Dólar Comercial compra R$ 5,609 venda R$ 5,6093 máxima 5,6091
Euro compra R$ 6,6472 venda R$ 6,6493 máxima 6,6546
22 Out - 03h24
quinta, 22 de outubro de 2020

Rolê Científico

Maniçoba: Prato paraense potencialmente mortal servido em dia santo

Nesta época de Círio, falamos sobre o tradicional prato paraense potencialmente mortal.

12 Out 2020 - 18h00Por Giovanni Palheta e Yuri Willkens

Na época do Círio de Nazaré, umas das maiores manifestações religiosas do mundo, as ruas de Belém do Pará e cidades próximas se perfumam com o cheiro característico da Maniçoba. Saiba um pouco mais sobre esse prato paraense potencialmente mortal e suas características, vamos dar um Rolê científico?!

Um bom resumo do que seria maniçoba, vem do meme que circula há algum tempo pelas redes sociais, que seria: "Pedaços esquartejados de porco cozido por dias em um caldeirão com folhas venenosas. Comida mais demoníaca servida em dia santo". É uma boa e engraçada definição para a nossa iguaria.

A maniçoba é como uma feijoada, só que no lugar no feijão temos a folha da mandioca moída e cozida por 7 dias. O nome maniçoba vem do tupi mandi'sowa - folha da mandioca e é um prato mais comumente servido na época do festejo a nossa senhora de nazaré, o círio. O círio é considerado um 'natal paraense', muito mais que uma celebração religiosa, é parte da cultura paraense e leva mais de 2 milhões de pessoas a participarem. Este ano de 2020 não foi possível os festejos tradicionais em toda sua magnitude por conta do cenário de pandemia.

Não pode dar bobeira durante o preparo da maniçoba, pois a folha da mandioca é venenosa. A planta da mandioca Manihot esculenta Crantz possui ácido cianídrico (HCN), que pode intoxicar e até levar alguém à morte. Por este motivo, o preparo demora cerca de 7 dias para que se elimine o composto venenoso na fervura.

A maniçoba é feita em caldeirões porque é um prato que demora fazer e ainda é dividido entre a família e também vendido, então é sempre bom guardar. A dica é que se ainda está verde, ainda não está boa. Há quem coma a maniçoba com 3 dias de cozimento e fica tranquilo, e você arriscaria? Geralmente se come a iguaria com aquela farinha de mandioca da boa. Perceba a importância que a mandioca tem na alimentação.

A Embrapa Amazônia Oriental, importante centro de pesquisa, estuda e preserva a mandioca há mais de 40 anos, e ainda mantém uma gama de variedades de mandioca no banco ativo de sementes. As pesquisas indicam formas mais eficazes de plantio, controle de pragas, garantem a segurança alimentar, geram emprego e renda. Mandioca é tradição, é cultura e ciência.

Siga o Rolê nas redes sociais!

Twitter

Facebook

Instagram

Siga a Ciência paraense

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da covid-19
LUTO

Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da covid-19

21/10/2020 23:20
Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da covid-19
Brasil tem 24.818 novos casos de covid-19 em 24 horas
PANDEMIA

Brasil tem 24.818 novos casos de covid-19 em 24 horas

há 5 horas atrás
Brasil tem 24.818 novos casos de covid-19 em 24 horas
Embarcação afunda em porto de Igarapé-Mirim
SEM VÍTIMAS

Embarcação afunda em porto de Igarapé-Mirim

21/10/2020 22:12
Embarcação afunda em porto de Igarapé-Mirim
Poucas e Boas

Alta

21/10/2020 22:00
Ministro da Saúde testa positivo para covid-19
CORONAVÍRUS

Ministro da Saúde testa positivo para covid-19

21/10/2020 21:34
Ministro da Saúde testa positivo para covid-19
Últimas Notícias