Fiscalização nas estradas: PRF diz que cumpriu decisão do TSE

A Polícia Rodoviária Federal, informou em nota na tarde deste domingo, 30, que a direção geral do órgão determinou a todos os superintendentes, o cumprimento da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão proibia qualquer tipo de operação realizada pela PRF ou pela Polícia Federal (PF) para fiscalizar o...

Publicado em 25 de junho de 2024 às 21:09

A Polícia Rodoviária Federal, informou em nota na tarde deste domingo, 30, que a direção geral do órgão determinou a todos os superintendentes, o cumprimento da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão proibia qualquer tipo de operação realizada pela PRF ou pela Polícia Federal (PF) para fiscalizar o transporte público garantido para eleitores no segundo turno das eleições.

A PRF ainda divulgou que neste segundo turno, já realizou a escolta de 794 urnas e apreendeu R$ 4,5 milhões em 12 ocorrências realizadas. O órgão também enfatizou que reforçou o policiamento em todo território nacional.

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Alexandre de Moraes, afirmou que nenhum eleitor deixou de votar neste domingo, por causa das operações da PRF. A declaração foi feita em um pronunciamento durante entrevista na sede da Corte.