Dólar Comercial compra R$ 5,624 venda R$ 5,6246 máxima 5,6251
Euro compra R$ 6,638 venda R$ 6,6404 máxima 6,6569
27 Out - 06h10
terça, 27 de outubro de 2020
LIDER MAG - MODA 2a- 26 E 27.10 - DESK
LIDER MAG - MODA 2a - 26 E 27.10 - MOB
RESULTADO

Festival Amazônia Doc divulga os filmes vencedores da edição 2020

24 Set 2020 - 17h00Atualizado 24 Set 2020 - 16h58Por Da Redação
Festival Amazônia Doc divulga os filmes vencedores da edição 2020 - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Em formato 3 em 1, numa edição inédita devido à pandemia da covid-19, o Festival que contou com três mostras competitivas: a Mostra Pan Amazônica principal, Mostra do 1º Festival As Amazonas do Cinema, que reverbera a produção cinematográfica feminina, e Mostra Primeiro Olhar, do 1º Curta Escolas, que incentiva a formação de jovens cineastas, com foco nos alunos da rede pública estadual de ensino, revelou o nome dos filmes vencedores na cerimônia de encerramento do evento na noite desta quarta-feira, 23.

O longa metragem paraense "Transamazonia" foi o vencedor do prêmio principal do Festival Amazônia Doc, que além do prêmio, alcançou ainda um fato histórico: é a primeira vez que uma diretora trans ganha a premiação. A escolha foi unânime entre os jurados, que consideraram a direção de extrema precisão.

"Este é meu primeiro filme. Lutamos muito para realizar esse filme, chegamos a ser hostilizadas em certas situações, mas mesmo assim seguimos. Foram três anos de muito trabalho. Para mim, protagonizar esse processo é uma forma de deixar a mensagem que nós, pessoas trans, podemos ocupar qualquer espaço, basta nos dar oportunidade", conta a estreante diretora, que tem forte atuação no movimento LGBTQ paraense. O filme também foi premiado como melhor direção em longa no Festival Mix da Diversidade, de 2019, em São Paulo.

Na mostra competitiva de longa metragem, houve destaque também para os ganhadores das categorias Melhor Roteiro, para o filme "Soldados da Borracha", de Wolney Oliveira, e Melhor Filme pelo júri popular, para "Xadalu e o Jaguerê", de Tiago Bortolini de Castro, que também ganhou menção honrosa junto com a produção colombiana "Homo botanicus", de Guillermo Quintero.

Já na mostra competitiva de curta metragem, o prêmio de melhor filme pelo júri especializado foi para "Quentura", de Mari Corrêa.

Nas outras categorias da premiação para curtas, temos: Melhor Roteiro para "Ferroada", de Adriana Barbosa e Bruno Mello de Castro; Menção honrosa para "A praga do cinema brasileiro", de Zefel Coff e Wiliam Alves; e Melhor Filme pelo júri popular para "Ary y Yo", da cineasta paraense Adriana de Faria.

Vencedores da Mostra As Amazonas do Cinema

Na mostra competitiva de longa, a vitória foi para o filme "Fakir", de Helena Ignez.

Os demais prêmios da mostra de longas foram: Melhor Direção para "Currais", de Sabina Colares e David Aguiar; Menção honrosa para "Duas Company Towns", de Priscilla Brasil; Prêmio Especial do júri para "Portunõl", de Thais Fernandes que também levou o prêmio de Melhor Filme pelo júri popular.

Na mostra competitiva de curtas, dois filmes de países vizinhos em destaque. O Melhor Filme para o júri especializado foi o colombiano "Até o fim do mundo", de Margarita Rodrigues Weweli-Lukana e Juma Gitirana Tapuya Marruá; Melhor Roteiro para "Tesouro escondido do Equador", de Kata Karáth e Ana Naomi de Sousa, do Equador; Menção honrosa para os filmes "Mulheres Xavantes coletoras de sementes", de Daniele Bertollini, e "Opará – Morada dos ancestrais", de Graciela Guarani.

Vencedores da Mostra A juventude em Foco

O jovem Gabriel Fernandes, de 18 anos, é estudante da Escola Dom Calábria, de Marituba. Apaixonado por arte, Gabriel levou para casa o prêmio de Melhor Filme com Homem na roda."A ideia foi estimular a expressão nossa, como garotos. Falar dos nossos sentimentos para aprender a lidar com eles", relata o estudante Gabriel.

"Famílias periféricas na pandemia", de Marianna Kali e Renan Kauê, alunos da escola estadual Paes de Carvalho, ganhou como Melhor Direção. "Foi uma ideia que surgiu bem em cima da hora, gravamos a rotina de nossas casas nessa quarentena durante um dia. Foi uma experiência linda, uma novidade em nossas vidas", conta Marianna.

Também ganharam destaque as produções "E aí, pretinha?", de Mederiá Brandão, Jéssica Paixão e Emanuelle Araújo (Melhor roteiro); "Levanta juventude", de Henrique Lobato e Vinicius Silva (Melhor filme, júri popular), que também ganhou menção honrosa junto com "Seu Erádio", de Vanessa Serrão e Rebeka Ferreira. Os filmes podem ser vistos pelo canal do youtube do Festival Amazônia Doc.

*Com informações da assessoria

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto 'Há Sons' está com inscrições abertas
OPORTUNIDADE

Projeto 'Há Sons' está com inscrições abertas

27/10/2020 05:00
Projeto 'Há Sons' está com inscrições abertas
Cobra Kai retorna sem um personagem. Saiba quem é!
NOVIDADE

Cobra Kai retorna sem um personagem. Saiba quem é!

26/10/2020 18:05
Cobra Kai retorna sem um personagem. Saiba quem é!
Se Rasgum promove o ‘Music In The Tablet’ com programação on line a partir de hoje, 26
SEMANA DE FORMAÇÃO

Se Rasgum promove o ‘Music In The Tablet’ com programação on line a partir de hoje, 26

26/10/2020 15:37
Se Rasgum promove o ‘Music In The Tablet’ com programação on line a partir de hoje, 26
Integrantes entram em ação em novas imagens de 'Esquadrão Suicida 2'
NOVO FILME

Integrantes entram em ação em novas imagens de 'Esquadrão Suicida 2'

26/10/2020 12:30
Integrantes entram em ação em novas imagens de 'Esquadrão Suicida 2'
Temporada final de 'O mundo Secreto de Sabrina' ganha data de estreia e trailer
ANSIOSOS?

Temporada final de 'O mundo Secreto de Sabrina' ganha data de estreia e trailer

26/10/2020 12:00
Temporada final de 'O mundo Secreto de Sabrina' ganha data de estreia e trailer
Últimas Notícias