Dólar Americano/Real Brasileiro compra R$ 5,1158 venda R$ 5,1173 máxima 5,1166
Euro/Real Brasileiro compra R$ 6,0735 venda R$ 6,0768 máxima 6,0788
29 Jul - 06h40
quinta, 29 de julho de 2021

Dani Viaja

Visite uma fazenda de ostras na Rota Amazônia Atlântica

18 Jul 2021 - 00h20Por Dani Filgueiras

Nem precisa gostar de ostras pra gostar desse passeio da Rota Amazônia Atlântica.

Ostras da Rota Amazônia Atlântica

Por mais que eu goste de comer ostras, devo confessar que a experiência completa é tão incrível que esse fato acaba ficando em segundo plano. Ir pra um lugar que a gente não conhece, andar de canoa, tomar banho de rio, experimentar novos sabores e junto com tudo isso, ver como as ostras são produzidas é o tipo de programação que me agrada.

Vivência das Ostras na Rota Amazônia Atlântica

Nesse período, em que ainda estamos em pandemia, é o tipo de turismo que recomento, pois vamos em carro próprio e o passeio tem limite de 6 turistas por dia, isso permite que a gente tenha um pouco mais de controle no contato com as pessoas e nos cuidados de prevenção. 

Viajei com o meu marido, Kadu Santoro, e meus sobrinhos Sofia e Antônio. 

Sofia, Antônio e eu, prontos pra começar a aventura

O passeio começa com a ida para Augusto Corrêa, município vizinho de Bragança. São quase quatro horas de viagem de Belém pra lá. Chegamos a noite e nos hospedamos no Hotel Urumajó, que parece um sítio.

Hotel Urumajó

O ambiente é todo rústico e muito agradável. Jantamos uma galinha caipira deliciosa.

Galinha Caipira do Hotel Urumajó

No dia seguinte, aproveitamos o café da manhã do hotel. Pra mim, já vale a hospedagem só por esse café da manhã bem paraense, com tapioca, cuscuz e as gostosuras produzidas no sítio. Quando acabamos o café, a Hortência Osaqui, da Fazenda Bacuri, já nos aguardava para nos levar para o passeio.

Área do café da manhã do Hotel UrumajóTapioquinha

Seguimos em carro próprio para Vila Nova Olinda. A viagem dura uma hora, mais ou menos. Passamos por vilarejos e paisagens lindas, bem características da região. A maior parte do trajeto é em estrada de chão, o que aumenta o espírito de aventura do passeio.

Estrada para Nova OlindaEstrada para Nova Olinda

Deixamos o carro e seguimos de canoa para o local da fazenda de ostras de Nova Olinda (barco a motor é proibido, pois o óleo do motor pode contaminar as ostras). A gente vai ouvindo o “barulho da floresta”, o som do remo na água e conversando sobre a vida no lugar. Dona Raimunda e Seu Zé Evandro são aquicultores (criadores de ostras) e são eles que nos guiam no passeio.Fizemos uma parada no caminho para o seu Zé explicar sobre o mangue, ele até nos mostrou como se tira o caranguejo.

Seu Zé mostrando como se tira caranguejo

Depois de 15 minutos de canoa (entre o porto e a fazenda) chegamos ao rancho, um tipo de construção que os pescadores fazem para ter um lugar de apoio durante os dias de pescaria (onde eles possam dormir e cozinhar), e é nesse lugar que ficamos.

Rancho de Pescadores

Depois de deixar as coisas no rancho, voltamos para o rio. Dessa vez somos guiados para o local da criação de ostras. Do rancho a gente consegue ver um monte de sinalizadores azuis, que mostram onde elas estão. Seu Zé explica que as sementes de ostras são produzidas em Curuça e que são levadas para a fazenda para desenvolver.

Fazenda de Ostras em Augusto Corrêa

Elas são colocadas em “travesseiros”, nome dado para uma estrutura de tela que parece uma fronha de travesseiro. Essas fronhas são arrumadas em cima de mesas enormes uma ao lado da outra. Quando a ostra fica um pouco maior, elas são colocadas em outra estrutura, chamada de “lanterna”, é nesse lugar que elas ficam até serem retiradas para consumo. Legal, né?

Travesseiro de ostrasSeu Zé explicando como é a criação de ostras

Depois dessa aula, hora de almoçar. São servidas ostras fresquinhas e também ostras assadas, dá pra comer com sal e limão, e também de forma mais “rebuscada” com geleia de bacuri, vinagrete e farofinha. Eu provei todas as formas. O almoço também conta com peixe assado, camarão, cuscuz de farinha, farofa a moda do Perimirim (com coco e sardinha fresca), sucos, água de coco, e cocada de cupuaçu de sobremesa.

Almoço na fazenda de ostras

Cocada de cupuaçu

Depois de tudo isso, dá pra tirar uma sonequinha ou tomar mais banho de rio ou um pouco dos dois, porque não?

Banho no Rio Emboraí Grande

O único problema nisso tudo, é voltar. Porque depois de viver nesse paraíso, voltar é a última coisa que a gente quer fazer. Concordam?

Essa viagem foi o primeiro tema da web série "Amazonize-se" que estreeo no meu canal do YouTube. Assiste!

OBS: Fiz o passeio das Ostras de Nova Olinda a convite da Rota Amazônia Atlântica, com apoio da Fazenda Bacuri e Hotel Urumajó.

OBS 2: Essa matéria foi feita antes da pandemia. Estou publicando só agora, por conta da retomada de lgumas atividades turísticas.

 

Rota Amazônia Atlântica  

Vários passeios fazem parte da Rota Amazônia Atlântica, eles precisam ser fechados com antecedência e dependem do horário da maré e das condições climáticas. Contrate o passeio antes de ir pra Augusto Corrêa, para não correr o risco de chegar ao local e não conseguir fazer os roteiros.

Os valores variam de acordo com a quantidade de pessoas no passeio. 

Telefone: (91) 987028680

Redes Sociais: @rotaamazoniaatlantica

 

Hotel Urumajó

Endereço:  Avenida Eupídio Barreto, 121 - Centro, Augusto Corrêa - PA

Telefone: (91) 3482-1322

Redes Sociais: @urumajo

Diária:

Individual – R$120

Casal – R$140

Duplo – R$160

Triplo – R$190

Quadruplo – R$260

Restaurante:

Galinha caipira (para 4 pessoas): R$150

Água: R$5

Refrigerante: R$5

Cerveja (long neck): R$9

 

Se você gostou deste post, compartilha com os amigos ;)

Tem mais conteúdo como esse no meu Instagram @dani_viaja 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vôlei feminino: Brasil encara o Japão para manter sequência positiva em Tóquio
CONTRA DONAS DA CASA

Vôlei feminino: Brasil encara o Japão para manter sequência positiva em Tóquio

29/07/2021 05:00
Vôlei feminino: Brasil encara o Japão para manter sequência positiva em Tóquio
Especial Olimpíadas de Tokyo: o vôlei de Haikyuu!! Ouça no Geek Space
ESPECIAL

Especial Olimpíadas de Tokyo: o vôlei de Haikyuu!! Ouça no Geek Space

29/07/2021 05:00
Especial Olimpíadas de Tokyo: o vôlei de Haikyuu!! Ouça no Geek Space
Idades e postos de vacinação: veja quem toma vacina contra covid-19 nesta quinta-feira na Grande Belém
CORRE PRA VACINAR

Idades e postos de vacinação: veja quem toma vacina contra covid-19 nesta quinta-feira na Grande Belém

29/07/2021 05:00
Idades e postos de vacinação: veja quem toma vacina contra covid-19 nesta quinta-feira na Grande Belém
Conheça a CNH social; quem tem direito e como se inscrever
ISENÇÃO DE TAXAS

Conheça a CNH social; quem tem direito e como se inscrever

29/07/2021 04:59
Conheça a CNH social; quem tem direito e como se inscrever
Donos de bares, restaurantes e lanchonetes tem até sábado para solicitar auxílio de R$ 2 m
RESPIRO NA PANDEMIA

Donos de bares, restaurantes e lanchonetes tem até sábado para solicitar auxílio de R$ 2 m

29/07/2021 04:58
Donos de bares, restaurantes e lanchonetes tem até sábado para solicitar auxílio de R$ 2 m
Últimas Notícias