Com doença rara, Céline Dion diz que instalou botões de pânico em sua casa

A cantora Céline Dion, diagnosticada com a Síndrome da Pessoa Rígida (SPR), uma doença rara, no fim de 2022, contou em entrevista à revista People que colocou botões de pânico em sua mansão. A cantora afirmou que contou aos filhos sobre os botões. “Temos botões de pânico em casa e eles sabem como usar”. Ela...

Publicado em 26 de junho de 2024 às 15:46

A cantora Céline Dion, diagnosticada com a Síndrome da Pessoa Rígida (SPR), uma doença rara, no fim de 2022, contou em entrevista à revista People que colocou botões de pânico em sua mansão.

A cantora afirmou que contou aos filhos sobre os botões. 'Temos botões de pânico em casa e eles sabem como usar'. Ela é mãe de René-Charles Angélil, 23, e dos gêmeos Eddy e Nelson, 13. Dion destaca que a ideia de contar e mostrar a eles não tinha intenção de alarmar: 'É para eles saberem. Eu sou sua mãe e é minha responsabilidade'.

Na entrevista, a artista também falou da preocupação dos filhos com ela todas as noites antes de dormir. 'Eles são tão incríveis porque todas as noites eles vêm e dizem 'Mãe', e eu digo, 'Sim?'. 'Só queremos ter certeza de que você está bem'', contou ela.

Ela ainda contou que o filho mais velho a acompanhou no palco na aparição surpresa no Grammy. 'Aproveitei cada momento e fiquei muito orgulhosa do meu filho me perguntar a cada dois minutos antes de eu subir no palco… 'Mãe, você está bem?''.

Ela continuou: 'Ele disse: 'Vou caminhar com você e depois vou recuar um pouco. Estarei atrás de você. Sempre que precisar basta olhar para mim ou apenas mover a mão. Eu vou aguentar e você pode me segurar'. Eu tenho tudo que preciso', disse ela, emocionada.