Dólar Comercial compra R$ 4,3655 venda R$ 4,3657 máxima 4,3656
Euro compra R$ 4,7108 venda R$ 4,7128 máxima 4,7216
20 Fev - 07h42
quinta, 20 de fevereiro de 2020

Fala Marido, Fala Marida

Meu Marido ou minha Marida não me entende, o que fazer?

17 Fev 2020 - 20h00Por Silvia Vasconcelos Psicóloga Clínica

Essa sem sombra de dúvidas é uma das perguntas mais frequentes que recebo por onde vou e não há como responder a esta questão sem pensar o assunto pelo olhar da comunicação. Esta parece ser uma dificuldade comum na maioria dos casais que sofrem por não saberem se livrar dos ruídos na difícil tarefa de se comunicar.

 Seu marido (a) tem dificuldades para falar sobre problemas?
 Tem dificuldades de saber quando errou ou voltar atrás em sua opinião?
 Raramente percebe quando lhe machucou?

A sensação é de impotência e fracasso. Você perde a liberdade de ser quem você é e assim vai levando a vida onde seu marido ou marida não lhe entende, age com teimosia e não está aberto a ouvir seu lado. O que começou como uma tentativa de expressar um sentimento se transformou em um ciclo de ataque e defesa. Afinal, comunicamos de forma pobre e em muitos casos esperamos uma compreensão apurada da parte dos nossos companheiros. Se isso acontece em seu relacionamento, aqui estão alguns fatores que podem lhe deixar mais atento e facilitar a sua compreensão e compreensão do seu parceiro.

O perigo do silêncio

No caso dos homens, é natural que, em linhas gerais, eles sejam mais reservados. E quando envolve problemas, alguns relutam em entrar em detalhes. Em alguns casos, eles não gostam de falar sobre o assunto simplesmente por não entenderem claramente o que você quer e preferem evitar que os conflitos tomem proporções maiores. E não é incomum encontrar homens que até querem ouvir, mas acabam evitando por não terem tanta experiência na resolução de conflitos. Sendo assim, ficam bastante desconfortáveis com a ideia de aprofundar discussões. Seu marido pode ser até imaturo ou ambos podem pensar de forma tão diferente que para ele entender como você se sente, se torna uma tarefa quas impossível. 

Dessa forma, o silêncio pode ser tornar uma bomba relógio dentro do relacionamento onde não existe ninguém capaz de desativar até entender o poder de romper o silêncio.

Reconhecendo boas intenções

Gosto de falar que existem mil maneiras de começar um assunto delicado. No entanto, uma das melhores é reconhecendo as boas intenções do outro e deixando claro que você entende o seu amor. Começando uma queixa com: “Eu sei que você me ama e nunca faria qualquer coisa para me magoar. Então é difícil para mim dizer isso e pode ser difícil de ouvir. Então..."

Tolerância, uma virtude nos relacionamentos

Tolerar erros, ter tolerância com a postura muitas vezes defensiva dos casais é um sinal de grandeza e um exercício de empatia que só traz crescimento. A baixa tolerância certamente é um dos maiores motivos que levam um casal à separação e uma das maiores vilãs do estresse no casamento. 

Falar o que você sente é melhor que acusar

Generalizar através de comentários como: "você sempre faz isso", "você é assim", sempre despertará o instinto sobrevivência do outro. Seu marido ou sua marida vai entrar em fuga ou em ataque. Em vez de acusar, procure falar dos seus sentimentos, pedir apoio e usar palavras que expressam emoções como eu me senti magoado (a); triste; assustado (a). Isto deve motivá-lo a oferecer ajuda, proteção e apoio.

Ofereça soluções

É comum quando estamos chateados ou decepcionados com nossos maridos, a nossa fala se torna carregada de pontos negativos. O problema é quando estamos inclinados somente para o lado negativo das coisas teremos dificuldades de sermos proativos. E nesses momentos precisamos oferecer soluções, mostrar disposição e fazer pedidos e não dar ordens.

Não tome conclusões precipitadas

Você talvez já tenha passado por isso: você entrou em conflito com o seu marido ou marida acreditando que tinha toda a razão, mas depois de ter falado o que não devia, logo percebe que não tinha todas as informações possíveis. E então, fica sem jeito, não sabe o que dizer, percebe que foi injusto e não sabe como desfazer o mal-estar. Antes de tomar conclusões, uma boa prática é obter o máximo de informações possíveis diretamente da boca do marido ou da marida. Isto lhe garante fugir de julgamentos e saber que toda história sempre tem dois lados.

Lembre-se: o lobo sempre será mau se você continuar a ouvir só a versão da chapeuzinho vermelho.

Aprenda a se comunicar

Estudos apontam que a comunicação no relacionamento, em sua maioria, funciona parecido como jogo do telefone sem fio onde um diz uma coisa e o outro entende completamente diferente. Segundo Renay P. Cleary Bradley, Ph.D., que conduziu pesquisas de relacionamento no renomado Gottman Institute, em Seattle, mulheres são mais propensas a levantar questões e fazer exigências, e os homens tendem a receber como críticas (você aponta casualmente a grama alta no seu quintal; ele ouve, e o que você vai fazer, seu preguiçoso?)

Funciona assim:

O exemplo é de uma marida para seu marido mas o conceito pode ser aplicado do marido para a marida e em diversas situações.

O que você quer: Que ele lhe ajude nas tarefas domésticas
O que você diz: “Você acha que poderia me dar uma ajuda algum dia com as atividades domésticas?”
O que ele ouve: “Por que você me deixa fazer tudo sozinha e não me ajuda?”
O que está acontecendo: As mulheres tendem a fazer perguntas, em vez de fazer declarações diretas, porque elas não querem ser controladoras, explica William Doherty, Ph.D., professor do departamento de ciências sociais da família na Universidade de Minnesota.

Dessa forma, o homem não sabe claramente o que ela quer e se apoia na informação incompleta para acreditar que a pergunta dela era uma bronca disfarçada de pergunta. O que fazer da próxima vez: não esconda informações importantes ou desejo dentro de uma pergunta. Tome sempre cuidado para ser o mais transparente possível não deixando nenhuma informação em oculto. Torne claro suas necessidades, desafios, quando você precisa dele, como ele pode ajudar e que você valoriza sua ajuda e conta com seu esforço. Mostre o quanto as coisas se tornariam humanamente mais fáceis para você.

Enfim, se fazer entender é uma tarefa que você deve levar muito a sério e aprender como a comunicação pode evitar conflitos e torná-los mais conectados e cooperativos é recompensador. Fugir dos ruídos, dos julgamentos, evitar conclusões precipitadas e falar o que você sente também podem ser ferramentas preciosas contra a falta de entendimento.

Espero que essas dicas possam ter te ajudado e também mostrado o caminho para um relacionamento transparente e saudável.

Um grande beijo, até semana que vêm!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Hadson admite vontade de agredir Pyong: 'Ele joga sujo'
BIG BROTHER BRASIL

Hadson admite vontade de agredir Pyong: 'Ele joga sujo'

há 7 minutos atrás
Hadson admite vontade de agredir Pyong: 'Ele joga sujo'
Poucas e Boas

Nova perícia

há 42 minutos atrás
Confira o funcionamento da cidade durante o período de Carnaval
VAI VIAJAR?

Confira o funcionamento da cidade durante o período de Carnaval

20/02/2020 05:00
Confira o funcionamento da cidade durante o período de Carnaval
‘Fantasias’ de carnaval são rejeitadas pelo público
“CANCELA”

‘Fantasias’ de carnaval são rejeitadas pelo público

20/02/2020 05:00
‘Fantasias’ de carnaval são rejeitadas pelo público
Vídeo: consultora de etiqueta aborda cuidados na vida sexual
ETQ & TAL

Vídeo: consultora de etiqueta aborda cuidados na vida sexual

20/02/2020 05:00
Vídeo: consultora de etiqueta aborda cuidados na vida sexual
Últimas Notícias