Dólar Comercial compra R$ 5,4461 venda R$ 5,4468 máxima 5,4474
Euro compra R$ 6,4457 venda R$ 6,4497 máxima 6,4516
23 Nov - 16h03
segunda, 23 de novembro de 2020
CESUPA VEST ONLINE - DESK  - 22 E 23.11
BASA - CAP DE GIRO GIF - MOB - 23.11 A 31.12
RESPEITO

Nove artistas negros do Pará que você precisa conhecer

20 Nov 2020 - 15h43Atualizado 20 Nov 2020 - 18h39Por Por Raphael Albuquerque com supervisão de Luana Moraes
Nove artistas negros do Pará que você precisa conhecer - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Escolhido como Dia da Consciência Negra, o 20 de novembro vem consquistando cada vez mais relevância na história recente da sociedade. A data, atualmente, é lembrada em todo o país e não só com manifestações culturais como dança, música, vestimentas, ritmos e penteados, mas também como espaço de debate para a condição de ser negro no Brasil

O próprio nome "consciência" já ressalta a importância de se refletir o porquê das pessoas negras serem as mais atingidas pelas desigualdades sociais e econômicas e pela violência. Para muitos, o caminho da expressão é a arte, nas duas mais diversas formas.

Por isso, o Portal Roma News preparou uma lista com nove artistas paraenses negros que vêm se destacando no cenário local, nacional e até internacional. Confira abaixo e se permita conhecer um pouco mais do trabalho de cada um. Vale a pena! 

O MC Daniel ADR

O cantor é natural de Belém, e tinha dupla moradia nos bairros da Cremação e Guamá, mas atualmente reside apenas no Bairro do Guamá. Com 8 anos de idade conheceu o rap através do grupo Manifesto Negro, onde seu primo era integrante, e através desse convívio surgiu o interesse pelo mundo do rap.

No segundo semestre de 2013 começou a escrever algumas letras na escola, mas ainda não fazia freestyle. Em seguida Everton MC o chamou para cantar um som na Batalha de São Brás. No final de 2013 começou a batalhar e no ano seguinte, se consagrou o melhor MC do Estado, onde ganhou uma vaga para ir representar o Pará, no Duelo Nacional de MCs que acontece em Belo Horizonte.

 

 

 

O fotografo Pablo Pantoja

Fotógrafo, negro e da periferia, Pablo é um dos jovens que tem crescido no mercado das artes na cidade de Belém do Pará e tem atingido um público cada vez mais abrangente através da fotografia. Com interesse na arte de registrar momentos desde os 16 anos, hoje atua como profissional há mais de dois anos.

O olhar e as técnicas fotográficas do jovem talento paraense, estampam telas de pessoas ao redor da cidade e do Estado, e no seu perfil do Instagram, Pablo compartilha conteúdo do seu trabalho com o público de forma gratuita e interativa.

 

 

 

Cantora Thais Badu

A jovem paraense é cantora e mulher Afroamazo?nida brasileira. Ela lançou seu novo clipe-single de “Amazônia eu sou”, música que faz parte do seu primeiro EP “Sou Preta”, divulgado em 2019 e que faz sucesso até hoje.

Thais com 27 anos já estudou canto lírico no Conservatório Carlos Gomes e fez sua primeira experiência como vocalista aos 18 anos. Ela lançou duas canções autorais intituladas de “Batuque” e “Fugaz”, que estão disponíveis em todas as plataformas digitais.

 

 

 

 

Músico Marcelino Santos - Multi-instrumentista

O jovem de 21 anos, nascido em Belém, é Banjista de Carimbó e percussionista. Ele toca ao lado de várias personalidades como Lia Sophia, Félix Lobato e outras personalidades. Ele tem um canal no YouTube onde mostra seus trabalhos realizados.

Ele disse que a paixão pela música surgiu aos nove anos quando ia à igreja. Até que um dia falou com sua vó para ela pedir uma oportunidade de tocar. Com a espaço conquistado, Marcelino começou com violão e se aperfeiçoou a cada dia e, hoje é músico profissional em banjo e percussão.

 

 

 

Empreendedora Maynara Santos

Maynara é ativista, empreendedora de 28 anos, dona e proprietária da empresa de Cerâmica Família Santana em Icoaraci. Ela também é idealizadora do espaço colaborativo que nasceu em 2016, o ArtAto.

A família decidiu criar espaço ArttAto quando conheceu o marido Sebastian que é transexual. Desde então, as ideias foram surgindo e assim crescendo com o empreendimento. Hoje, ela tem a lojinha “Família Santana” que expõe todos os materiais que ela confecciona junto com a família na Galeria de Cerâmica em Icoaraci.

 

 

 

Atriz Iza Moreira

A jovem paraense Iza Moreira, é atriz e protagonizou a personagem Fran na trama da nova série da Netflix, intitulada por “Boca a Boca”.

A trama conta os paralelos da realidade brasileira, principalmente nos tempos atuais. A principal crítica que move a história dos adolescentes da cidade de Progresso.

 

 

 

Modelo Emilly Nunes

A jovem Emilly Nunes, de 21 anos, era vendedora de chip em Belém e foi descoberta por um olheiro, que a convidou para trabalhar como modelo internacional.

Emilly Nunes estampa a capa da Vogue Portugal, uma das publicações mais relevantes do mundo da moda. Ela foi descoberta pelo Vivaldo Marques que apresentou à WAY Model, agência que representa Emilly.

 

 

 

Cantor e compositor Naré

Ewerton Batista, conhecido como Naré, de 28 anos, nascido em Belém, no bairro da Cremação é cantor, compositor e geólogo. O artista vem se destacando com o sucesso da Banda Samaúma idealizada por ele no final de 2019.

Segundo Naré, nome artístico conhecido por muitos, a paixão pela música surgiu quando criança. Em 2018 ele conta que se aperfeiçoou e procurou investir na carreira e surgiu a banda Samaúma.

“Me vejo como guerreiro e todos os dias ter que lutar para ser reconhecido. Em algumas vezes lutar duas vezes mais e lutar por voos altos. A cada dia que passa, surge oportunidade e que isso não termine só em mim e sim em pessoas pretas que merecem lugar de destaque”, disse.

 

 

 

Artista Visual – Marcus Hatuna

Nascido em Monte Dourado, em Almeirim, Marcus Hatuna tem 26 anos, é artista visual, ator, ilustrador e diretor.

 No meio, ele vem se destacando na área visual e tem recebido cada vez mais espaço no mundo artístico.

“Desde de criança, minha inteligência foi sempre com imagens. Eu sempre me comuniquei por imagens antes mesmo de falar ou escrever. Em 2008 entrei no grupo de escola para juntar as artes visuais, em figurino, peças", disse o artista.

“Em 2011 vim pra Belém ainda desenvolvendo trabalhos e sempre inovando na criatividade. O dia da Consciência Negra é a oportunidade de ser escutado e quando abre, temos a opção de denunciar que já vivemos de mostrar a nossa culturalidade”, analisou.

 

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Portal Roma News
(91) 98469-4559ou clique aqui e fale conosco

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem paraense lança single e conta detalhes de como tudo começou. Ouça!
‘3 AM’

Jovem paraense lança single e conta detalhes de como tudo começou. Ouça!

23/11/2020 12:08
Jovem paraense lança single e conta detalhes de como tudo começou. Ouça!
Saiba como assistir ao American Music Awards 2020
PREMIAÇÃO

Saiba como assistir ao American Music Awards 2020

22/11/2020 19:00
Saiba como assistir ao American Music Awards 2020
Show de Safadão em Natal segue protocolos contra covid-19 e vira referência para o Brasil
INOVAÇÃO

Show de Safadão em Natal segue protocolos contra covid-19 e vira referência para o Brasil

22/11/2020 10:41
Show de Safadão em Natal segue protocolos contra covid-19 e vira referência para o Brasil
Segunda live do projeto 'O Mercado do Choro Roda a Cidade' é neste domingo, 22
ANOTA AÍ

Segunda live do projeto 'O Mercado do Choro Roda a Cidade' é neste domingo, 22

22/11/2020 09:00
Segunda live do projeto 'O Mercado do Choro Roda a Cidade' é neste domingo, 22
22 de novembro: Artistas paraenses comemoram o ‘Dia do Músico’
REFERÊNCIAS DO PARÁ

22 de novembro: Artistas paraenses comemoram o ‘Dia do Músico’

22/11/2020 05:00
22 de novembro: Artistas paraenses comemoram o ‘Dia do Músico’
Últimas Notícias