Euro compra R$ 4,3101 venda R$ 4,311 máxima 4,3326
Dólar Comercial compra R$ 3,7192 venda R$ 3,7215 máxima 3,7192
16 Out - 13h36
terça, 16 de outubro de 2018
Maxima
vale_cirio_2018_mobile
POSSIBILIDADES

Em caso de eleição, Bolsonaro já tem nove nomes para os ministérios

09 Out 2018 - 15h40
Em caso de eleição, Bolsonaro já tem nove nomes para os ministérios - Crédito: Divulgação/Google Crédito: Divulgação/Google

Com a promessa de diminuir de 29 para 15 o número de Ministérios, o candidato à presidência, Jair Bolsonaro (PSL), já anunciou os possíveis nomes para ocupar a Esplanada.

O presidenciável já confirmou que, caso seja eleito, colocará o economista Paulo Guedes para assumir a Economia, que abarcaria Fazenda e Planejamento. Para a Casa Civil, o candidato deixou clara a preferência pelo deputado e coordenador da campanha, Onyx Lorenzoni (Dem-RS).

Com a redução dos ministérios, a Educação abarcaria também as pastas de Cultura e Esportes. Para presidir esse cargo, Bolsonaro optaria por Stravos Xanthopoylos, diretor de relações internacionais da Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed) e ex-integrante da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O presidente do Hospital do Câncer de Barretos, Henrique Prata, é um nome cotado para o Ministério da Saúde. O deputado tem em seu histórico o destino de emendas parlamentares para o hospital. Outra possibilidade para a chefia da Saúde, é Nelson Teich, empresário e médico oncologista do Rio de Janeiro.

Jair Bolsonaro (PSL) tem preferência pelo general quatro estrelas da reserva, Osvaldo Ferreira, para comandar os Transportes. O militar tem coordenado uma série de reuniões em Brasília e comanda as propostas para infraestrutura.

Para a Defesa, outro general da reserva está cotado: Augusto Heleno, que mantém uma relação de proximidade com a família do presidenciável. Para comandar a Ciência e Tecnologia, o astronauta Marcos Pontes é um dos preferidos de Bolsonaro. Pontes é o segundo suplente do deputado Major Olímpio (PSL-SP), recém-eleito para o Senado.

O presidente interino do PSL, Gustavo Bebianno, é o mais cotado para assumir a Justiça. Ele é formado em direito pela PUC-Rio e comanda a estratégia jurídica da campanha. Outro possível nome é do advogado Antonio Pitombo.

Para o Ministério da Agricultura, que deve juntar-se ao Meio Ambiente, o ruralista Nabhan Garcia, presidente da União Democrática Ruralista (UDR), é o mais cotado. Garcia é amigo de longa data de Bolsonaro e está sempre presente no período de recuperação do presidenciável.

Apesar de alguns desses nomes já terem sido mencionados como ministros por Bolsonaro, o único anunciado é Guedes para comandar a equipe econômica. 

 

Com informações de UOL.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSE adia reunião sobre fake news com campanhas de presidenciáveis
PARA AMANHÃ

TSE adia reunião sobre fake news com campanhas de presidenciáveis

há 40 minutos atrás
TSE adia reunião sobre fake news com campanhas de presidenciáveis
TSE remove inserção de Haddad com informação falsa sobre Bolsonaro
POLÊMICA

TSE remove inserção de Haddad com informação falsa sobre Bolsonaro

16/10/2018 11:25
TSE remove inserção de Haddad com informação falsa sobre Bolsonaro
Assista: Bolsonaro faz vídeo ao lado de famoso maquiador e afirma que não é contra opção sexual de ninguém
REDES SOCIAIS

Assista: Bolsonaro faz vídeo ao lado de famoso maquiador e afirma que não é contra opção sexual de ninguém

16/10/2018 11:09
Assista: Bolsonaro faz vídeo ao lado de famoso maquiador e afirma que não é contra opção sexual de ninguém
Irmão de Ciro Gomes fala mal de Lula no palanque do PT. Assista!
CONFUSÃO NA CAMPANHA

Irmão de Ciro Gomes fala mal de Lula no palanque do PT. Assista!

16/10/2018 09:32
Irmão de Ciro Gomes fala mal de Lula no palanque do PT. Assista!
TSE determina remoção de vídeos de Bolsonaro sobre "kit gay" no Facebook
ELEIÇÕES 2018

TSE determina remoção de vídeos de Bolsonaro sobre "kit gay" no Facebook

16/10/2018 09:15
TSE determina remoção de vídeos de Bolsonaro sobre "kit gay" no Facebook
Últimas Notícias