Dólar Comercial compra R$ 3,7566 venda R$ 3,7571 máxima 3,7622
Euro compra R$ 4,2938 venda R$ 4,2959 máxima 4,3001
19 Nov - 10h59
segunda, 19 de novembro de 2018
LITERATURA

Jornalista lança livro em defesa da terra preta de Santarém

14 Set 2018 - 17h30Por Da Redação
Edvaldo Pereira - Crédito: Reprodução/FacebookEdvaldo Pereira - Crédito: Reprodução/Facebook

A destruição desenfreada dos sítios arqueológicos formados por terra preta e ricos de fragmentos pré-históricos na cidade de Santarém, no estado do Pará, é denunciada no livro “Terra Preta - Passado, Presente e Futuro”, do arqueólogo, jornalista e fotógrafo Edvaldo Pereira. A obra será lançada neste sábado, 15, às 19h30, no XI Salão do Livro do Baixo Amazonas, até domingo em Santarém.

A preocupação com essa exploração se dá, segundo o autor, pela necessidade de desenvolvimento de mais estudos com esse tipo de solo amazônico, bem como com os incontáveis artefatos arqueológicos nele encontrados, mesmo que tais recursos tenham sido registrados por cronistas e viajantes desde o século XVI.  A chamada Terra Preta Arqueológica (TPA) foi formada por sociedades indígenas pré-coloniais, e apresenta coloração escura, fragmentos de material cerâmico, artefatos líticos, carvão, elevados teores de como cálcio, magnésio, zinco, manganês, fósforo e carbono.

“Se você fizer um levantamento da legislação santarena ao longo de sua história, é como se a Terra Preta e os demais recursos arqueológicos milenares presentes no município não existissem, e isso é assustador”, pontua Pereira.

O autor reforça que Santarém está plantada sobre uma rica e extensa malha de sítios arqueológicos pré-históricos que guardam vestígios de ocupações pretéritas milenares ainda pouco estudados. “Sem falar no patrimônio arquitetural histórico, que conta um pouco do nascimento e crescimento da cidade que conhecemos hoje, que também sofre com o descaso, o abandono e demolições”, denuncia.

O Autor

Edvaldo Pereira é arqueólogo, formado pela Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e presta consultoria científica para empresas de Arqueologia Preventiva. Em 2017 obteve a segunda colocação no concurso nacional de monografias Prêmio Luiz de Castro Faria – 5ª edição, promovido pelo Centro Nacional de Arqueologia e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (CNA/Iphan) com o trabalho “Terra Preta em Santarém (PA): Usos, percepções e apropriações”, que deu origem ao presente livro.

Serviço:

Lançamento do Livro Terra Preta – Passado, presente e fututo

Data: 15 de setembro

Horário: 19h30

Local: Salão do Livro do Baixo Amazonas (Espaço Pérola do Tapajós – Santarém - PA)

Com informações da assessoria

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homer vira drag queen em novo episódio de "Os Simpsons"
ALERTA DE SPOILER

Homer vira drag queen em novo episódio de "Os Simpsons"

há 33 minutos atrás
Homer vira drag queen em novo episódio de "Os Simpsons"
Morre criador da arte de Dr. Fantástico
AOS 83 ANOS

Morre criador da arte de Dr. Fantástico

há 39 minutos atrás
Morre criador da arte de Dr. Fantástico
Divulgadas novas fotos de "Coringa"
CINEMA

Divulgadas novas fotos de "Coringa"

há 47 minutos atrás
Divulgadas novas fotos de "Coringa"
Editora faz campanha para reeditar romances de Dalcídio Jurandir
FINANCIAMENTO COLETIVO

Editora faz campanha para reeditar romances de Dalcídio Jurandir

19/11/2018 05:00
Editora faz campanha para reeditar romances de Dalcídio Jurandir
Primeiro Natal do Shopping Metrópole começa hoje
ENTÃO É NATAL

Primeiro Natal do Shopping Metrópole começa hoje

18/11/2018 12:34
Primeiro Natal do Shopping Metrópole começa hoje
Últimas Notícias