Dólar Comercial compra R$ 4,1528 venda R$ 4,1530 máxima 4,1529
Euro compra R$ 4,5768 venda R$ 4,5783 máxima 4,5844
12 Nov - 05h42
terça, 12 de novembro de 2019

CANSEI DE SER GORDO

Eu te entendo, Cléo

28 Ago 2019 - 17h50Por Jorge Bentes

É preciso que se fale mais sobre os distúrbios alimentares e ontem isso aconteceu, em rede nacional, durante o programa “Conversa com o Bial”, na rede Globo. A atriz Cléo Pires e sua irmã, Antonia Morais, foram as entrevistadas da noite e ambas desabafaram sobre seus processos depressivos e  compulsivos. Cléo, em um corpo mais gordo, abriu o jogo e assumiu sofrer de compulsão alimentar.

“Comia até passar mal”, “só pensava o que ia comer no outro dia”, são frases fortes, proferidas pela atriz que me identifiquei muito. Eu já passei por isso. Você que me lê também deve ter passado ou conhecido alguém que passa. Mas como é difícil assumir. Como é difícil admitir e pedir ajuda. Como é difícil elaborar e entender que estamos doentes e não somos culpados de absolutamente nada do que estamos passando e vivendo. 

O último grande levantamento feito no país, sobre esse problema de saúde, foi realizado em 2014 pela Secretaria de Saúde de São Paulo e revelou que 77% dos jovens paulistas apresentam propensão a desenvolver algum tipo de distúrbio alimentar, como anorexia, bulimia e compulsão por comer.

Poderia ser com álcool, com sexo, com compras, mas é a comida que preenche um vazio que ecoa na nossa alma e faz a gente só enxergar o doce, a fritura ou a massa. Prazeres para continuar vivendo ou sobrevivendo. Tudo isso pode ser desencadeado pela depressão, onde o único prazer passa a ser a comida.

Não importa a fama ou o anonimato que você viva. Não importa se você é desejada ou esquecida. É a comida o grande centro da sua vida. O prazer imediato que vira veneno. A comida deixa de alimentar e pode passar a matar por um ato incontrolável de comer até o corpo pedir socorro. Comer até não caber na gente. Comer para se destruir. Tudo isso porque a realidade está muito difícil.

No meu emagrecimento e, agora, durante a manutenção do peso, eu entendi algumas coisas. Primeiro que, nesse processo, eu como as minhas emoções e não por fome e que, por isso, é preciso buscar tratamentos para ter equilíbrio e não descontar nossas angústias e tristezas no prato de comida. Eu também entendi que compulsão não tem cura, tem controle, e que por isso as recaídas vão acontecer.

O descontrole alimentar ainda vai bater na sua porta algumas vezes, basta um problema maior, de uma vida normal, nos desequilibrar. Afinal de contas, nada como um pedaço de torta de chocolate em um dia ruim, não é? O problema é que os compulsivos comem a torta inteira e ainda querem mais. Eu entendi que compulsivo pode largar a comida e ir para a drogas, para as compras e até para o excesso de sexo e que por isso, precisamos estar atentos.

Eu aprendi a respeitar o dia da compulsão porque quando ela vem, ela vem com tudo, mas a força dela não é maior que a minha. Eu sei que no dia seguinte reúno meus cacos e continuo minha caminhada. Eu aprendi que sou maior do que ela. Minha história é mais prazerosa do que a comida mais gostosa do mundo porque fiz dela um legado e um caminho onde corro e grito para o mundo que é possível ser o que a gente quer e não o que a comida deseja.

Eu entendi que a compulsão é uma inimiga e como todas é melhor tê-la por perto para saber como se proteger no próximo ataque. Agora, eu só entendi tudo isso porque eu pedi ajuda e peço até hoje. Emagreci 80 quilos, mas não sou vencedor. Eu sou um lutador. Lute como um compulsivo que coloca a comida no lugar dela e você no lugar que quiser.

Obrigado, Cléo. Obrigado às minhas terapeutas, psicólogas e nutricionistas. Obrigado Deus e família. Obrigado compulsão alimentar por ser o obstáculo que eu tive que enfrentar para enxergar a força e o poder que eu tenho sobre a minha vida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Paraenses adotam cartas de crianças que fazem parte da Campanha Sonho de Natal
PROJETO GRUPO ROMA

Paraenses adotam cartas de crianças que fazem parte da Campanha Sonho de Natal

há 42 minutos atrás
Paraenses adotam cartas de crianças que fazem parte da Campanha Sonho de Natal
Roma Eventos realiza sorteio para show de Bruno Marrone e Roupa Nova
TODO MUNDO AMA

Roma Eventos realiza sorteio para show de Bruno Marrone e Roupa Nova

há 42 minutos atrás
Roma Eventos realiza sorteio para show de Bruno Marrone e Roupa Nova
Podcast: dicas para controlar a compulsão alimentar
VAMOS EMAGRECER, GENTE!

Podcast: dicas para controlar a compulsão alimentar

há 43 minutos atrás
Podcast: dicas para controlar a compulsão alimentar
Moradores do Guajará denunciam constantes assaltos no local e cobram segurança na área
EM ANANINDEUA

Moradores do Guajará denunciam constantes assaltos no local e cobram segurança na área

há 44 minutos atrás
Moradores do Guajará denunciam constantes assaltos no local e cobram segurança na área
Governo tem expectativa de gerar 1,8 milhão de empregos com programa
ECONOMIA

Governo tem expectativa de gerar 1,8 milhão de empregos com programa

11/11/2019 23:51
Governo tem expectativa de gerar 1,8 milhão de empregos com programa
Últimas Notícias