Dólar Comercial compra R$ 5,5031 venda R$ 5,5038 máxima 5,5282
Euro compra R$ 6,431 venda R$ 6,4335 máxima 6,465
23 Set - 09h54
quarta, 23 de setembro de 2020
VLAE - DIA DA AMAZ - DESK - 15.9
BASA - EM CADA ORAÇÃO... - MOB 18.9 A 18.10
IMUNIZANTE

Anvisa autoriza ampliação do número de voluntários para testes da vacina de Oxford no Brasil

15 Set 2020 - 14h00Atualizado 15 Set 2020 - 14h58
Anvisa autoriza ampliação do número de voluntários para testes da vacina de Oxford no Brasil - Crédito: Agência Brasil Crédito: Agência Brasil
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta terça-feira, 15, que mais 5 mil voluntários participem da fase 3 do estudo clínico da vacina de Oxford no Brasil. Com essa permissão, o país terá 10 mil voluntários na última etapa de testes do imunizante contra a covid-19 desenvolvido pela universidade em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.
 
A novidade é que agora não haverá mais limite de idade e os idosos acima de 70 anos terão prioridade. Também serão abertos três novos centros de aplicação dos testes no Brasil.
 
De acordo com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), o recrutamento de voluntários e a aplicação da vacina acontecerão em Natal (RN), pelo Centro de Pesquisas Clínicas de Natal (CPCLIN), em Porto Alegre (RS), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e em Santa Maria, também no RS, pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
 
Os outros três centros já existentes — em São Paulo, no Rio de Janeiro e na Bahia — continuarão recebendo voluntários.
 
Perfil dos voluntários
 
Não haverá uma divisão exata do número de voluntários em cada local. Será feito livre recrutamento, até que sejam alcançados os 5 mil selecionados. Podem participar do estudo adultos acima de 18 anos que sejam:
 
-profissionais de saúde atuantes diretamente na linha de frente do combate à covid-19
-trabalhadores que desempenhem funções em ambientes com alto risco de exposição ao novo coronavírus, como motoristas de ambulância, seguranças de hospitais e agentes de limpeza desses estabelecimentos
 
Suspensão e retomada
 
No sábado, 12, a AstraZeneca anunciou a retomada geral dos testes, que haviam sido suspensos, mas não detalhou as conclusões sobre o caso de supostos efeitos adversos em uma voluntária.
 
A testagem da vacina foi suspensa em todo o mundo na última terça, 8, depois que uma participante apresentou um quadro de saúde que poderia estar relacionado com a vacina.
 
Cientistas informaram que não foi encontrada relação de causa e efeito entre a vacina e os sintomas da paciente.
 
Fonte: G1

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

EUA supera 200 mil mortes por Covid-19 e Europa tenta evitar segunda onda
Novo Coronavírus

EUA supera 200 mil mortes por Covid-19 e Europa tenta evitar segunda onda

há 24 minutos atrás
EUA supera 200 mil mortes por Covid-19 e Europa tenta evitar segunda onda
Brasil tem 33,5 mil novos casos de covid-19 e 836 mortes em 24 horas
PANDEMIA

Brasil tem 33,5 mil novos casos de covid-19 e 836 mortes em 24 horas

22/09/2020 21:20
Brasil tem 33,5 mil novos casos de covid-19 e 836 mortes em 24 horas
Sespa confirma mais 1.382 casos de covid-19 no Estado
CORONAVÍRUS

Sespa confirma mais 1.382 casos de covid-19 no Estado

22/09/2020 18:15
Sespa confirma mais 1.382 casos de covid-19 no Estado
Rússia vai registrar segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro, diz agência
CORONAVÍRUS

Rússia vai registrar segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro, diz agência

22/09/2020 15:00
Rússia vai registrar segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro, diz agência
Dengue pode fornecer imunidade contra a covid-19, diz estudo
PESQUISA

Dengue pode fornecer imunidade contra a covid-19, diz estudo

22/09/2020 09:30
Dengue pode fornecer imunidade contra a covid-19, diz estudo
Últimas Notícias