Dólar Comercial compra R$ 5,4144 venda R$ 5,4149 máxima 5,4146
Euro compra R$ 6,3652 venda R$ 6,3679 máxima 6,3755
21 Set - 22h33
segunda, 21 de setembro de 2020

+ que um

Vale a pena prorrogar a parcela do seu crédito imobiliário?

21 Jun 2020 - 18h00Por Jonny Penne

Sabe-se que gastos com moradia de forma geral representam a maior parte do comprometimento de renda do brasileiro e, geralmente, isso se dá pela parcela do financiamento imobiliário, que costuma girar em torno de 35% da renda familiar.

Recentemente, com o advento da Pandemia e as políticas púbicas de contenção do comércio, instituições financeiras passaram a ofertar para os clientes a postergação da parcela do financiamento imobiliário como forma de auxilio na organização do orçamento familiar. Contudo, vale mesmo a pena aderir à esta postergação?

Para respondermos esta pergunta precisamos lembrar que “não tem almoço grátis” e que, no mercado financeiro, não encontraremos uma resposta que sirva para todos, portanto, vamos trabalhar com dois cenários:

Cenário 1 – Sem a prorrogação, você não conseguirá pagar a parcela do financiamento e ficará inadimplente.

Neste caso, a prorrogação da parcela cai como uma luva. Aqui, você tem a oportunidade de empurrar sua dívida um pouco para frente, sem ter a obrigação de pagar multa, juros e encargos por atraso, podendo priorizar o pagamento de contas essenciais como água, luz e alimentação.

Vale também lembrar que mesmo que você opte pela prorrogação da parcela, durante esse período, pagará os valores referentes as Tarifas de Serviços administrativos (TSA) – que costuma ser de R$25 – mais a parcela proporcional ao seguro de vida da operação.

Cenário 2 – Você pode pagar a parcela, mas quer aproveitar a oportunidade para fazer outra coisa com o dinheiro, aproveitando a oportunidade da prorrogação

Neste caso é importante avaliarmos com um pouco mais de atenção, pois as instituições financeiras, apesar de não te cobrarem estas parcelas nem qualquer outra taxa adicional por isso, muito provavelmente, estarão incorporando os juros desse período ao saldo devedor, o que fará com que você volte a pagar as parcelas devendo um montante maior do que quando postergou. Por isso, se você tem capacidade financeira para continuar honrando seus compromissos, recomendo que você não solicite a postergação da parcela do financiamento imobiliário.

 

Se quiser mais dicas sobre finanças pessoais, te convido a me seguir no Instagram e se inscrever no meu canal do Youtube. Nas duas plataformas você me encontrará como Jonny Penner.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Paulo Bonamigo é o novo técnico do Remo
COMO EM 2000

Paulo Bonamigo é o novo técnico do Remo

há 1 hora atrás
Paulo Bonamigo é o novo técnico do Remo
Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais
CORONAVÍRUS

Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais

21/09/2020 21:02
Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais
POUCAS E BOAS

Setor farmacêutico em alta

21/09/2020 21:00
Hospital em Belém capacita funcionários para acolhimento humanizado a pacientes transgêneros
POLÍTICA NACIONAL

Hospital em Belém capacita funcionários para acolhimento humanizado a pacientes transgêneros

21/09/2020 21:00
Hospital em Belém capacita funcionários para acolhimento humanizado a pacientes transgêneros
Sandra Annenberg e Ernesto Paglia comemoram 26 anos de casados
VIVA O AMOR!

Sandra Annenberg e Ernesto Paglia comemoram 26 anos de casados

21/09/2020 20:40
Sandra Annenberg e Ernesto Paglia comemoram 26 anos de casados
Últimas Notícias