Jovem faz gambiarra para pulseira de show de Coldplay voltar a funcionar; assista

Um estudante de engenharia mecatrônica de 20 anos conseguiu fazer a famosa pulseira do show do Coldplay funcionar, mesmo após o término do espetáculo. A novidade se espalhou após um amigo postar um vídeo no TikTok, que já teve mais de 200 mil visualizações. Victor sequer foi ao show, mas montou um equipamento que...

Publicado em 26 de junho de 2024 às 09:15

Um estudante de engenharia mecatrônica de 20 anos conseguiu fazer a famosa pulseira do show do Coldplay funcionar, mesmo após o término do espetáculo. A novidade se espalhou após um amigo postar um vídeo no TikTok, que já teve mais de 200 mil visualizações.

Victor sequer foi ao show, mas montou um equipamento que utiliza um emissor infravermelho para ativar a pulseira de LED, o mesmo método utilizado durante o show.

'Na verdade nem fui ao show, meu cunhado foi e pegou a pulseira', conta Victor

'Nós estávamos indo para sede da nossa universidade, aí ele me perguntou se eu tinha ido ao show, eu respondi que não. E ele tirou a pulseira da bolsa falando que tinha conseguido um jeito de ativar, e pegou o equipamento que ele montou e fizemos o vídeo', diz José

Segundo Victor, algumas pessoas conseguiram ativar a pulseira com um método de curto-circuito em seus mecanismos. Já o estudante utilizou peças que qualquer pessoa poderia comprar em uma loja de eletrônicos e que ele usa durante as aulas: um transistor, dois resistores, um emissor infravermelho e um arduino para o controle do circuito.

O circuito criado pelo jovem permite o controle das cores das pulseiras. 'O céu é o limite. Agora quero controlar as luzes a partir da batida das músicas, acho que seria legal', afirmou Victor.



https://www.tiktok.com/@joseluisdreis/video/7215966201233640710?pid=video_embed&referer_video_id=7215966201233640710&type=video&referer_url=www.uol.com.br/splash/noticias/2023/04/02/estudante-de-engenharia-faz-pulseira-da-banda-coldplay-funcionar-apos-show.htm&refer=embed&embed_source=121331973,120811592,120810756;null;embed_share

O Coldplay chegou a 'denunciar' que São Paulo foi a cidade na América do Sul que menos retornou os objetos de LED feitos para iluminar as performances da banda na turnê 'Music of the Spheres'.