Dólar Comercial compra R$ 5,609 venda R$ 5,6093 máxima 5,6091
Euro compra R$ 6,6461 venda R$ 6,6487 máxima 6,6546
22 Out - 04h05
quinta, 22 de outubro de 2020

Anime Geek

O Aranhaverso no MCU está mais perto do que você imagina

Reunimos muitas evidências que vão fazer você concordar com isso.

07 Out 2020 - 17h35Por Ana Paula Castro e Rai Moraes

No último dia 2 de outubro o mundo nerd entrou em rebuliço por conta de uma publicação inesperada e um tanto precipitada do ator Jamie Foxx no Instagram. O intérprete do vilão Electro em O Espetacular Homem-Aranha, de 2014, anunciou nas redes o seu retorno com o personagem, mas no Homem-Aranha 3, da Marvel, que até então não tinha absolutamente nenhuma relação com a franquia estrelada por Andrew Garfield.

O mais surpreendente de tudo foi a foto que o ator usou para comunicar seu retorno, uma arte inspirada em Aranhaverso, com a seguinte legenda: "Fala pro Teioso pra gente tentar mais uma vez! Super animado em fazer parte do próximo filme do Homem-Aranha. Mal posso esperar pra vocês verem esse novo. E eu não vou estar azul no próximo filme, mas sim 100% durão".

Jamie Foxx de volta como Electro

Se você se lembra bem, o Electro e o filme O Espetacular Homem-Aranha não foram muito bem recebidos pelo público e pela crítica em 2014, mas ainda assim os fãs do herói e da Marvel entraram em polvorosa na internet com esse anúncio, ainda mais depois que o ator rapidamente excluiu a postagem depois da repercussão. Isso porque o retorno do vilão e sua introdução no MCU abrem uma possibilidade que já vinha sendo especulada e que com certeza vai abalar as estruturas: o Aranhaverso sendo incluído no multiverso da Marvel.

Você sabe do que eu estou falando. O próprio Homem-Aranha: Longe de Casa já trouxe essa ideia, ainda que apenas como uma citação. O multiverso, nos quadrinhos, nada mais é do que a existência de vários universos paralelos, cada um com uma realidade diferente, que em várias histórias já se cruzaram e trouxeram consequências significativas para nossos heróis. E o Aranhaverso é a mesma coisa, porém somente com as aventuras do Homem-Aranha.

A teoria de que o Aranhaverso possa também acontecer nos cinemas, como algo que faz parte do multiverso da Marvel, esbarra na grandiosidade e na complexidade da coisa, mas convenhamos, o estúdio já quebrou barreiras trazendo o universo compartilhado, com a união de franquias diferentes no mesmo filme. Então já é de se imaginar que isso seria possível, se trabalhado da maneira certa.

As evidências nos dão quase 100% de certeza de que o Aranhaverso vai fazer parte do Multiverso do MCU.

Começamos ainda esse ano, com a estreia da série WandaVision no Disney+. A heroína que conquistou todo o mundo em Vingadores: A Era de Ultron ganhou sua própria série, onde poderá cada vez mais assumir a identidade de Feiticeira Escarlate que lhe cabe. E para quem não sabe, mesmo que isso ainda não tenha sido mostrado nos cinemas, nos quadrinhos essa personagem tem sim o poder de alterar a realidade. Tudo indica que algo que acontecerá na trama vai interferir diretamente no MCU, já que a própria Marvel confirmou a relação de suas séries com seus filmes. 

Segundo o insider Jeremy Conrad, as consequências dos acontecimentos de WandaVision encontrariam seu ápice no filme do Homem-Aranha, com o Aranhaverso. E as alterações de realidade e problemas trazidos pelo multiverso seriam resolvidos por Dr. Estranho em seu filme, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, com estreia prevista para 2022. Responsável por buscar e revelar informações secretas dos estúdios de Hollywood, ele jogou a notícia em seu Twitter.

Insider divulga relação entre WandaVision, Homem-Aranha e Dr. Estranho

Tudo isso, mais o retorno de Electro, fez a aparição de JK Simmons no final de Homem-Aranha: Longe de Casa com o mesmo personagem que interpretou na trilogia de Sam Raimi, o jornalista J. Jonah Jameson, e a cena do poster do amigão da vizinhança com os dizeres "assassino" no trailer de Morbius, da Sony, fazerem muito mais sentido, indicando a inserção do conceito de multiverso no filme do Homem-Aranha, por meio do Aranhaverso.

E vamos combinar, a animação de 2018 da Sony, que apresentou o herói na pele de Miles Morales, introduziu e familiarizou muito bem a ideia com o público. Como se já não bastasse, o próprio Tom Holland ficou bem sem graça quando foi questionado sobre o Aranhaverso no MCU e a possibilidade de contracenar com Tobey Maguire e Andrew Garfield. 

Além do mais, não podemos esquecer que Marvel e DC são concorrentes. E já é certo que a DC vai trabalhar seu próprio multiverso, que inclui também o das suas séries, no próximo filme do Flash, já contando com a participação de Ben Affleck e Michael Keaton como "Batmans". É de se esperar que a Marvel não queira ficar para trás. Até porque nem seria a primeira vez que alguma decisão da DC influenciou uma produção da Marvel. Quando a DC anunciou o filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça, rapidamente a Marvel tratou de tirar Capitão América: Guerra Civil da caixa.

Então teremos o cruzamento entre diferentes realidades no MCU. Ok. Mas quais são as possibilidades que isso traz? Primeiramente no filme do Homem-Aranha, envolver outras realidades poderia significar trazer os atores que interpretaram o herói anteriormente. Será que veremos Tobey Maguire e Andrew Garfield ao lado de Tom Holland nas telonas? E se isso realmente acontecer, seria necessário uma ameaça muito grande para justificar a presença de três Homens-Aranha. Esta seria uma ótima oportunidade de trazer os vilões que estão aí para a formação do Sexteto Sinistro. Já temos Venom e Morbius, que têm filmes próprios, Electro, que vai voltar, Abutre e Escorpião, que aparecem conversando na cena pós-crédito de Homem-Aranha: De Volta Para Casa, e o Mistério, que pode ser que não tenha morrido.

Para completar, quando tratamos do multiverso, que envolve também os outros heróis da Marvel, que melhor momento existiria para finalmente poder inserir os X-Men e o Quarteto Fantástico no MCU, sem mexer com o que já foi feito antes? As realidades paralelas permitiriam que não fosse necessário reapresentar esses personagens para o público, aproveitando os acertos obtidos pela Fox, inclusive na volta de personagens queridos com seus intérpretes originais, como Wolverine na pele de Hugh Jackman.

Depois de emocionar o mundo todo em uma aventura épica que inclui Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato, nada parece mais adequado que o multiverso para se manter e até fazer crescer toda essa grandiosidade que o MCU permite.

 

Esta coluna é escrita pelos integrantes do Anime Geek, evento multicultural pop e geek realizado em Belém desde 2012. Para mais informações, acesse também as nossas redes sociais:
 
Instagram: @animegeekoficial
Twitter: @animegeekbelem

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da covid-19
LUTO

Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da covid-19

21/10/2020 23:20
Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da covid-19
Brasil tem 24.818 novos casos de covid-19 em 24 horas
PANDEMIA

Brasil tem 24.818 novos casos de covid-19 em 24 horas

21/10/2020 22:24
Brasil tem 24.818 novos casos de covid-19 em 24 horas
Embarcação afunda em porto de Igarapé-Mirim
SEM VÍTIMAS

Embarcação afunda em porto de Igarapé-Mirim

21/10/2020 22:12
Embarcação afunda em porto de Igarapé-Mirim
Poucas e Boas

Alta

21/10/2020 22:00
Ministro da Saúde testa positivo para covid-19
CORONAVÍRUS

Ministro da Saúde testa positivo para covid-19

21/10/2020 21:34
Ministro da Saúde testa positivo para covid-19
Últimas Notícias