Dólar Comercial compra R$ 3,9530 venda R$ 3,9554 máxima 3,9542
Euro compra R$ 4,4044 venda R$ 4,4079 máxima 4,4066
26 Abr - 03h56
sexta, 26 de abril de 2019

MULHERES NO PODER

O que precisamos aprender com a separação de Anitta?

Casamento de Anitta acaba por conta da carreira da cantora. E nós temos muito o que aprender sobre o que é ter um objetivo de vida bem definido.

10 Set 2018 - 11h21Por Mari Tupiassu

The end. Acabou o casal que mais amamos ver juntos em 2018. Segundo o colunista Léo Dias, o motivo da separação seria a correria na carreira de Anitta.

No começo da relação víamos Thiago Magalhães acompanhando a esposa nas viagens internacionais que tornaram-se cada vez mais frequentes na vida da cantora. Depois de um tempo, a ausência do marido já levantava suspeitas de um término.  

Ainda segundo o colunista, ele queria casa e filhos. Ela teria prometido que daria uma “pausa” na carreira, o que nunca aconteceu, e ao que tudo indica, é o que não acontecerá tão cedo por motivos de Anitta estar vivendo simplesmente o seu melhor momento artístico. Ou ele a acompanhava, ou.. aconteceria exatamente o que estamos vendo com muito pesar: o fim.

O que o término de Anitta tem para nos ensinar?

Quando ela começou a carreira eu achava que seria mais uma forçação de barra tipo um “Naldo Benny da vida”. Passei a vê-la de outra forma depois de saber o quanto ela se dedicava aos estudos como base da realização de seus objetivos.

Quando descobri que depois de ser roubada pela seu empresária, ela decidiu gerir a própria carreira, aí  passou a ser inspiração.

Veja bem, você pode não gostar da música de Anitta, mas precisa ser inteligente o bastante pra reconhecer o óbvio. Pra uma menina de 25 anos, nascida na favela, com raízes num gênero musical marginalizado, que em oito anos tornou-se a maior artista deste país e a única com uma carreira internacional de fato, ela é uma grande mulher de negócios e não por acaso foi contar sua história para os estudantes de Harvard.

Self made woman. Uma mulher que faz a si mesma, é isso mesmo que ela é como muito bem definiu a capa de uma revista. Anitta é a refutação pública da teoria imbecil que diz que uma mulher empoderada do seu próprio corpo é fútil, vazia, não usa muito bem o cérebro.

Anitta não teve nada de mão beijada. Ela conquistou o sucesso. Então, nada nos faz crer que depois de ter suado tanto, estaria ela disposta a fazer uma “pausa” na carreira em plena decolagem de voo.  

Estudos apontam que numa situação onde o homem é transferido de cidade, a mulher deixa a sua carreira para viver a vida do marido. O inverso dificilmente acontece. Claro que Thiago não aguentaria muito tempo. Homens não foram educados para serem sombras. E sinceramente, estão certos. Nós é que precisávamos aprender sobre como recusar o papel de coadjuvantes. Quando Anitta resolve não fazer a tal da “pausa”, amores, é uma verdadeira virada de mesa.  

Se estamos apaixonadas temos uma tendência de acreditar que aquela relação vai ser eterna. Natural que assim seja, dado o nosso furor da paixão que é chama. Mas a chama queima até os nossos sonhos pessoais, já que os romanceios que aprendemos nos contos de fadas nos sufocam daquela esperança ingênua do “felizes pra sempre”.

O que precisamos compreender é que a vida é cíclica. O “pra sempre” se resume ao quanto durar. E esse “durar” depende muito mais da arte irônica da própria vida que da nossa vontade de organizar tudo bonitinho numa planilha de excel.

Eu tinha acabado de ter filho e estava abatida por conta da péssima relação que vivia. O meu médico homeopata, sensível como todo homeopata deve ser, me alertou “Erga esse rosto. Um dia o seu filho vai sair de casa e ter a família dele. O seu relacionamento pode acabar amanhã. Portanto, descubra aquilo que você ama fazer, porque é só o que você ama que vai te dar felicidade pro resto da vida”. Na semana seguinte voltei para a faculdade de jornalismo.  

Isso não significa dizer que não vamos abrir mão de nada dentro de uma relação. Fundamental é entender que não podemos deixar escapar os nossos sonhos por entre os dedos. Todas nós conhecemos uma amiga que do belo nada rompe uma relação e precisa reconstruir a vida do zero, já que delegou a felicidade ao destino do outro.  

Dói ter que escolher entre um amor e o seu sonho quando os dois não podem ser conciliados. Mas dói mais ainda ver seus sonhos levados por uma onda, simplesmente porque você deixou de construir o seu próprio castelo num lugar seguro, pra viver num castelo de areia com ele na beira da praia.

Amor pode ser um, podem ser dois. Ao longo da vida podemos ter vários amores. Já o sonho, ah.. o sonho é aquilo que você veio no mundo pra fazer e só temos essa chance de realizá-lo.

Desconhecemos as dores que Anitta deve engolir pra não demonstrar nas suas redes sociais os cacos espatifados por dentro. Todo fim de relacionamento é doloroso. Mas ela vai se reconstruir porque a maioria de nós já morreu de amor um dia e depois voltou a viver. Tô certa?

Mas o que ela realmente nos ensina é que não importa se você sonha com uma carreira internacional ou em abrir uma banca na esquina pra vender tapioca gourmetizada. Você precisa descobrir aquilo que ama fazer, traçar um objetivo, e independente de quem esteja do seu lado, porque amores vem e amores vão e nós já sabemos disso, que você seja a dona da sua própria história.   


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eduardo Costa desabafa em foto com carro de R$ 2 milhões
TADINHO...

Eduardo Costa desabafa em foto com carro de R$ 2 milhões

há 3 horas atrás
Eduardo Costa desabafa em foto com carro de R$ 2 milhões
POUCAS E BOAS

Brasil Novo II

há 3 horas atrás
Brasileiros conquistam ouro no Pan-Americano de Judô
ORGULHO!

Brasileiros conquistam ouro no Pan-Americano de Judô

há 4 horas atrás
Brasileiros conquistam ouro no Pan-Americano de Judô
POUCAS E BOAS

Brasil Novo

há 4 horas atrás
Ex-superintendente do Ibama é preso no Amazonas
OPERAÇÃO ARQUIMEDES

Ex-superintendente do Ibama é preso no Amazonas

há 5 horas atrás
Ex-superintendente do Ibama é preso no Amazonas
Últimas Notícias