Euro compra R$ 4,3132 venda R$ 4,3141 máxima 4,3152
Dólar Comercial compra R$ 3,7756 venda R$ 3,7761 máxima 3,7988
20 Mar - 20h34
quarta, 20 de março de 2019
Unique
ELES SÃO A CARA DA CIDADE

Nos 403 anos de Belém, Remo e Paysandu refletem o estado de espírito de um povo

Rivalidade também sopra velinhas com a capital paraense

12 Jan 2019 - 10h45Por Ronaldo Gillet
Remo e Paysandu são a cara de Belém - Crédito: Arquivo / Secom / Agência ParáRemo e Paysandu são a cara de Belém - Crédito: Arquivo / Secom / Agência Pará

Seria uma verdadeira blasfêmia pensar no aniversário de Belém sem fazer referência à duas das maiores paixões do povo nascido na cidade. Remo e Paysandu tem ligação direta com a identidade cultural do belenense. Não é à toa que, tradicionalmente, ao se conhecer alguém de forma aleatória (ou não) pelas ruas da chamada 'Metrópole da Amazônia', é comum perguntar: você é Leão ou Papão?

Também passa longe de ser exagero dizer que as camisas do Paysandu Sport Club e do Clube do Remo são a segunda pele de muitos moradores da capital. Nas feiras, praças, cartões postais ou nos modernos shoppings centers que se multiplicaram por essas bandas nas últimas décadas, todo e qualquer passeio termina com encontros e desencontros entre remistas e bicolores trajando as cores de seus times do coração.

"Eu visto a camisa do Paysandu com muito orgulho. São alegrias e sofrimentos, mas a paixão é tão intensa quanto o amanhecer da bela cidade das mangueiras", declarou em tom poético o professor de física Ernesto Luiz que sofreu um pouco com o rebaixamento do time à Série C do Brasileirão no final do ano passado.

O professor de física Ernesto Luiz se veste de Papão da cabeça aos pés para celebrar o aniversário de Belém (Foto: Arquivo pessoal)

Quem ama o Leão também não fica por menos. Para o especialista em engenharia de redes e telecomunicações Rodrigo Reo, "Belém é a cara do Clube do Remo porque mesmo com as dificuldades a torcida não deixa de amar e querer bem o time azul marinho".

Rodrigo é fanático pelo Leão e posa pra foto ao lado da mãe, dona Júlia (Foto: arquivo pessoal)

Vale lembrar que em 2019, em se tratando de futebol, Remo e Paysandu estão praticamente no mesmo patamar - pelo menos no que se refere às competições que irão disputar. Os 'titãs da capital' estarão juntos no Campeonato Paraense, Copa Verde e Série C do Campeonato Brasileiro. Desde 2006 os clubes não codividiam as atenções em uma mesma divisão do futebol nacional.

Fundado em 1905, o belenense Remo foi apelidado de 'Leão Azul de Antônio Baena', pelo jornalista Edgar Augusto Proença - que deu nome ao Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão. Com sede social na avenida Nazaré - por onde passa o Círio da padroeira do estado -, e um estádio edificado na avenida Almirante Barroso, os patrimônios materiais do clube são cartões postais da cidade.

O Paysandu também não fica atrás. Foi fundado mais tarde que o rival - em 1914 -, mas tem tudo a ver com Belém. Os bicolores se orgulham de - quando estão em outros estados do país ou até em outros países - serem citados como torcedores do 'time que ganhou o Boca Juniors na Bombonera' - feito histórico, alcançado em 2003, na Taça Libertadores da América daquele ano. O Papão tem sua sede social também na avenida Nazaré e seu estádio, assim como o rival, na Almirante Barroso.

Como muitos dizem Remo e Paysandu não vivem um sem sem o outro. Não obstante, Belém não vive sem Leão e Papão. A relação entre os belenenses e os clubes muitas vezes é de amor e ódio - dependendo do momento das equipes no cenário regional ou nacional - mas uma coisa é certa: Re x Pa rima com Tacacá. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CR7 presenteia filhos de Hulk com camisas da Juventus
LEMBRANCINHAS

CR7 presenteia filhos de Hulk com camisas da Juventus

20/03/2019 17:14
CR7 presenteia filhos de Hulk com camisas da Juventus
Joanna Maranhão e Felipe França trocam ofensas em rede social
APÓS DIVERGÊNCIAS

Joanna Maranhão e Felipe França trocam ofensas em rede social

20/03/2019 16:02
Joanna Maranhão e Felipe França trocam ofensas em rede social
Hinode Barueri e Sesi Vôlei Bauru começam playoff das quartas de final com vitória
SUPERLIGA FEMININA

Hinode Barueri e Sesi Vôlei Bauru começam playoff das quartas de final com vitória

20/03/2019 14:47
Hinode Barueri e Sesi Vôlei Bauru começam playoff das quartas de final com vitória
Thaisa ultrapassa a marca dos mil bloqueios
NA SUPERLIGA

Thaisa ultrapassa a marca dos mil bloqueios

20/03/2019 14:06
Thaisa ultrapassa a marca dos mil bloqueios
Casillas renova com Porto e diz que quer se aposentar no clube
AOS 37 ANOS

Casillas renova com Porto e diz que quer se aposentar no clube

20/03/2019 13:02
Casillas renova com Porto e diz que quer se aposentar no clube
Últimas Notícias