Dólar Comercial compra R$ 5,4378 venda R$ 5,4391 máxima 5,4386
Euro compra R$ 6,4086 venda R$ 6,4114 máxima 6,4113
08 Ago - 00h10
sábado, 08 de agosto de 2020
PMB ICOAR E OUT 27.7
PMB ICOAR E OUT - MOB 27.7
FAKE NEWS

Governo do Cazaquistão diz que relato de 'pneumonia mais mortal' é um erro em análise de dados

11 Jul 2020 - 09h00Atualizado 11 Jul 2020 - 15h22
Governo do Cazaquistão diz que relato de 'pneumonia mais mortal' é um erro em análise de dados - Crédito: Diego Vara / Reuters Crédito: Diego Vara / Reuters

 

O Cazaquistão disse ser incorreto um alerta da embaixada chinesa a seus cidadãos sobre uma pneumonia "mais letal" que o coronavírus no país, que fica na Ásia central e faz fronteira com a China.

Segundo a agência de notícias Reuters, nesta quinta, 09, a Embaixada chinesa alertou sobre um "aumento significativo" de casos em determinadas cidades do Cazaquistão desde meados de junho.

Mas o Ministério da Saúde do Cazaquistão respondeu, por meio de uma publicação no Facebook, que isso era "fake news" (uma notícia falsa).

"Alguns meios de comunicação chineses divulgaram informações sobre casos relatados de uma pneumonia desconhecida no Cazaquistão que parecem ser mais mortais do que o coronavírus. O Ministério da Saúde da República do Cazaquistão declara oficialmente que essa informação não é condizente com a realidade", escreveu na publicação.

A pasta disse que sua contabilização de pneumonias do tipo bacteriana, fúngica e viral, que também incluem casos de causas desconhecidas, seguem as diretrizes da Organização Mundial da Saúde.

Segundo o governo do Cazaquistão, as mais de 1,7 mil mortes por pneumonia relatadas no primeiro semestre de 2020 pela imprensa chinesa se referem a todas os tipos possíveis de pneumonia, que incluiriam casos não diagnosticados de Covid-19.

O diretor de emergências da OMS, Mike Ryan, até disse que a organização investigaria o caso cazaque. Porém, ele afirmou: "É possível que esses casos de pneumonia sejam casos da Covid-19 não diagnosticados".

Segundo a Reuters, a embaixada chinesa disse que 1.772 pessoas morreram em decorrência de pneumonia no primeiro semestre do ano, com 628 mortes só em junho, incluindo de cidadãos chineses. Não há informações sobre a causa dessas pneumonias - se são relacionadas ao coronavírus ou não.

Fonte: Globo.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 99385-1113ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19: Fiocruz recebe R$ 100 milhões para produção de vacina
PESQUISA

Covid-19: Fiocruz recebe R$ 100 milhões para produção de vacina

07/08/2020 22:00
Covid-19: Fiocruz recebe R$ 100 milhões para produção de vacina
Covid-19: Brasil tem 2,96 milhões de casos e 99,5 mil mortes
PANDEMIA

Covid-19: Brasil tem 2,96 milhões de casos e 99,5 mil mortes

07/08/2020 20:25
Covid-19: Brasil tem 2,96 milhões de casos e 99,5 mil mortes
Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda de covid-19
TENDÊNCIA

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda de covid-19

07/08/2020 19:19
Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda de covid-19
Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no Estado do Rio
BOLETIM

Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no Estado do Rio

07/08/2020 19:18
Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no Estado do Rio
Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da covid-19
TECNOLOGIA

Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da covid-19

07/08/2020 18:29
Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da covid-19
Últimas Notícias