Dólar Comercial compra R$ 5,5986 venda R$ 5,5991 máxima 5,6089
Euro compra R$ 6,7581 venda R$ 6,7609 máxima 6,7739
27 Fev - 00h55
sábado, 27 de fevereiro de 2021

Aperta o PLAY

Regadas à MPB, Lives de carnaval agitam o feriado na pandemia

18 Fev 2021 - 20h33Por Márcio Moreira

Com certeza o carnaval 2021 foi o mais atípico da história do nosso País, como o conhecemos. Na TV, reprise de desfiles de anos atrás. Nas ruas, a alegria dos foliões fantasiados deu lugar ao silêncio de alguns transeuntes mascarados para se proteger da Covid 19. As redes sociais sofram uma avalanche nostálgica com memórias de carnavais passados, num mundo pré-pandemia, que já parece tão distante que mal dá pra acreditar que beijos e abraços eram distribuídos com a liberdade que só a saúde pode proporcionar... Um sonho!

Mas nem só de saudade foi feito esse carnaval. A música, sempre ela, encontrou também nas lives (fenômeno colateral à doença que abateu o planeta), um espaço para foliões exilados que queriam cantar, sorrir... viver!

A Bahia, que nos dá régua e compasso, nos presenteou com dois momentos emblemáticos, em pleno sábado mômico (13/02), ao emprestar suas filhas para à folia nacional em parcerias entre emissoras de TV, Streaming e, é claro, a Internet.

No fim da tarde, em parceria com Multishow, o “Trio: Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Você”, como foi anunciado, uniu a diva baiana com a carioca cheia de axé, num momento histórico transmitido direto da Praia do Forte, em Salvador. Foram 3 horas com os maiores hits carnavalescos da dupla defendidos com efusão, direito a trocas de figurinos, e selinho pra derrubar qualquer suspeita de rixa entre as cantoras.

Mais tarde, às 21h, foi a vez da diva absoluta Maria Bethânia estrear no universo das lives com pompa e circunstância, na parceria com GloboPlay. Após um ano afastada dos palcos e absolutamente relutante quanto a  ideia de cantar para lentes de dispositivos de transmissão no lugar de gente, a irmã mais nova de Caetano se rendeu à única forma possível de se cantar nestes tempos pandêmicos.

Distante do universo carnavalesco, mas nem tanto, o repertório da artista, que entrou em cena pela primeira vez em 1963 para substituir Nara Leão no Teatro Opinião, contou com inúmeros sucessos de sua bem sucedida carreira, além do inédito samba de Paulo Dáfilin, um dos quatro músicos que acompanhou Bethânia nesta Live, “De Onde eu Vim”, canção que irá compor o próximo álbum da cantora ‘Noturno’, previsto para março e abril deste ano.

Para quem pensa que essa efêmera felicidade de carnaval atípico segue os versos do poeta pra tudo se acabar na quarta-feira se engana, Leila Pinheiro resolveu entrar no cordão da folia e anunciar uma live temática pra comemorar a data no próximo sábado (20) às 20h, direto de seu canal de YouTube.

A paraense, que já realizou mais de 30 lives desde o início da pandemia, se aproximou como poucos artistas de MPB do público digital e viu crescer avassaladoramente seu número de inscritos e seguidores, lhe possibilitando, inclusive, realizar lives fechadas através de plataformas virtuais. Uma aula de reposicionamento de carreira em tempos de crise!

Na #livedaleila de Carnaval, sambas e marchinhas devem compor um repertório lapidado com afinco pelas mãos da artista que, acompanhada exclusivamente de seu piano cada vez mais afiado, deve encerrar as comemorações carnavalescas deste ano.

Inscreva-se na pré-estreia da Live da Leila pra Apertar o Play no Sábado:

 

CURTIDAS CURTINHAS:

‘Incompatibilidade de Gênios’ ganha versão interativa

Lançado originalmente em 1976 no álbum Galo de Briga, o hino inconteste de João Bosco e Aldir Blanc, Incompatibilidade de Gênios, ganhou nova versão na combinação vocal magistral do Grupo Ordinárius, que chegou às plataformas de música na última semana. O single é resultado do concurso #desafiocantodapraya onde o próprio Bosco e ninguém menos que Hamilton de Holanda faziam cama luxuosa com seus acordes para quem quisesse gravar um vídeo cantando o sucesso.

Aperta o Play e confere o resultado:

Dnasty manda a real em single autoconfiante com L7nnon

Em cenário paradisíaco do Rio de Janeiro, a dupla de rappers Dnasty, formada pelos angolanos Evan e Hélio encontram com o consagrado L7nnon para um feat. com discurso de prosperidade baseado na crença em Deus e em si próprios, que chega às plataformas digitais e ao Youtube pela LABIDAD PRODUÇÕES. A canção que carrega o refrão “A meta é fazer grana, gastar, depois fazer grana de novo” em primeiro momento pode até soar como mais um rap ostentação, onde os artistas esbanjam suas conquistas com orgulho e vaidade, porém, o verso seguinte “A meta é fazer grana, levar pro meu bairro e gastar com meu povo...” prova a intenção singular desses cantores e compositores que reiteram uma filosofia muito tradicional africana o “UMBUNTO”, que significaria “Eu sou, porque nós somos”, isto é, uma organização de cooperação que compreende a importância do outro para que seus objetivos pessoais também sejam alcançados.

Aperta o Play em ‘Reais’ da dupla Dnasty:

Clica na imagem abaixo e Aperta o Play na minha Playlist de MPB lá no Spotify:

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Toffoli considera ilegal defesa da honra em casos de feminicídio
JUSTIÇA

Toffoli considera ilegal defesa da honra em casos de feminicídio

26/02/2021 23:42
Toffoli considera ilegal defesa da honra em casos de feminicídio
Nas redes sociais, amigos lamentam morte do policial militar Diego Disney
ACIDENTE

Nas redes sociais, amigos lamentam morte do policial militar Diego Disney

26/02/2021 23:06
Nas redes sociais, amigos lamentam morte do policial militar Diego Disney
Poucas e Boas

Vacinas contra Covid

26/02/2021 23:00
Aneel mantém tarifa de bandeira amarela para março
ENERGIA

Aneel mantém tarifa de bandeira amarela para março

26/02/2021 22:39
Aneel mantém tarifa de bandeira amarela para março
Projota reclama, chora e passa mal com fantasia do monstro no 'BBB21'
AJUSTES

Projota reclama, chora e passa mal com fantasia do monstro no 'BBB21'

26/02/2021 22:32
Projota reclama, chora e passa mal com fantasia do monstro no 'BBB21'
Últimas Notícias