Joia da base do Remo renova o contrato até 2026 com multa milionária

O Remo não tem mais calendário para o restante de 2023, mas a diretoria já começou a se mexer nos bastidores e investindo nas melhorias do elenco para 2024. Recentemente, o meia Cauã Ramires, uma joia da base assinou um contrato com o profissional até 2026. O jovem vem se destacando no Sub-20 do Leão. O...

Publicado em 25 de setembro de 2023 às 15:28

O Remo não tem mais calendário para o restante de 2023, mas a diretoria já começou a se mexer nos bastidores e investindo nas melhorias do elenco para 2024. Recentemente, o meia Cauã Ramires, uma joia da base assinou um contrato com o profissional até 2026. O jovem vem se destacando no Sub-20 do Leão.

O novo vínculo do atleta conta com uma multa rescisória de R$ 1 milhão. Caso algum time de fora deseje pagar a multa, o valor irá aumentar, tendo em vista a cotação do dólar. Em 2023 o jogador participou da pré-temporada com a equipe profissional. Foi um dos destaques do time na Copa São Paulo de Futebol Júnior, na conquista da Copa Pará Sub-20 e na campanha na Copa do Brasil Sub-20.

Agora Cauã Ramires terá mais oportunidades no time profissional e pode se tornar peça fundamental no esquema tático do Remo, seja com ou sem Ricardo Catalá em 2024. A diretoria do Remo acredita que o meia possa evoluir e se destacar positivamente no time principal também, repetindo os seus feitos de quando jogava na base.

Ambas as partes já vinham negociando há dois meses. Mesmo com outros clubes interessados em Ramires, ele optou por continuar no Remo, para realizar o sonho de atuar profissionalmente no time de coração dele e da família.