Dólar Comercial compra R$ 5,3906 venda R$ 5,3921 máxima 5,3985
Euro compra R$ 6,3778 venda R$ 6,3841 máxima 6,3931
19 Set - 19h35
sábado, 19 de setembro de 2020
VLAE - DIA DA AMAZ - DESK - 15.9
SER LIDER DE MERC É ...- MOB
AMOR POR NAZINHA

Devotos que vão há mais de 20 anos na corda revelam esperança para 2021 e contam histórias de fé

13 Set 2020 - 04h59Atualizado 12 Set 2020 - 19h31
Devotos que vão há mais de 20 anos na corda revelam esperança para 2021 e contam histórias de fé -

O Círio de Nazaré 2020 será diferente, sem a procissão e sem a corda devido à pandemia do novo coronavírus. Um grupo de amigos, que vai há mais de 20 anos puxando a Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré, contou ao Portal Roma News a história de dois devotos, remodelagem do pagamento de promessas e esperança para a quadra nazarena de 2021.

A corda passou a fazer parte do Círio desde 1885, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde próximo ao Ver-o-Peso até as Mercês, no momento da procissão, fazendo com que a berlinda ficasse atolada e os cavalos não conseguissem puxá-la. Os animais então foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fieis puxassem a berlinda.

Um dos símbolos mais fortes do Círio faz parte da história de Isaías Gomes há muito tempo. "Tenho 44 anos, acompanho o Círio desde meus 7 anos de idade, pois era coroinha na igreja de Santo Antônio Maria Zacarias. Em 1991 acompanhei o Círio na corda pela primeira vez, pois, meu pai, que morava na cidade de Castanhal, vinha todo ano passar o Círio aqui em Belém e resolveu me levar com ele. No meio do caminho para a Igreja da Sé ele me falou que ia pegar na corda e acompanhar de qualquer jeito, foi então que resolvi ir com ele", conta.

Isaías explica que o pai afirmou que iria pagar a promessa, mas nunca contou qual era. "Em 1992 meu pai morreu e eu fiquei sem saber qual era a promessa que ele começou a pagar no ano de 1991. Resolvi assumir a promessa dele para mim mesmo sem saber qual era e, fiz uma para Nossa Senhora de Nazaré de levar a corda da Berlinda até quando ela me desse saúde e força, pois fé eu tenho", relata.

O grupo de amigos se conhece há muitos anos, porque são vizinhos, parentes e amigos próximos. Eles resolveram se unir em devoção por Nossa Senhora de Nazaré. "A emoção de acompanhar o Círio na corda é algo que não dá para falar e nem escrever,  só sentir. É uma coisa diferente que muda de um ano para o outro. Este ano, acredito que serão só saudades, mas ano que vem estaremos firmes e fortes lá", cita o devoto.

Outro membro do grupo, Marcos Henrique, também teve sua história puxando a corda no ano de 1991. "Minha trajetória de fé começou quando meu filho mais velho nasceu e minha esposa teve problemas na gravidez. Meu filho nasceu prematuro, tendo que ficar em uma incubadora por três meses e foi quando comecei a rezar pedindo a Deus que salvasse meu filho", se emociona ao contar.

O filho de Marcos nasceu e indo para o hospital resolveu passar na frente da Basílica Santuário de Nazaré. "Resolvi entrar, me ajoelhei em frente ao altar, rezei e pedi que salvasse meu filho e que não deixasse sequelas, pois eu iria na transladação e iria na corda até quando ele completasse 15 anos, em 2006. Ele completou os 15 anos e eu não parei. Vou para agradecer e seguirei até que Deus e Nossa Senhora permitam", comenta. Marcos também tem a esperança de estar na corda em 2021.

O grupo ainda estuda as possibilidades para homenagear Nazica. Alguns falam em encomendar uma corda e fazer uma caminhada, mas seguindo as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS), e outros pensam em homenagear de casa. São inúmeras ideias que ainda serão votadas e escolhidas pelas 20 pessoas que participam.

A Corda

Até 2003, o formato da corda era de “U” com as duas extremidades atreladas à berlinda. A partir de 2004, por motivos de segurança, a corda ganhou formato linear dividida em cinco estações confeccionadas em duralumínio que ajudam a dar tração à corda e ritmo às romarias. Em cada uma das estações há a presença constante dos chamados animadores da corda que têm a função de estimular os promesseiros por meio de palavras de ordem, cânticos e orações.

Atualmente, o atrelamento à berlinda ocorre de forma planejada.

O ícone da festa de Nazaré de 2020 tem argolas, nós e estações, além de 800 metros.

Mesmo ela não sendo usada nas procissões este ano, a corda será distribuída para exposição em diversos locais, uma forma de deixá-la mais próxima dos fiéis.

Os locais escolhidos serão Loja Lírio Mimoso, Memória de Nazaré, com datas e horários a serem ainda definidos, e Estação das Docas, a partir de 23 de setembro. Além desses, a corda também será distribuída entre as 95 paróquias da cidade.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Padres Barnabitas aproximam Círio do povo paraense com exposição

Padres Barnabitas aproximam Círio do povo paraense com exposição

há 2 dias atrás
Padres Barnabitas aproximam Círio do povo paraense com exposição
Murilo Couto e Gabriel Conrado falam sobre o Círio: ‘É um orgulho muito grande’
ASSISTA!

Murilo Couto e Gabriel Conrado falam sobre o Círio: ‘É um orgulho muito grande’

17/09/2020 05:00
Murilo Couto e Gabriel Conrado falam sobre o Círio: ‘É um orgulho muito grande’
Arcos da Avenida Nazaré serão retirados para manutenção a partir desta quinta-feira, 17
CÍRIO 2020

Arcos da Avenida Nazaré serão retirados para manutenção a partir desta quinta-feira, 17

17/09/2020 04:57
Arcos da Avenida Nazaré serão retirados para manutenção a partir desta quinta-feira, 17
‘Pequeno sonhador’ de Óbidos faz poema para Nossa Senhora de Nazaré e pede fim da pandemia
CÍRIO 2020

‘Pequeno sonhador’ de Óbidos faz poema para Nossa Senhora de Nazaré e pede fim da pandemia

16/09/2020 23:30
‘Pequeno sonhador’ de Óbidos faz poema para Nossa Senhora de Nazaré e pede fim da pandemia
Estão abertas as inscrições para voluntários do Círio 2020
PROCESSO SELETIVO

Estão abertas as inscrições para voluntários do Círio 2020

16/09/2020 12:36
Estão abertas as inscrições para voluntários do Círio 2020
Últimas Notícias