero que se emocionem como eu me emocionei fazendo o manto”, respondeu a estilista quando questionada sobre o que o fiél pode esperar do manto que a Padroeira da Amazônia vestirá neste ano. O Círio 2018 tem como tema “Uma jovem chamada Maria” e acontecerá no próximo domingo, 14 de outubro.

Entenda de como nasceu a tradição do manto de Nossa Senhora de Nazaré

Quando o caboclo Plácido encontrou a imagem de Nossa Senhora  de Nazaré, ela já estava vestida com um manto, segundo a lenda. Mas a história ainda há divergências quanto Nazica, apelido carinhosamente dado por fiéis, estar vestida ou não com um manto azul brilhante.

Nos primeiros cartazes do Círio de Nazaré, a mãe de Jesus foi retratada com um manto em formato retangular e a tradição foi mantida mesmo depois que a imagem do colégio Gentil Bittencourt começou a ser utilizada.

Os mantos da padroeira dos paraenses passaram por várias mãos, sendo as mãos da Irmã Alexandra, da Congregação Filhas de Sant’Ana, as mais conhecidas. Ela confeccionou os mantos com material doado por promesseiros até sua morte em 1973.

E então a ex-aluna Esther Paes França assumiu a missão, confeccionando o total de 19 mantos, e a partir disso vários outros estilistas e artistas se encarregaram desta tarefa.

Assista a entrevista completa para o Portal Roma News:

 

Ana Victória Botelho com supervisão de Rodrigo Monteiro

Deixe seu Comentário